5 maiores desafios para os alunos da modalidade EaD

Gisele Henriques
MBA em Administração e Marketing, Pós Graduada em Jornalismo Esportivo, graduada em Licenciatura em Artes Visuais, Tecnologia em Marketing e Bacharelado em Administração, é graduanda de Direito e de Jornalismo.

Crédito: Foto de RODNAE Productions no Pexels

A princípio, encarar um curso na modalidade Educação a Distância (EaD) é uma escolha cada vez mais comum entre os estudantes, mas que também continua cercada por dúvidas e tabus.

Como em qualquer escolha acadêmica, o aluno terá grandes desafios até finalmente conquistar o almejado diploma. Mas, essa é a ideia, né?

Assim, selecionamos cinco dos maiores desafios que os estudantes da modalidade EaD enfrentam no cotidiano: administração do tempo, disciplina, organização, autonomia e resiliência.

Ainda dá tempo de se organizar em 2021!

 

Preparamos um planner para você não deixar nada passar

Confira na leitura abaixo!

O que é a modalidade EaD

A Educação a Distância foi regulamentada no Brasil através da Lei n.º 9.394 de 1996, no que foi iniciado o credenciamento das faculdades em 1999.

Nesta modalidade, os alunos podem assistir aulas de forma remota, com transmissão ao vivo ou aulas gravadas. Também, possuem acesso a materiais didáticos e atividades avaliativas.

Já pensou em fazer sua faculdade dos sonhos à distância?

Tire todas as dúvidas e saiba mais sobre a modalidade EAD

 

Apesar de a difusão de conteúdo ser feita de modo remoto, do aluno deve estar veiculado a um polo de apoio presencial, o que também é uma exigência do MEC (Ministério da Educação).

Quais são os desafios em EaD e como enfrentá-los

Administrar o tempo

Por haver uma maior flexibilidade de horários para assistir às aulas e realizar as atividades, é possível que o aluno não siga uma rotina rígida.

Mas, por diversas vezes, o estudante acaba não priorizando os estudos diários. Assim, tende a acabar acumulando materiais a serem visualizados.

Também, é importante lembrar que aulas e atividades são apenas uma parte do processo educacional. E, que, além disso, é necessário manter um horário diário para a leitura, anotações e contato com a tutoria. Sendo necessário, assim, dividir o tempo diante das tarefas.

Outro fator fundamental é o calendário acadêmico. Este, prevê atividades para todo o período da disciplina, que caso não sejam realizadas, poderá acarretar na diminuição das notas.

Manter a disciplina e foco nos resultados

Primeiro, este fator está diretamente ligado à administração do tempo: não adianta realizar um planejamento diário para os estudos e não segui-lo.

Assim, a dica é se planejar conforme as possibilidades. Deve-se, então, analisar em quais momentos o estudante tem mais disponibilidade para dedicar-se aos estudos. É no fim de semana? É às terças e quintas? Analise sua agenda.

Ter foco em resultados é parte da disciplina. Todo o planejamento deve ter uma finalidade, seja ela por a matéria em dia ou aprofundar-se em algo em que se tem dificuldade.

Ademais, mergulhar em uma disciplina pontual, pode te ajudar em vários aspectos. Por exemplo, visar a boa realização de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), conhecer professores que indicam bons estágios e até, preparar-se para uma pós-graduação.

Organizar o material de estudos

Em muitas graduações EaD, os materiais de estudos são oferecidos apenas de forma digital, cabendo ao aluno realizar o download e eventual impressão.

Seja em formato digital ou físico, é fundamental o aluno ter posse de todos os materiais de estudos e uma agenda constantemente atualizada com o calendário das aulas. Assim como as atividades e provas, consultando sempre que necessários.

Outra dica é manter um caderno físico para anotações de observações e dúvidas. E, este deve ser utilizado tanto durante as aulas quanto no momento dos estudos.

Também, podem ser usados agendas ou planners, desde que com uma boa quantidade de folhas para escrever conteúdos. E, lembre-se: consulte seus materiais para manter a organização e o foco.

Por fim, é fundamental, como parte de organização do material de estudos, manter um bom sinal de Internet e os dispositivos para acesso à plataforma (como PC, notebook, smartphones, etc) sempre com manutenção e antivírus em dia.

Exercitar a autonomia

Um dos pilares do sucesso nos estudos na modalidade EaD é a autonomia, ou seja, o aluno é responsável pelas suas decisões e foco.

Ainda, tem liberdade de horários e flexibilidade para a realização de atividades, além da compreensão de que deverá ter uma rotina em parte solitária, com horas dedicadas às leituras e realização de atividades.

Também, o professor tem um papel de mediador no processo de ensino e aprendizagem. E, cabe ao aluno ser o ator principal, agindo de forma proativa e interessada, pesquisando informações.

Por fim, o aluno deve mergulhar para além das aulas. Realizar pesquisas, atividades extra acadêmicas e até conteúdos adicionais podem te ajudar a ir mais longe.

Vencer o eventual desânimo

Sentir desanimado a prosseguir os estudos é natural em todas as modalidades de ensino. Porém, no EaD a solidão das atividades remotas e o sentimento de isolamento pode prevalecer.

Assim, para evitar esse sentimento é interessante participar de comunidades online, grupos de alunos, pesquisar coisas novas e entrar em contato constante com a secretaria acadêmica – ainda mais se houverem dúvidas ou dificuldades.

Vencer desafios de forma autônoma não significa exatamente fazê-lo de modo solitário. É preciso contar com o apoio certo e buscar por exemplos positivos, assim como boas fontes para esclarecimentos e resolução de problemas.

Ainda, rever os quatro desafios anteriores também é uma forma de reafirmar o interesse quando perdido, assim como refletir sobre a importância da graduação e os efeitos positivos da formação acadêmica.

Alunos de cursos em EaD encontram dificuldades ou vantagens no mercado de trabalho?

Sobretudo, as eventuais vantagens ou desvantagens encontradas no mercado de trabalho pelos graduados em EaD são praticamente as mesmas que todos os profissionais encontram. Sendo elas: alta competição, carência de vagas e planos de salários condizentes com a formação.

E, A formação em EaD em nada difere de outras modalidades de ensino, sem nada nos documentos ou diplomas que destaquem essa condição. Ou seja, é apenas mais um elemento que a tecnologia colocou em nossas vidas.

Portanto, o aluno em EaD que consegue superar todos os desafios que a modalidade exige, desenvolve competências e habilidades específicas, se destacando por seus atributos. E, deve – e vai, brilhar na carreira que escolher.

Quer entender mais sobre Graduação? Confira algumas matérias interessantes:

Como o curso de Administração pode ajudar a empreender

Conheças as diferenças entre presencial, semipresencial e EaD

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.