Como conseguir estágio em DevOps?

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.

Foto: Duas mulheres, em frente ao computador, trabalhando.

Conseguir um estágio é o sonho de qualquer pessoa que esteja concluindo o curso na universidade. Nesse sentido, DevOps é uma área da tecnologia que ganha cada vez mais adeptos. A busca por esse curso cresce a cada ano e, consequentemente, as buscas por um estágio em DevOps. 

Imediatamente, essa tecnologia tem gerado transformações significativas nas empresas. Principalmente nos quesitos inovações e entrega de produtos aos clientes.

De antemão, a palavra DevOps é a junção dos termos Desenvolvimento e Operações. Ou seja, um conjunto de ideias que, quando praticadas, aplicam tais conceitos. Logo, as empresas que adotam essa tecnologia possibilitam que suas aplicações e infraestrutura de nuvem sejam conectadas.

Sendo assim, para alcançar todas as ferramentas oferecidas pelo DevOps, é necessário investir em um profissional capacitado. Bem como automatizar alguns circuitos de segurança. Isso porque essa automatização evita que o fluxo fique lento. Com as ferramentas corretas, é possível melhorar quase em 100% o fluxo da sua empresa.

Portanto, muitas instituições desejam moldar o colaborador aos seus modelos de trabalho. Ou seja, que o mesmo aprenda com base nas orientações dos seus superiores. Muitas vezes o método ensinado no estágio é utilizado em todo percurso profissional. Por isso, entrar como estagiário em uma empresa é uma ótima opção. 

Sendo assim, vamos entender melhor sobre essa modalidade (o estágio) e sobre como conseguir uma oportunidade. Confira!

O que é um estagiário?

Primeiramente, um estagiário nada mais é do que um profissional em início de carreira. Esse profissional precisa, obrigatoriamente, cumprir uma carga horária de experiência.

A princípio, o estágio é feito durante alguns períodos da graduação. Esse período serve para que o estudante vivencie e pratique o ensinado em sala de aula. Assim, o aluno adquire conhecimento prático sobre a área em questão.

Essa obrigatoriedade se dá para que o estudante consiga se formar. Caso essa carga não seja cumprida, o aluno não conseguirá concluir os estudos e receber o diploma.

Logo, tanto um tecnólogo (duração de 2 anos) quanto um bacharel (duração de 4 anos) precisa estagiar para ser considerado um profissional formado.

Direitos e deveres do estagiário

Assim como em qualquer cargo, um estagiário conta com alguns deveres e direitos que devem ser cumpridos corretamente por ambas as partes (a dele e a de seus contratantes).

O estagiário tem como direito ser orientado e acompanhado por um supervisor, além de possuir benefícios como vale alimentação e vale transporte.

O que muitos não sabem é que, mesmo cumprindo com sua carga horária, durante períodos de provas, é direito do estagiário reduzir sua jornada de trabalho para estudar e dedicar-se aos exames da faculdade.

Por fim, um certificado de estágio deve ser entregue ao fim do contrato. Esse documento serve como comprovação. Além disso, em alguns casos, pode ser usado para cumprir a grade de horas complementares.

Por sua vez, os deveres do estagiário são:

  • Cumprir o estabelecido no termo de compromisso;
  • Obter frequência mínima de 75% na instituição de ensino;
  • Ter uma carga horária de 6 horas por dia, obrigatoriamente;
  • Ser responsável pelas atividades estabelecidas no estágio.

Como conseguir um estágio de DevOps

Como dito anteriormente, para fazer estágio é necessário estar estudando. O estágio faz parte da grade de ensino das faculdades. No entanto, cada universidade determina o tempo em que o aluno precisará ir atrás do estágio. Dessa mesma forma, também são exigidas as horas que precisam ser apresentadas no curso.

Nesse sentido, uma área que tem sido muito procurada para estágios é a de DevOps. Principalmente com as facilidades recentes, como cursos 100% online e a possibilidade de estagiar home office

Ao mesmo tempo, algumas dicas são importantes para que você consiga um estágio na área de DevOps. Veja:

  • É necessário estar devidamente matriculado em uma universidade, bem como estar em período de entrega de estágios;
  • O estudante precisa buscar quais empresas estão contratando no momento;
  • Ao encontrar o local para mandar o currículo, é imprescindível verificar as qualificações e analisar se as mesmas batem com o seu conhecimento;
  • Busque fazer cursos extras para turbinar seu currículo e se destacar entre os outros candidatos;
  • A maioria dos estágios não pede experiência. Afinal, estagiar nada mais é do que aprender;
  • Quando estiver estagiando, seja curioso. Pergunte, aprenda, observe e fique perto daqueles que te oferecem suporte e aprendizagens. Aproveite cada segundo dentro da empresa.

Enfim, lembre-se de buscar sempre empresas de tecnologia ou que apoiem esse quesito. Só assim suas chances serão maiores e o aprendizado mais significativo. 

Nesse sentido, é fundamental que você tenha a companhia de um supervisor. Esse profissional será responsável por ensiná-lo e acompanhá-lo em seu desempenho, qualificando-o ainda mais. 

Quando o estagiário se destaca, ele consegue ser efetivado. Se esforce, dê o seu melhor, mostre que você quer estar ali e comece com o pé direito no mercado. 

Quanto ganha um estagiário de Devops?

O salário de um estagiário de DevOps pode chegar a R$2 mil. Por outro lado, o salário de um profissional efetivado nessa área pode alcançar facilmente os R$8 mil.

O que faz um estagiário de DevOps?

Antecipadamente, a principal função de um estagiário de DevOps é oferecer suporte, bem como garantir que todos os suportes de nuvem e softwares estejam disponíveis.

Além disso, cabe ao estagiário desenvolver soluções para a automação de processos internos da empresa através do uso de diversas ferramentas.

Juntamente com essas tarefas, outros pontos também fazem parte de quase todas as vagas nessa área. São eles:

  • Linguagem de programação;
  • Conhecimento em ferramentas específicas para manutenção das redes;
  • Raciocínio lógico;
  • Capacidade de otimizar processos de alto desempenho por meio de ferramentas;
  • Implementação de melhorias em sistemas de TI;
  • Automatização e otimização de processos;
  • Desenvolvimento de dashboard;
  • Integração e entregas contínuas;
  • Estabilidade nos sistemas;
  • Interesse por tecnologia;
  • Curiosidade e agilidade;
  • Conhecimento em programação de softwares.

Enfim, essa área tem crescido muito no Brasil. Por isso, sempre busque diferenciais para se destacar no mercado e garantir o sucesso na carreira. Só assim você terá um futuro promissor na profissão de DevOps.

Se você realmente quer seguir essa carreira, aproveite e confira A grade curricular do curso de DevOps e inicie o curso ainda mais preparado!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.