Curso de Enfermagem: como garantir bolsa de estudos?

Isabella de Andrade
Colaborador do Hora Da Facul

As bolsas de estudos para graduação são uma ótima opção para quem quer continuar os estudos e dar os primeiros passos na carreira sem estourar o orçamento. Garantir os estudos em uma boa faculdade é um dos principais passos para abrir as portas para o mercado de trabalho. Além de contribuir diretamente com o desenvolvimento pessoal e educacional dos alunos. A carreira de enfermagem teve grande destaque e crescimento nos últimos anos, tornando-se ainda mais importante e valorizada. Então, se você quer se matricular em um bom curso, saiba como garantir bolsa de estudos para o curso de Enfermagem. 

Sabemos que as vagas para as universidades públicas são concorridas. E também que a mensalidade das faculdades particulares pode ser difícil de encaixar no orçamento familiar. Por isso, conseguir bolsas de estudo para a faculdade é um dos principais caminhos para levar os estudos adiante. Enquanto isso, o curso de enfermagem aparece atualmente como uma das opções mais buscadas em vestibulares ao redor do país.

E como garantir uma bolsa pra o curso de enfermagem? As possibilidades são diversas, então, para escolher o melhor caminho, é importante entender quais são os tipos de bolsas oferecidos. E também os requisitos para cada uma delas.

Quais são os tipos de Bolsas para o curso de enfermagem e como funcionam?

Antes de procurar uma bolsa para os principais cursos de graduação é importante entender que elas podem variar em porcentagem, tipo de seleção e tipo de benefício. Em relação ao auxílio, existem três tipos básicos de bolsas para graduação: Integrais: que pagam 100% da mensalidade. Parciais: que pagam uma parte da mensalidade. Ajuda de custo: que oferecem um valor extra diretamente para o aluno, que pode utilizar para pagar custos com materiais e hospedagem, por exemplo.

Além disso, podemos pensar nas bolsas para o curso de enfermagem em duas grandes classificações:

Públicas: oferecidas em programas do governo

Privadas: oferecidas pelas próprias instituições de ensino

Algumas delas oferecem desconto aos alunos de acordo com o mérito escolar, ou seja, com o desempenho acadêmico na escola e a nota no Enem. Outras são ofertadas de acordo com a necessidade financeira do estudante, mediante comprovante de renda familiar. Algumas instituições mesclam rendimento acadêmico e financeiro, enquanto outras criam programas de seleção próprios, com provas e cartas de recomendação.

Existem ainda as bolsas por parentesco, que oferecem descontos para parentes de funcionário das instituições. Outra opção é saber se você pode usufruir uma bolsa por potencial de desenvolvimento, quando as empresas investem nos estudos de seus funcionários.

Um bom caminho para começar é garantir uma boa nota no Enem, procurar as instituições de seu interesse e perguntar diretamente se elas oferecem bolsas de estudo e quais são os critérios de seleção. Agora, se você quer fazer uma pesquisa geral, vale conhecer os caminhos principais.

Quais os principais caminhos para conseguir uma bolsa para o curso de enfermagem?

Iniciação Científica

Essas são para os alunos já matriculados em uma faculdade e com interesse por pesquisa científica. O estudante dedica parte do seu tempo a uma pesquisa, sob orientação de um professor pesquisador, e recebe uma ajuda de custo para pagar seus estudos. Para quem tem interesse, é preciso buscar informações dentro de cada faculdade.

Bolsas de Faculdades

Essas são as bolsas oferecidas pelas próprias instituições de ensino, que podem variar entre integrais e parciais. Os critérios variam de acordo com cada Faculdade e o melhor é pesquisar diretamente na que você tem mais interesse.

Educafro

Nesse caso as bolsas são oferecidas a estudantes negros de baixa renda, vindos de escolas da rede pública de ensino. O programa é parte da Organização não Governamental (ONG) Educafro e tem parcerias com diferentes instituições. Para se cadastrar, basta conferir o site da ONG e, como contrapartida, os alunos contemplados devem participar de trabalhos comunitários e sociais.

Site para inscrição: https://www.educafro.org.br/site/

Programas Estaduais

Essas são as bolsas oferecidas pela Secretaria de Educação de alguns estados, como a de São Paulo, que oferece o Bolsa Universidade, e a do Rio Grande do Sul, que oferece o Procred. O melhor caminho é pesquisar e perguntar na Secretaria do seu estado de preferência.

