Bolsa de Estudos para Medicina Veterinária: como conseguir?

Lygia Barsotti
Jornalista e produtora de conteúdo com13 anos de experiência. Passou pela TV Cultura e por empresas dos segmentos de saúde, educação e bebidas.

Crédito: Photo by maitree rimthong from Pexels

A Bolsa de Estudos para Medicina Veterinária, além de outros programas de concessão de descontos, pode ser decisiva para garantir seu diploma.  Afinal, o curso não é dos mais baratos. Em média, o valor da faculdade de Medicina Veterinária fica em R$ 1.500,00 mensais. Sem contar que a duração do curso é de cinco anos.

Então, se você percebeu que o valor da mensalidade de Medicina Veterinária vai pesar no seu orçamento, comece a pesquisar meios de obter uma bolsa de estudos. Ela é um auxílio fundamental para que alunos com limitações financeiras possam concluir o Ensino Superior.

Contudo, o que deve prevalecer na sua escolha da faculdade é uma equação composta por vários fatores. Entre eles, uma relação custo-benefício equilibrada. Ou seja, você deve contar com um ensino de qualidade e uma boa infraestrutura a um preço razoável.

Adora animais, mas não sabe qual curso escolher no vestibular?

Faça esse teste e descubra qual faculdade mais combina com você

Para te ajudar nessa tarefa, separamos algumas dicas de como conseguir descontos ou uma bolsa de estudos para Medicina Veterinária. Assim, você fica mais perto da profissão dos seus sonhos.

Preço não é tudo

Em primeiro lugar, tenha em mente que o preço cobrado por uma faculdade é só um dos indicadores sobre sua qualidade. Então, além de procurar por uma bolsa para Veterinária, pesquise os seguintes itens:

  • Corpo docente – quem são os professores, suas qualificações e atuação na área;
  • Matriz curricular – que matérias fazem parte da grade do curso;
  • Infraestrutura – laboratórios, consultórios, equipamentos e outros recursos;
  • Avaliação geral do curso – opinião de alunos e ex-alunos e classificação pelo MEC.

Procure saber também se a universidade tem disciplinas optativas para complementar a formação ou promove atividades para que os estudantes tenham experiências práticas (como hospital-escola ou fazenda escola, por exemplo). Além de ser uma forma de aprimorar os conhecimentos teóricos, pode ser uma oportunidade de ter contato com outras especialidades.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

Saiba tudo sobre a faculdade de Veterinária e conheça as principais opções de carreira na área.

Quanto custa a faculdade de Medicina Veterinária?

O valor do curso de Medicina Veterinária varia de R$ 4.165,00 na PUC do Paraná, em Curitiba, até R$ 1.200,00 na Faculdade Pitágoras, campus Uberlândia (MG). Na média, entretanto, o preço fica em torno de R$ 1.500,00.

Antes de escolher a instituição de ensino, considere mudar de estado. Isso porque a região do País em que a faculdade está localizada pode alterar bastante o preço da mensalidade.

Veja quanto custa a faculdade de Veterinária, em média, nas diferentes regiões do Brasil:

  1. Região Sul: R$ 2.400,00
  2. Região Sudeste: R$ 2.200,00
  3. Região Nordeste: R$ 2.190,00
  4. Região Norte: R$ 1.950,00
  5. Região Centro-Oeste: R$ 1.900,00

Além da localização do campus, outros fatores interferem no preço das mensalidades. Por exemplo, a reputação da faculdade, a avaliação do MEC, o período do dia em que as aulas acontecem e a modalidade do curso (presencial ou semipresencial, no caso de Veterinária).

O valor da mensalidade é fixo?

O preço da mensalidade de Medicina Veterinária costuma ser progressivo. Ou seja, é menor no começo do curso e vai aumentando ao longo dos semestres. Isso também afeta em longo prazo o desconto da bolsa para Veterinária.

