Bolsa de estudos: como conquistar a sua na faculdade

Lygia Barsotti
Jornalista e produtora de conteúdo com13 anos de experiência. Passou pela TV Cultura e por empresas dos segmentos de saúde, educação e bebidas.
1

Crédito: Photo by RODNAE Productions from Pexels

Conquistar uma bolsa de estudos para cursar a faculdade não é apenas um sonho, mas uma necessidade de grande parte dos brasileiros.  Segundo o IBGE, apenas 18% da população tem o ensino superior completo.

Isso se explica, principalmente, pela dificuldade de acesso da maioria da população à educação básica e pela falta de recursos financeiros. Afinal, os custos com a graduação podem pesar no orçamento por quatro, cinco ou até seis anos, dependendo da carreira escolhida.

Sem mencionar que, além das mensalidades, é preciso comprar livros, apostilas e outros materiais necessários para acompanhar as aulas. Fora os gastos com transporte e alimentação. Para a maioria, infelizmente, essa é uma realidade muito distante.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

Entretanto, um caminho para diminuir a distância entre os estudantes e as faculdades está nos programas de bolsa de estudos. Eles são um auxílio fundamental para que alunos com limitações financeiras possam cursar o ensino superior.

Se esse é o seu caso, separamos algumas dicas para você conseguir uma bolsa de estudos e ficar mais perto do seu diploma.

Garanta sua bolsa de estudos tirando uma boa nota no Enem

Antes de tudo, saiba que na busca por uma bolsa de estudos sua nota do Enem será um critério exigido por praticamente todos os programas do tipo.

Uma boa pontuação na prova e na redação do Enem vai ser fundamental para que você consiga uma vaga no ProUni, por exemplo. No caso das faculdades particulares, sua nota geral pode ter impacto até na porcentagem da bolsa de estudos.

Para não perder a chance de estudar pagando pouco (ou nada!), fique atento a alguns pontos cruciais para um bom desempenho no Enem:

Faça simulados

Busque na Internet edições anteriores do Enem e se familiarize com a estrutura da prova. Uma característica conhecida das questões do Enem é propor a resolução de um problema tomando como base um texto ou imagens. Nesse sentido, trabalhe a interpretação de elementos verbais e não verbais para não cair em pegadinhas.

Treine a redação

Leia, assista a filmes e esteja informado sobre o que acontece no mundo. Dessa forma você enriquece seu vocabulário e ganha bagagem sociocultural para escrever sobre diferentes assuntos. Também é importante cronometrar seu tempo para ter uma ideia aproximada de quantos minutos vai precisar para fazer o texto no dia da prova.

Organize o tempo de realização da prova

Divida as questões por nível de dificuldade, começando pelas mais fáceis. Logo depois, foque nas questões de dificuldade média e deixe por último as mais difíceis. Recorra aos chutes apenas quando tiver certeza de que não consegue resolver a questão.

Não confie só na “decoreba”

O objetivo principal do Enem é identificar as habilidades do candidato em resolver problemas. Ou seja, não adianta saber a teoria se você não for capaz de interpretar os dados de um gráfico ou de relacionar informações para elaborar um argumento.

Conheça os programas de bolsa de estudos das faculdades

Faça uma lista das faculdades particulares que mais te interessam. Em seguida, entre no site de cada uma delas e pesquise os programas de bolsa de estudos oferecidos.

Os critérios, assim como a porcentagem concedida, costumam variar bastante entre as instituições. Por isso, se informe para saber se você atende a todos os pré-requisitos.

Além de avaliar as condições socioeconômicas do candidato, muitas faculdades concedem bolsa de estudos por mérito acadêmico. Logo, quem tem melhor desempenho nas provas pode ganhar abatimento parcial ou integral das mensalidades. Então, dê seu melhor no vestibular!

Outra opção disponibilizada por algumas instituições de ensino é a bolsa-trabalho. O aluno ganha desconto parcial ou integral nas mensalidades em troca de serviços prestados à faculdade. Entre eles, monitoria de laboratórios, serviços administrativos e auxílio à biblioteca.

Convênios de empresas privadas

Se você já trabalha, pode procurar o departamento de Recursos Humanos da sua empresa para saber se existem convênios firmados com instituições de ensino. Geralmente, o valor das mensalidades é dividido entre a empresa e o funcionário, mas as porcentagens dependem de diversos fatores.

As empresas fazem essas parcerias como forma de facilitar e incentivar a qualificação de seus colaboradores. Por isso, se você está querendo uma promoção, essa é uma excelente oportunidade. Além de turbinar seu currículo pagando pouco, você ainda pode crescer profissionalmente.

Em outros casos, os benefícios desses convênios se estendem também aos filhos ou aos cônjuges dos funcionários. Vale a pena se informar a respeito.

Quem já trabalha em instituição de ensino deve ficar ligado: quase sempre há descontos em cursos de graduação para os colaboradores.

Instituições especializadas

Outro caminho para conseguir descontos na graduação é por meio de empresas e ONGs especializadas em oferta de bolsa de estudos.

Os critérios exigidos por cada uma para a concessão da bolsa variam de uma empresa para outra. Em algumas o resultado do Enem não é mandatório, por exemplo.

É essencial fazer uma pesquisa das taxas e outros custos envolvidos. Dessa forma, você avalia o que melhor se encaixa à sua necessidade e realidade socioeconômica.

ProUni: bolsa de estudos do governo federal

O Programa Universidade para Todos (ProUni), é uma iniciativa federal que oferece bolsas integrais e parciais para quem ainda não tem um diploma de ensino superior.

No entanto, o estudante deve preencher alguns pré-requisitos para ser considerado elegível a uma vaga:

  • Possuir renda familiar bruta de até três salários mínimos
  • Ter prestado a edição mais recente do Enem
  • Ter alcançando pontuação mínima de 450 no Enem
  • Ter tirado nota maior que zero na redação

Além disso, segundo as regras do ProUni, o estudante também precisa atender ao menos um dos requisitos:

  • Ter cursado o ensino médio em escola pública ou como bolsista integral em escola particular
  • Ou ser pessoa com deficiência

As inscrições são abertas duas vezes ao ano na página oficial do ProUni.

Viu só como oportunidade é o que não falta para fazer uma graduação? Tem muitas faculdades à espera de estudantes que saibam aproveitar o benefício da bolsa de estudos para trilhar uma bela carreira.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 1 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.