Fundação Estudar

A Fundação seleciona estudantes para universidades do Brasil e do Exterior. O principal critério de seleção é o mérito acadêmico e os alunos passam por sete etapas diferentes durante a seleção. Existem três iniciativas: Líderes Estudar, Estudar na prática e Estudar Fora. Para se inscrever, basta acessar o site: https://www.estudar.org.br/

Educa mais Brasil

O programa tem parceria com diferentes instituições pelo Brasil e oferece bolsas de estudos parciais de até 70%. Basta se inscrever no site e procurar pela sua cidade, modalidade de ensino e instituição.

E como garantir bolsa de estudos para o curso de Enfermagem?

Para garantir bolsa de estudos para o curso de Enfermagem você pode seguir os caminhos que trouxemos anteriormente. Entre elas, a principal dica é ficar de olho nas oportunidades oferecidas em cada faculdade. Faça uma lista das instituições em que você gostaria de estudar e que oferecem o curso de enfermagem.

Depois disso, se organize para perguntar sobre os processos de bolsa em cada uma delas. A parte mais importante é justamente manter esse contato individual com as instituições. Já que cada uma delas têm programas e processos de seleção diferentes. Vale lembrar que o curso de enfermagem é um dos mais concorridos do país, por isso, para conseguir uma bolsa, vale à pena se preparar e estudar com antecedência.

Treine também e faça cursos para desenvolver uma boa escrita, esse pode ser um grande diferencial na hora de realizar provas e participar de seleções na área. Apesar da alta concorrência, Enfermagem é também uma área muito dinâmica. Logo, vale à pena se dedicar. São diversas possibilidades de carreira e especializações diferentes para contemplar diferentes perfis de estudantes.

Quais as principais características de um profissional do curso de enfermagem?

Entender o perfil dos profissionais que trabalham em determinada área pode ser um ótimo caminho para seguir na importante decisão na hora de escolher um curso ou uma carreira para seguir. Para ajudar na escolha, observe as principais características de quem trabalha no ramo e liste as habilidades mais importantes para entender se é com elas que você gostaria de trabalhar.

A graduação em Enfermagem prepara e qualifica profissionais que vão acompanhar não somente os pacientes, mas também os familiares em clínicas, hospitais e ambulatórios. Vale lembrar que uma boa formação, equilibrando o currículo desenvolvido pela faculdade, bons professores e dedicação dos alunos, é essencial para que o profissional esteja preparado para as responsabilidades que vai assumir.

Podemos dizer que uma das principais características que o estudante que procura esse curso deve cultivar é a boa vontade para trabalhar com pessoas de todos os tipos. De diferentes idades e trajetórias. O contato humano é um dos fatores mais presentes na carreira de enfermagem. Além disso, a capacidade de trabalhar bem em equipe.

Separamos 6 características essenciais para um bom profissional de Enfermagem:

Gostar de trabalhar com pessoas.

Esse é um dos pontos essenciais, afinal, o profissional de enfermagem vai lidar diariamente, durante a maior parte do período de trabalho, com pessoas de diferentes tipos, idades e origens.

Gostar de cuidar e ajudar as pessoas.

Outro ponto importante, já que uma das funções básicas da Enfermagem é cuidar dos pacientes e zelar pela saúde de quem os procura.

Manter-se atento aos detalhes e ser observador.

O enfermeiro lida diariamente com pacientes que estão passando por situações adversas. Eles podem não saber relatar de maneira exata o que estão sentindo. Para isso, a observação atenta aos detalhes é fundamental para entender melhor cada quadro.

Ser paciente e saber ouvir.

Por lidar com pacientes que passam por dor, ansiedade e outras adversidades físicas e psicológicas, é essencial que o enfermeiro saiba ouvir com atenção e ter paciência para tratar da melhor forma todos os casos.

Gostar de trabalhar em equipe.

Além de lidar com pacientes, os profissionais de enfermagem costumam trabalhar em equipes diversas. Sempre com a presença de outros enfermeiros. Ou de médicos e demais integrantes da administração de um hospital, uma clínica ou um espaço público.

Ter um bom controle emocional.

Para lidar com quadros mais complicados, pacientes exaltados, familiares e situações de grande pressão psicológica. É importante que os profissionais de enfermagem tenham sempre em mente a necessidade de um bom controle emocional. Além disso, devem buscar ajuda de outros profissionais quando for preciso.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.