Na modalidade semipresencial, contudo, o valor médio tende a ser mais baixo. Isso porque o custo de manutenção de uma plataforma virtual é muito menor que o de uma estrutura física. Além disso, no ambiente digital, não há a mesma limitação de quantidade de alunos. Portanto, confirme com a instituição de ensino se a bolsa de estudos para Medicina Veterinária se estende a essa modalidade.

Antes de se decidir, entretanto, tire todas as dúvidas com a faculdade para se programar financeiramente e não correr o risco de interromper o curso.

Duração do curso de Medicina Veterinária

A faculdade de Medicina Veterinária dura cinco anos (ou seja, 10 semestres). Para concluir o bacharelado é preciso cumprir a grade curricular com matérias teóricas e práticas, realizar o estágio obrigatório e apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso.

No 9º semestre, geralmente, o estudante tem a primeira oportunidade de aplicar os conhecimentos adquiridos. A grade de matérias prevê disciplinas práticas em clínica de grandes e pequenos animais, reprodução e inspeção animal, saúde pública etc.

Já no 10º semestre chega a hora de fazer o estágio supervisionado obrigatório. Por integrar a matriz curricular do curso, ele deve ser providenciado pela faculdade e não costuma oferecer salário. Contudo, os estágios não obrigatórios e remunerados podem ser realizados pelos alunos a partir do segundo ano.

Bolsa para Veterinária em faculdades particulares

As faculdades privadas costumam oferecer diferentes tipos de descontos nas mensalidades. Assim, além de pesquisar o valor do curso de Veterinária nas instituições que mais lhe interessam, analise os programas de bolsa existentes.

Tanto os critérios quanto a porcentagem concedida variam. Então, conheça as regras da faculdade e tenha certeza de que você se enquadra aos pré-requisitos.

Outra via de acesso bastante popular ao benefício é a nota do vestibular. Muitas faculdades concedem bolsas de estudo por mérito acadêmico. Ou seja, quem tem melhor desempenho ganha desconto parcial ou até integral nas mensalidades. Logo, dê o seu melhor no vestibular e garanta a maior pontuação possível.

A bolsa-trabalho é mais uma opção disponibilizada por algumas instituições de ensino. O aluno ganha bolsa para Medicina Veterinária, parcial ou integral, por serviços prestados à faculdade. Entre eles, monitoria de laboratórios, serviços administrativos e auxílio à biblioteca.

Garanta a bolsa para Medicina Veterinária com sua nota do Enem

A nota do Enem é um meio bastante utilizado pelos estudantes que pretendem reduzir o valor gasto com a graduação. O cálculo muda de uma faculdade para outra, mas geralmente leva em consideração a pontuação do Enem, a nota de corte do curso, a relação candidato/vaga e o preço da mensalidade.

Independentemente da fórmula utilizada, quanto maior sua nota do Enem, maior será o desconto da bolsa para Veterinária!

As faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar oferecem a Bolsa Enem para quem prestou o exame de 2010 para cá. Basta se inscrever no vestibular e escolher a opção de utilizar sua nota do Enem. O desconto vale por todo o curso e o valor pode ser conferido na calculadora Bolsa Enem.

Dicas para mandar bem no Enem

Para não perder a chance de estudar pagando pouco (ou nada!), fique atento a alguns pontos cruciais para um bom desempenho no Enem:

  • Faça simulados. Busque na Internet edições anteriores do Enem e se familiarize com a estrutura da prova. Uma característica conhecida das questões do Enem é propor a resolução de um problema tomando como base um texto ou imagens. Trabalhe a interpretação de elementos verbais e não verbais para fugir de pegadinhas.
  • Treine a redação. Leia, assista a filmes e esteja informado sobre o que acontece no mundo. Dessa forma você enriquece seu vocabulário e ganha bagagem sociocultural para escrever sobre diferentes assuntos. Também é importante cronometrar seu tempo para ter uma ideia aproximada de quantos minutos vai precisar para fazer o texto no dia da prova.
  • Organize o tempo de realização da prova. Divida as questões por nível de dificuldade, começando pelas mais fáceis. Depois, foque nas questões de dificuldade média e deixe por último as mais difíceis. Deixe os chutes apenas para as questões que não conseguir resolver.
  • Não confie só na “decoreba”. O objetivo principal do Enem é identificar as habilidades do candidato em resolver problemas. Isso significa que não adianta saber a teoria se você não for capaz de interpretar os dados de um gráfico ou de relacionar informações para elaborar um argumento, por exemplo.

