Quais são as principais tecnologias em Redes de Computadores?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Crédito: Canva.

A princípio, sem as redes de computadores o mundo estaria bastante bagunçado. Independente se você usa uma internet wireless ou cabos de fibra óptica, ela sempre está em mudanças.

Dessa forma, agora vamos falar sobre quais são as principais tecnologias em Redes de Computadores.

Confira!

Quais são as principais tecnologias em Redes de Computadores? 

Agora, vamos direto ao ponto e trazer para você as tecnologias que estão surgindo atualmente com tantos desafios digitais.

Antes de tudo, saiba que muitas pessoas já devem ter notado que a relação entre indivíduos e a presença das organizações no mundo moderno evolui a cada dia.

Consequentemente, a infraestrutura de TI também está sempre mudando. Especificamente, as redes de computadores. Logo, elas precisam assimilar inovações e formas de processar mais dados e suportar aplicativos cada vez mais complexos. Porém, primeiro deve-se considerar o custo-benefício para quem utiliza estes serviços de rede.

Agora, aproveite e veja com calma algumas inovações tecnológicas que estão impactando as diversas redes de computadores do mundo inteiro.

Intelligence Edge, desenvolvendo soluções no local

Atualmente, as empresas e as residências abrigam cada vez mais computadores, smartphones, tablets, câmeras, máquinas, entre outros dispositivos. Resumindo, todos simultaneamente conectados em uma rede, que está ligada em outra e assim por diante. 

Tudo o que fazemos no cotidiano é apenas uma parte da quantidade de dados consumidos e compartilhados em  redes locais, metropolitanas ou mundiais.

Dessa mesma forma, dados e informações trafegam entre as diversas conexões até seus respectivos servidores ou bancos de dados.

Enfim, somente uma solução inovadora como a intelligent edge que estas redes podem resolver as suas demandas de forma localizada. Ou seja, cada dispositivo em uma empresa ou residência vai ter condições de processar seus dados ali mesmo em seu endereço, ou local. Consequentemente, isso evitará um uso em excesso as conexões ao ponto de terem bugs

Em suma, o conceito e a tecnologia da intelligent edge foi projetada para quem está sempre ligado à internet. Independente do motivo, entretenimento ou negócios virtuais. Com isso, o volume de dados que passa nas redes reduz drasticamente melhoraando a sua performance. E, também, o relacionamento de clientes com as empresas.

Meganuvem, unindo soluções e aplicações em um só lugar

Primeiramente, saiba que as nuvens, estruturas que guardam e compartilham diversos tipos de dados de empresas e pessoas são divididas em três níveis: híbrida, pública ou privada. 

Em síntese, estas diversas entidades invisíveis possuem a sua própria estrutura e redes de computadores. Consequentemente, cada uma delas se trata de um mundo ou universo virtual cheios de dados, mas que operam isoladas – entenda aqui como separada

Atualmente, quando isso acontece, pessoas ou corporações utilizam estes diferentes clouds e suas arquiteturas para usar um determinado serviço, acessar ou guardar dados e interagir com outros usuários. 

Mesmo sendo eficiente, o uso de vários tipos de nuvens ao mesmo tempo, atrapalha o dia a dia de quem precisa de agilidade nos negócios e descentraliza sua a gestão de informações – o que se torna inseguro e oneroso quando falamos em manutenção de estruturas de rede.

Em função disso, as empresas projetam o que chamamos de Meganuvem com o objetivo de unir todas as  existentes. Diminuindo assim os gastos e facilitando a utilização dos dados.  

Uma estrutura de redes de computadores, servidores e bancos de dados totalmente integrada em uma meganuvem permitirá que o armazenamento de informações tenha um desempenho melhor e a velocidades das conexões seja ainda mais eficiente.

Intent-Based Networking (IBNS), otimizando negócios de forma inteligente

À primeira vista, você vai pensar que se trata apenas de mais um software. Entretanto, o IBNS ou Intent-Based Networking serve como um recurso de inovação voltado para os negócios. Especificamente, ele trabalha como um sistema dotado de inteligência, configurando a rede de computadores da organização visando otimizar todos os recursos ligados a um departamento de TI e tudo que está ligado a ele.

Basicamente, esta ferramenta realiza um check-up, um diagnóstico, na própria empresa. Através da ferramenta são obtidos relatórios e informações sobre as verdadeiras necessidades para a implantação de redes de computadores e outros níveis de estruturas de TI. Tudo com o objetivo de melhorar os serviços de tecnologia de uma organização e saber o que nela está faltando. 

À primeira vista, parece algo inviável. Porém, em algumas organizações do mundo ele tem sido utilizado e identificado demandas de forma bastante contundente.

Entenda mais sobre o conceito de Rede de Rede de Computadores

Até aqui, falamos sobre tecnologias para redes de computadores sem sequer perguntar se você entende o seu conceito.

Caso você não saiba, leia abaixo e entenda um pouco sobre o que é uma Rede de Computadores:

Em síntese, podemos dizer que rede de computadores são estruturas formadas em sua maioria por PCs (Personal Computers), dispositivos e servidores que juntos compartilham dados e informações. 

Além de dispositivos, esta rede liga impressoras, modems, softwares, etc. Entretanto, esta conexão não acontece só ligando essas diversas unidades, mas sim através de protocolos de transmissão e sistemas com uma arquitetura bastante organizada.

As consequências das novas tecnologias junto a Rede de Computadores

Definitivamente, falar em tecnologia da informação é falar em inovações e o seu impacto na vida de todos.

Ao ingressar em um curso de graduação da área de tech, neste caso o de rede de computadores é como dar um grande passo ou mais em direção ao futuro.

Porém, este já é o presente. Não somente o nosso, mas do mundo todo. Independente da tecnologia ou super inovação que apresentamos para o segmento de redes, sem dúvida ele terá impactos profundos em nosso dia a dia. Além disso, eles serão certamente sentidos em todas as demais áreas em TI.

Enfim, falar um pouco sobre esses novos softwares ou a respeito de megas arquiteturas de redes, e suas consequências para quem ingressa nos cursos da Academia Tech é como mostrar novas possibilidades de aprendizado. Mas, principalmente, abrir as portas para um futuro promissor.

Leia mais:

Quais as áreas de atuação do profissional de Desenvolvimento Back-end?

Desenvolvimento Back-End: tudo o que você precisa saber sobre o curso

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.