Bacharelado em Ciência de Dados: grade curricular

Natalia Tojal
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Foto de Christina Morillo no Pexels

Neste artigo vamos abordar um pouco sobre o que é Ciência de Dados e focar, principalmente, na grade curricular do curso. Se você tem interesse em cursar essa faculdade, mas ainda não tem certeza do que vai estudar, continue lendo o texto. 

O que é Ciência de Dados?

Também conhecida como Data Science, a Ciência de Dados tem o objetivo de estudar informações, o processo de coleta, sua transformação e geração de dados. Além disso, também analisa os dados obtidos.

O cientista de dados também tem como tarefa formular os problemas, escolher os modelos de simulação e estatística e, claro, entregar os resultados.

Agora vamos à grade curricular desse curso, que tem ficado cada vez mais popular por conta da necessidade de novos profissionais no mercado de trabalho.

Descubra mais sobre a profissão nesse artigo: O que faz o profissional de Ciência de Dados?

Qual é a grade curricular de Ciência de Dados?

Vamos abordar agora disciplinas que podem ser encontradas em cursos de Ciências de Dados, mas é bom reforçar que, dependendo da Universidade, a grade pode se diversificar.

É claro que há matérias mais comuns de conter em todos os cursos, mas outras são mais específicas de Universidades.

Sem mais demoras, vamos à lista:

  • Algoritmos e Programação Estruturada
  • Análise Exploratória de Dados
  • Arquitetura de Dados
  • Bancos de Dados em Nuvem
  • Bancos de Dados Não Relacionais
  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Data Mining
  • Cultura Digital
  • Design Thinking
  • Marketing Digital
  • Mindset Ágil
  • Engenharia de Dados
  • Equações Diferenciais
  • Estrutura de Dados
  • Geometria Analítica
  • Governança Corporativa
  • Linguagem de Programação
  • Lógica Computacional
  • Machine Learning
  • Matemática Básica
  • Matemática Discreta
  • Modelagem de Dados
  • Otimização e Pesquisa Operacional
  • Probabilidade e Estatística para Análise de Dados
  • Processamento de Linguagem Natural – Nlp
  • Programação e Desenvolvimento de Banco de Dados
  • Programação Orientada a Objetos para Dados
  • Redes Neurais e Deep Learning
  • Segurança de Dados
  • Sociedade Brasileira e Cidadania
  • Técnicas de Inteligência Artificial

Agora que conseguimos ver um panorama, vamos aprofundar um pouco mais em algumas matérias muito interessantes do curso.

Data Mining

Essa matéria também pode ser conhecida como Mineração de Dados. Na área de Data Mining, o profissional é responsável pelo processo de exploração de grupos de dados em busca de padrões consistentes. São utilizadas técnicas e ferramentas para completar o processo, algo que é ensinado nessa disciplina.

Linguagem de Programação

Assim como qualquer área da tecnologia, na Ciência de Dados também se aprende linguagens de programação. É possível conhecer tanto as que são diretamente utilizadas, como aquelas que pode haver o contato vindo de terceiros, como um colega de trabalho, por exemplo.

Modelagem de Dados

A matéria de Modelagem de Dados serve para ensinar os alunos a analisar e planejar os dados que farão parte do banco de dados em que vão trabalhar.

Processamento de Linguagem Natural – Nlp

Essa matéria vai mesclar Ciência da Computação, Inteligência Artificial e Linguística, uma mistura não tão esperada. Seu objetivo é tratar e desenvolver algorítimos para a criação de aplicações que sejam úteis para nosso dia a dia, visto que somos expostos à milhões de informações por dia.

Programação e Desenvolvimento de Banco de Dados

O nome dessa matéria já deixa explícito. É exatamente isso que os alunos aprendem: desenvolver e programar um banco de dados, aquele local onde todos os dados da empresa serão armazenados e gerenciados.

Segurança de Dados

Sempre quando se trabalha com dados de terceiros, é importante conhecer as políticas de segurança, responsabilidades quanto ao acesso e gerenciamento, e sobre o controle desses dados. Portanto, é sobre isso que a disciplina Segurança de Dados aborda.

Técnicas de Inteligência Artificial

Nessa matéria, o aluno aprende as principais técnicas para se trabalhar com inteligência artificial, principalmente para ter mais uma base com matérias como Machine Learning, que também envolve IA.

Opções de Universidades

Assim como dito anteriormente, a grade curricular pode variar de Universidade para Universidade. Cada uma foca naquilo que acredita ser melhor para o aluno e complementam os estudos da sua forma. Existem as matérias mais obrigatórias, que serão encontradas em vários cursos, mas existem aquelas que só existem em um específico.

Mas existem Universidades que inserem outras matérias mais culturais ou de outras áreas para complementar os estudos e tornar o aluno um profissional mais completo. Podemos citar algumas aqui, como, por exemplo, Anhanguera, Pitágoras, Unopar, entre outras. 

O aluno deve escolher a Universidade que for de melhor acesso, com localização boa, notas boas no MEC, mas também deve considerar à grade curricular, afinal, são as matérias que vai estudar ao longo do curso.

Conclusão sobre a grade curricular de Ciência de Dados

Ciência de Dados vai trabalhar muito em conjunto com outras áreas da tecnologia que também focam em dados. O aluno formado se torna um profissional multitask, que entende diversas vertentes dentro desse assunto em específico. 

Depois que viu tudo sobre a grade curricular de Ciência de Dados, está na hora de decidir se essa área é realmente para você e escolher qual faculdade pretende seguir a partir do seu programa de matérias. E para mais artigos como este, continue seguindo a Hora da Facul. 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.