O que faz o engenheiro de computação?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Canva.

O engenheiro da computação é um desenvolvedor que durante o curso de Engenharia da Computação se torna hábil na criação de softwares, aplicações e hardwares.

A área está inserida no setor de tecnologia da informação e do que chamamos mundo tech. Definitivamente, o que mais gera oportunidades de emprego em relação aos outros setores da economia. 

Logo, pilares como: Redes, Dados, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Marketing Digital fazem parte de todas as áreas da economia tornando o TI e a inovação motores do desenvolvimento de um país – o que não é diferente no Brasil.

Carreiras de tecnologia chamam atenção pelas oportunidades de crescimento

Certamente esse é um dos setores que mais crescem no Brasil e no mundo. Visto que as soluções tecnológicas conseguem ser aplicadas a tantas outras áreas. 

Um dos grandes motivos para a migração e ingresso de tantos estudantes em cursos tech é a grande quantidade de oportunidades de crescimento oferecidas por esse setor.

Segundo o site do projeto Academia Tech, no ano passado, o crescimento do número de vagas foi de 63%, o que representa um número bastante expressivo se comparado a outros campos.

Entretanto, o mercado nacional é carente de profissionais com formação teórica e com habilidades focadas no mercado de trabalho de tecnologia. Ou seja, faltam profissionais qualificados. 

É neste contexto que apresentamos o que faz o engenheiro de computação.

O que faz o engenheiro de computação?

Até 2026, a estimativa é de contratação de cerca de 300 mil novos profissionais, sendo que uma porcentagem deles serão os especialistas em Engenharia da Computação.

Basicamente, em seu dia a dia, este profissional trabalha no desenvolvimento de ferramentas, aplicações, softwares e hardwares para implementação em empresas, instituições e organizações de todos os tipos.

Com conhecimentos amplos, a pessoa que se torna um engenheiro da computação encontra desafios ligados a sistemas computacionais, eletrônica, sistemas digitais, automação industrial e machine learning, redes de computadores, bancos de dados e linguagem de programação. Entre essas últimas, podemos citar as mais comuns à rotina desse especialista:

  • PHP

  • HTML

  • Python

  • C.

É claro, existem dezenas de outras linguagens, algumas bastante específicas, como as do setor de tecnologia móvel. Porém, Desenvolvimento Mobile não é foco do nosso post de hoje. 

Outras atribuições da Engenharia da Computação

Continuando, o profissional ainda vai projetar, programar e ser responsável por todos os sistemas de uma corporação, sem falar na parte física (hardware). Já que também desenvolve e projeta computadores, dispositivos, além de outros periféricos e redes.

Podemos adicionar as atividades ligadas à manutenção dessas redes e estruturas de nuvem, transmissão e organização de dados junto aos profissionais de Arquitetura de Dados. 

Além disso, o engenheiro de computação integra projetos ligados ao que chamamos de machine learning que tem impacto direto na operação de grandes fábricas e centros industriais. Em outras palavras, o profissional é responsável por grandes projetos de automação industrial e inclusive, comercial. Afinal, a maioria dos processos comerciais está cada vez mais automatizada. 

Começando pela produção de insumos, passando pelo transporte e fábrica, e posteriormente chegando ao consumidor por meio da logística.

Perfil do profissional formado em Engenharia da Computação

Um bom engenheiro da computação deve ter afinidade com Matemática, gostar de tecnologia e linguagens de programação.

Como qualquer profissional da área de tecnologia, o profissional precisa acompanhar os avanços científicos e tecnológicos da área em que atua. Além disso, estar atualizado sobre as novidades é essencial para se manter competitivo no mercado de trabalho.

Como se tornar um engenheiro de computação?

É importante o estudante entender se o curso de Engenharia de Computação combina com o perfil pessoal dele. Em outras palavras, o futuro profissional deve ter compatibilidades com a área de tecnologia da informação, inovação e ter familiaridade com ciências exatas (matemática, física, lógica, etc.)

Portanto, não se trata apenas de pensar que vai entrar no curso e simplesmente sair com um diploma e conseguir o melhor emprego com o maior salário. Antes disso, o estudante vai estudar constantemente e dedicar muitas horas extras em projetos e a implantação dos mesmos.

Entre as habilidades, capacidades ou requisitos para quem deseja ingressar neste curso superior, podemos destacar alguns deles abaixo:

  • Conhecimentos de língua inglesa;
  • Proatividade;
  • Boa conexão com a internet em seu local de estudo, moradia, etc;
  • Familiaridade com ciências exatas (matemática, física, lógica, entre outras disciplinas);
  • Curiosidade e predisposição a encontrar soluções;
  • Gostar de tecnologia e inovação;
  • Facilidade com análise de situações e raciocínio lógico;
  • Saber trabalhar em equipe

Quais são as áreas de atuação do engenheiro de computação?

O campo de trabalho para este profissional é amplo. Quando terminar o bacharelado em engenharia da computação, você poderá trabalhar em empresas dos mais diversos segmentos e áreas, sejam pequenas ou grandes. Como, por exemplo, startups até grandes desenvolvedoras de sistemas, indústrias, órgãos públicos e outros tantos tipos de organizações.

Além disso, você pode atuar como freelancer, consultor, se tornar um empreendedor e quem sabe seguir a carreira acadêmica. 

Enfim, as opções são muitas e o mercado de trabalho está à procura de profissionais qualificados.

Veja as opções abaixo de acordo com o site a universidade Anhanguera:

  • Desenvolvedoras de software e hardware;
  • Análise de dados em bancos e mercado financeiro;
  • Institutos e centros de pesquisa;
  • Automação industrial e robótica;
  • Serviços para telecomunicações;
  • Internet das Coisas;
  • Cloud computing;
  • Big Data;
  • Inteligência Artificial;
  • Suporte técnico para empresas.

Se você gostou deste nosso post sobre uma das áreas mais promissoras do mundo tech, quem sabe seja legal continuar suas leituras sobre o tema. É só acessar o nosso blog e conferir mais artigos sobre este e outros assuntos.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.