Quer ver outras dicas de como arrasar no Enem e ficar mais perto da faculdade de Medicina Veterinária? Veja aqui cinco erros comuns para não cometer!

Bolsa Incentivo

Essa é mais uma alternativa para estudantes com dificuldades financeiras. Para participar, basta se inscrever no vestibular e ver o regulamento no link. Se atender aos critérios estabelecidos pelas instituições, você poderá concorrer a uma bolsa para a faculdade de Veterinária.

No site, antes da inscrição, é possível escolher o curso e o campus. Os valores de desconto de cada semestre poderão variar de acordo com o curso, turno e unidade escolhidos.

Bolsa Transferência

Alunos vindos de outra instituição também podem concorrer a uma bolsa para Medicina Veterinárianas faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar. Os descontos são válidos tanto para os cursos presenciais quanto para os da modalidade EaD.

Bolsa Primeiro Semestre

A Bolsa Primeiro Semestre oferece aos candidatos e/ou alunos calouros das faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar um desconto de até 20% sobre o valor das mensalidades do 1º semestre da graduação. O benefício se estende aos cursos nos módulos presencial e/ou EAD.

Saiba mais detalhes entrando em contato com o campus de seu interesse.

Bolsa para Veterinária: benefícios para militares e servidores públicos

Militares e servidores públicos federais, estaduais e municipais, assim como cônjuge e/ou filho até 24 anos de idade, também podem ganhar bolsa para a faculdade de Veterinária. O benefício se aplica aos cursos presenciais e a distância das faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar.

Para concorrer ao benefício, basta o candidato prestar o vestibular. Após sua aprovação, ele deverá comparecer à unidade em que deseja estudar e apresentar a documentação solicitada.

Para mais informações, confira os regulamentos:

Desconto Pontualidade

Quem paga a mensalidade em dia tem desconto nos cursos EaD das faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar. O benefício vale para os alunos que saldam suas mensalidades até o quinto dia útil do mês de vencimento, seja por boleto ou cartão de crédito. Consulte com as instituições os cursos contemplados na oferta.

Desconto Matrícula Antecipada

Nos vestibulares das faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar o candidato pode fazer sua pré-matrícula no curso durante a inscrição no vestibular. Desse modo, ele garante a isenção da taxa de inscrição e fica mais próximo de uma vaga na faculdade de Veterinária.

Veja como é simples:

  • Inscreva-se no vestibular;
  • Escolha a opção de pré-matrícula;
  • Após passar no vestibular, vá até a unidade escolhida e leve os documentos necessários para finalizar a matrícula e começar o curso de Medicina Veterinária!

Importante: a matrícula só será efetivada caso o candidato seja aprovado no vestibular, entregue a documentação obrigatória e faça o pagamento do boleto de matrícula.

Convênio com empresas: conquiste uma bolsa para Medicina Veterinária

Se você já trabalha, a empresa pode te ajudar com uma bolsa de estudos para Medicina Veterinária. Procure o departamento de Recursos Humanos e se informe se existem convênios firmados com instituições de ensino. Geralmente, o valor das mensalidades é dividido entre a empresa e o funcionário, mas as porcentagens dependem de diversos fatores.

As empresas fazem essas parcerias como forma de facilitar e incentivar a qualificação de seus colaboradores. Então, se você está querendo uma promoção, essa é uma excelente oportunidade de turbinar seu currículo pagando pouco. De quebra, ainda pode ser recompensado profissionalmente por isso.

Em outros casos, os benefícios dos convênios das empresas privadas são estendidos também aos filhos ou ao cônjuge do funcionário. Vale a pena se informar a respeito.

Quem trabalha em instituição de ensino deve ficar ligado: quase sempre há descontos em cursos de graduação para os colaboradores.

As faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar têm convênios com empresas. Os funcionários podem concorrer a descontos nas mensalidades dos cursos de graduação (bacharelado, licenciatura e tecnológico). Incluindo Medicina Veterinária.

A bolsa para Veterinária voltada às empresas parceiras se estende ao cônjuge do funcionário e dependentes com até 24 anos. Para que o candidato tenha acesso ao programa Convênio Empresa, basta entrar em contato com a unidade de interesse.

Amigo Vale-Prêmio

O Amigo Vale-Prêmio é um programa de indicação em que o aluno pode escolher amigos, familiares ou colegas de trabalho para estudar em sua instituição de ensino.

Caso sejam atendidas as condições do regulamento para cada indicação, o aluno pode ganhar descontos em sua mensalidade.

Todas as instituições presentes no site Vestibulares.com.br integram o programa Amigo Vale-Prêmio. Portanto, para participar, basta ser aluno e fazer a sua inscrição pelo site amigovalepremio.com.br.

Instituições especializadas em Bolsas de Estudos

Outro caminho para conseguir uma bolsa de estudos para Medicina Veterinária é por meio de empresas e ONGs especializadas.

Os critérios exigidos para a concessão da bolsa variam de uma empresa para outra. Em algumas a pontuação do Enem não é mandatória, por exemplo.

Dessa forma, é essencial fazer uma pesquisa das taxas e outros custos envolvidos e avaliar o que melhor se encaixa à sua necessidade e realidade socioeconômica.

A faculdade Pitágoras firmou uma parceria especial com a Creditas para oferecer crédito estudantil aos calouros e veteranos do curso de Medicina Veterinária. Em outras palavras, é uma espécie de empréstimo, no qual o aluno ganha tempo para pagar as parcelas — que também podem ser reduzidas.

No caso da parceria com a Creditas, o aluno da Pitágoras recebe o crédito e consegue quitar a faculdade semestralmente. Ou seja, a cada semestre o aluno deve passar pelo processo de contratação do crédito estudantil.

Esse empréstimo com fins educativos pode ser integral ou parcial, com variações de prazos e valores que devem ser checados junto à faculdade.

Mesmo com a Bolsa de Estudo para Veterinária, continue economizando

Mesmo após conseguir uma bolsa para Medicina Veterinária é preciso continuar poupando. Afinal, faculdade não é só mensalidade.

Lembre-se de que haverá gastos com livros, apostilas, transporte e alimentação, por exemplo. E no caso da faculdade de Medicina Veterinária, eles serão constantes por cinco anos. Portanto, tudo isso deve ser analisado na hora de se planejar financeiramente durante o período da graduação.

A seguir, confira hábitos que você pode adotar no dia a dia para economizar e também ganhar um dinheiro extra para bancar o curso de Veterinária.

Prefira comer em casa

Frequentar bares, restaurantes e lanchonetes é uma delícia, mas o rombo no orçamento gerado por esse hábito pode ser enorme. É aquela história: uma refeição aqui, um salgadinho ali e quando você percebe, gastou mais do que devia. O mesmo vale para aplicativos de delivery.

Para evitar essa surpresa desagradável no fim do mês, sempre que possível leve comida de casa. Se a sua rotina não permitir, reserve o dinheiro para as refeições mais importantes, como almoço ou jantar. Carregue lanches e petiscos na mochila para quando a fome apertar.

Opte por meios de transporte mais baratos

O ideal é escolher um campus da faculdade de Medicina Veterinária próximo à sua casa ou trabalho. Assim, perde-se menos tempo e dinheiro com deslocamentos.

Entretanto, se essa não é a sua realidade, busque meios de transporte mais econômicos. Pode ser a velha e boa carona, em que o grupo se divide para pagar os gastos com o combustível. Por outro lado, se sua cidade tem infraestrutura cicloviária, por que não optar pela bike? Além de ter custo zero, ainda te deixa em forma!

Por fim, caso nenhuma dessas alternativas seja viável e você precise recorrer ao transporte público, use o desconto de estudante. Informe-se com a prefeitura da sua cidade sobre como usufruir desse direito.

