Qual a duração do curso de Cibersegurança?

Paulo Amaral
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Crédito: Peter Linforth/Pixabay/CC

Se você está interessado em fazer um curso de Cibersegurança, mas não sabe qual a duração exata dessa formação, essa matéria é leitura obrigatória.

Atualmente, não é exagero dizer que você “não existe” se não estiver na internet. Portanto, para proteger seus dados, os profissionais de cibersegurança, ou tecnólogos, são os “super-heróis” do mundo moderno.

No entanto, para se tornar um desses “super-heróis”, é preciso estudar e se preparar nas melhores faculdades.

A Anhanguera, por exemplo, possui a Academia Tech. O segmento oferece todas as condições para quem está procurando por uma especialização na área com um curso 100% online, de duração inferior aos tradicionais e totalmente focado nas necessidades do mundo atual.

Ficou interessado? Então embarque com a gente nessa leitura, pois o Hora da Facul dará uma força, deixando-o mais perto de realizar seu sonho.

O que é Cibersegurança?

Se você leu até aqui, é porque está interessado em saber qual a duração do curso de Cibersegurança. Antes disso, no entanto, não custa reforçar o que é Cibersegurança. Muitos confundem o tópico com outros temas ligados à tecnologia, como é o caso da Segurança da Informação.

Cibersegurança, resumidamente, é a proteção das estruturas tecnológicas. Ou seja, de redes, software, hardware, servidores, sistemas eletrônicos e outras ferramentas que fazem parte do infinito universo dos computadores.

Esse segmento, na verdade, está incorporado à Segurança da Informação. Aborda tanto questões teóricas, como as leis de proteção de dados (como as que envolvem WhatsApp e Facebook), quanto práticas, que é a aplicação dessas leis para manuseio de software e hardware.

Qual a duração do curso de Cibersegurança?

Responderemos, agora, sobre a duração do curso de Cibersegurança. Porém, não deixe de ler o post até o fim. Há mais pontos interessantes a quem entrou aqui buscando saber apenas a respeito da duração.

Aos interessados em se matricular na Academia Tech, podemos adiantar que o curso de Cibersegurança tem a duração de cinco semestres – ou dois anos e meio – e, como já dissemos, é feito 100% online. Ou seja, é um curso na modalidade EAD.

As mensalidades para quem procura se tornar um tecnólogo (ou um super-herói do mundo moderno, como dissemos) também são bastante acessíveis e cabem no orçamento. Vale conferir clicando neste link.

Destaques do curso de Cibersegurança

Agora que você já sabe efetivamente o que é Cibersegurança e qual a duração do curso, vamos adiantar alguns dos principais destaques do que é ministrado nesse curso. Mas, não mostraremos tudo ainda, afinal, queremos deixá-lo com aquele gostinho de “quero mais”, né?

Um dos diferenciais do curso de Cibersegurança (que você encontrará na Anhanguera) é que o mesmo foi preparado por profissionais que atuam no campo de trabalho.

Desta forma, você sairá das aulas após a conclusão dos cinco semestres com a certeza de que está preparado para identificar as vulnerabilidades nos mais diferentes sistemas. Além de, é claro, estar capacitado a encontrar as melhores soluções para saná-las.

O profissional formado em Cibersegurança também sairá do curso pronto para garantir a segurança dos dados da empresa que o contratar, além de evitar que o sigilo da carteira de clientes seja violado.

Amplo campo de atuação

Agora, pinçaremos de forma simples e rápida alguns pontos do amplo campo de atuação. Essa área dependerá da preferência de cada estudante da Cibersegurança.

O profissional poderá, por exemplo, focar em segurança de rede para proteger uma empresa ou órgão governamental contra intrusos e malwares.

Porém, se a área que mais agradar ao estudante for a ligada a aplicativos, é possível buscar um espaço em locais que foquem na proteção ao software, pois, em determinados casos, se um software é comprometido, todos os dados do cliente podem cair em mãos erradas.

Não menos importante é o campo voltado para a educação do usuário final. Esse ponto aborda o fator mais imprevisível da Cibersegurança: as pessoas. Uma boa educação voltada para a área da Cibersegurança pode evitar, por exemplo, que alguém desavisado espalhe vírus por e-mails ou pendrives. São lições fundamentais, principalmente em um mundo no qual os crimes virtuais vêm crescendo assustadoramente.

Mercado de trabalho da Cibersegurança

E o que dá para dizer sobre o mercado de trabalho? O profissional que procurou saber a duração do curso e está disposto a ficar cinco semestres – ou dois anos e meio – dedicando-se à Cibersegurança sofrerá para arrumar emprego?

A tendência é que a resposta para essa pergunta seja um simples “não”. Como dito, os crimes virtuais têm crescido tanto que, no Brasil, um Projeto de Lei, em fase final de aprovação, visa aumentar o tempo de prisão para golpes praticados por WhatsApp.

Por conta da alta demanda, não é difícil prever que as vagas de emprego para profissionais formados em cursos de primeira linha encontrarão um lugar ao sol sem problemas.

De acordo com informações publicadas pela Anhanguera, a expectativa é que o mercado absorva pelo menos 303 mil novos profissionais formados em tecnologia até 2026. Isso inclui, claro, os alunos que deixarão o curso de Cibersegurança dentro dos próximos dois anos e meio.

As empresas precisam cada vez mais de profissionais que saibam agir com rapidez e competência para impedir ataques de DDoS (servidores derrubados), hackers em busca de dados sigilosos ou, simplesmente, malwares.

Por sua vez, o curso de Cibersegurança deixará-lo pronto para, em breve, ser um desses super-heróis prontos para salvar o mundo dos crimes virtuais.

 

 

 

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 2.3 / 5. Contagem: 3

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.