Economize nos materiais didáticos

Muitos estudantes se esquecem de que o valor da faculdade de Medicina Veterinária não se resume à mensalidade. Os gastos com livros, apostilas e outros materiais necessários para acompanhar as aulas e realizar trabalhos também entram nessa conta.

Portanto, veja se é possível conseguir livros e apostilas, seja por compra ou doação, com veteranos ou ex-alunos. Uma alternativa, no caso dos livros, é procurá-los em sebos, onde o preço é mais baixo do que em livrarias.

Vale conferir se os títulos de que você precisa estão disponíveis gratuitamente na internet. Você também pode tentar achá-los em sites de e-commerce de produtos usados.

De qualquer modo, é sempre possível recorrer à biblioteca da faculdade para estudar sem pagar nada.

Controle seus gastos

Uma dica óbvia, mas essencial para qualquer um que pretenda economizar: gaste menos do que você ganha. Em outras palavras, isso significa cortar as despesas supérfluas e, principalmente, não abusar do cartão de crédito.

Muitas pessoas, quando estão endividadas, costumam pagar o valor mínimo da fatura. Só que os juros rotativos do cartão de crédito no Brasil são altíssimos, de 12,5% ao mês. Isso significa que uma dívida de R$ 1.000,00 pode subir para R$ 1.125,00 de um mês para outro. Em um ano, com essa taxa, a dívida aumentaria 329,3%, chegando a quase R$ 4.300!

Por fim, faça uma revisão de todos os serviços que você assina, bem como das despesas que podem ser cortadas ou diminuídas considerando o valor da faculdade de Veterinária. Para ajudar nesse controle, monte uma planilha de gastos.

Aproveite seu desconto de estudante

Tudo bem que economizar é importante e necessário, mas também não dá para abrir mão do lazer. A carteirinha de estudante, sobretudo, pode te dar uma bela ajuda com isso.

Por lei, os estudantes têm direito a meia-entrada em cinemas, teatros, exposições e outros eventos culturais. Então, aproveite o benefício e divirta-se pagando pouco.

Procure um estágio remunerado para complementar a bolsa de estudos para Medicina Veterinária

O currículo da faculdade de Medicina Veterinária prevê que nos últimos semestres o aluno realize um estágio supervisionado obrigatório. Ou seja, ele deve acompanhar profissionais em clínicas, hospitais ou laboratórios, durante uma carga horária pré-definida, para concluir o curso. Por se tratar de um estágio curricular, ele não costuma ser remunerado.

No entanto, o aluno de Veterinária também pode procurar por um estágio extracurricular remunerado já a partir do segundo ano. Esse tipo de estágio não é obrigatório, mas permite que o estudante vivencie situações reais de trabalho e aplique no dia a dia os conhecimentos adquiridos na faculdade.

Além disso, o salário do estágio pode ajudar a pagar a mensalidade de Medicina Veterinária. Conforme o site Vagas.com, a média para o salário do estágio na área é de R$ 1.034,00. De acordo com a Catho, no entanto, esse valor é ligeiramente mais baixo, de R$ 973,00.

Seja como for, use com sabedoria esse dinheiro e invista na sua formação!

Venda algum produto/serviço ou faça bicos

Você gosta de passear com cães? Ou tem “mão boa” para fazer doces ou salgados? Então, use essas habilidades a seu favor e ofereça seus produtos ou serviços. No longo prazo, o montante arrecadado pode ajudar a abater pequenas despesas ou completar o valor do curso de Veterinária.

Outra opção é fazer bicos enquanto não acha um estágio remunerado na área. Pode ser como garçom, vendedora, recepcionista. Enfim, nada que atrapalhe os estudos, claro, mas que possibilite ganhar uma renda extra para complementar a bolsa de estudos para Medicina Veterinária.

Escolha com calma a faculdade de Medicina Veterinária, seja um aluno dedicado e invista na sua carreira. Veja aqui 10 dicas para ser um médico-veterinário de sucesso.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.