Coaching e Desenvolvimento Humano: qual o salário?

Lygia Barsotti
Jornalista e produtora de conteúdo com13 anos de experiência. Passou pela TV Cultura e por empresas dos segmentos de saúde, educação e bebidas.

Crédito: Photo by Mikhail Nilov from Pexels

Dentre as várias novas carreiras que têm surgido nos últimos tempos, uma em particular se destaca: a de Coaching e Desenvolvimento Humano.

A princípio tida como mais um modismo, a profissão de coach se firmou no mundo empresarial, esportivo e financeiro. Afinal, a área tem sido cada vez mais reconhecida e apresenta uma curva de remuneração bem interessante.

Como resultado, a procura pela carreira tem aumentado e muitos profissionais querem conhecer o que é Coaching e Desenvolvimento Humano. Esse também é o seu caso? Se a resposta é sim, então vamos te ajudar a entender o que faz e quanto ganha um coach.

Quanto ganha um coach?

Antes de tudo, convém lembrar que, como coach, você poderá ser funcionário de uma empresa ou empreendedor.

Enquanto muitos buscam no Coaching e Desenvolvimento Humano uma nova forma de prestar serviços, outros querem evoluir no emprego atual. Assim, deve-se pensar em termos de salário sempre de acordo com a forma de atuação na área.

Agora, vamos abordar o salário do coach como funcionário. Nesse caso, o valor poderá variar dependendo da política salarial da empresa, do campo de atuação, porte etc.

Atualmente, é mais comum encontrar coaches em Recursos Humanos, na Administração (liderança) e, em alguns casos, em Vendas. Segundo uma pesquisa recente sobre quanto ganha um coach, a remuneração média fica ao redor de R$ 4.200,00.

Já quanto ao salário do coach empreendedor, se de um lado a remuneração é maior, por outro há riscos. E eles são muitos: não ter reserva financeira suficiente, não conquistar clientes, estar despreparado, enfrentar a concorrência etc.

Esses riscos valem para qualquer negócio, o que requer cuidado e planejamento. Portanto, se você pretende empreender como coach, deverá estruturar bem sua atuação e pesquisar o mercado.

Uma vez superados os riscos naturais, o salário pode ser extremamente interessante. Se o coach desenvolver uma estrutura de atendimentos individuais, os ganhos podem chegar a R$ 12.000,00. Isso considerando sessões de atendimento a R$ 200,00 cada. É claro que, quanto maior o número de clientes, maior será a renda. Sempre é bom pontuar que os valores variam conforme a região, o poder aquisitivo da clientela e os objetivos traçados.

Eventualmente, os conhecimentos de formações anteriores ou complementares poderão fazer diferença em quanto ganha um coach. Se um psicólogo, engenheiro ou administrador atuarem como coaches possivelmente ganharão mais, dependendo do trabalho desenvolvido.

Sem esquecer que o aperfeiçoamento constante será um diferencial expressivo sempre, como em qualquer carreira.

Coaches temáticos ou especialistas

Por fim, destacamos um perfil de coach em ascensão: os chamados “coaches temáticos” ou “coaches especialistas”. São profissionais de diversas áreas (Biologia, Medicina, Artes Cênicas, Marketing) que atuam desenvolvendo sessões coletivas de coaching, semelhantes a um espetáculo.

Eles aliam, simultaneamente, a formação em Coaching e Desenvolvimento Humano a conhecimentos de suas áreas de atuação e habilidades técnicas de comunicação. Assim, elaboram apresentações para plateias empresariais ou abertas com ganhos por sessão que podem alcançar mais de R$ 100.000,00. Nada mau, não é mesmo?

A faculdade de Coaching e Desenvolvimento Humano

Primeiramente, é importante saber que é necessário ter uma preparação específica para ser coach. Isso é proporcionado pela faculdade de Coaching e Desenvolvimento Humano.

O curso, que dura três semestres e pode ser feito na modalidade EaD, é focado em compreender o ser humano e seus comportamentos.

Além disso, o estudante aprende como auxiliar pessoas a ir além e ter resultados superiores nos campos profissional e pessoal.

O curso abrange temas fundamentais ao bom desempenho do futuro tecnólogo em Coaching e Desenvolvimento Humano, tais como:

  • Auditoria e Consultoria em RH;
  • Avaliação de Performance;
  • Coaching de Inteligência Emocional;
  • Coaching e Mentoring;
  • Comportamento Organizacional e Negociação;
  • Desenvolvimento de Pessoas;
  • Design Thinking e Inovação dos Modelos de Negócios;
  • Dinâmicas e Jogos Vivenciais;
  • Gestão de Carreira;
  • Gestão de Pessoas;
  • Liderança e Coaching Evolutivo;
  • Programação Neurolinguística;
  • Técnicas e Ferramentas de Coaching.

Por outro lado, é bom lembrar que profissionais de qualquer área podem ser coaches, não havendo restrições de atuação ou conhecimentos anteriores. Ocasionalmente encontramos psicólogos, administradores, profissionais de RH, assim como engenheiros, advogados e economistas que são coaches e têm muito sucesso.

Prática do mercado de trabalho

Constantemente, o coach é associado ao universo esportivo e isso está correto. Porém, mais do que apenas treinar um time, a função de coach tem uma dimensão muito maior. Ao mesmo tempo em que treina, o coach orienta, inspira e motiva o time a alcançar o melhor.

Ou seja, ser coach é ter a capacidade de levar uma pessoa a dar seu máximo e alcançar novos horizontes. Por vezes esse processo se aplica apenas aos conhecimentos técnicos (as chamadas hard skills). Contudo (e na maioria das vezes), o trabalho enfoca as habilidades interpessoais e competências sociais (as soft skills).

Portanto, fica claro que o futuro profissional de Coaching e Desenvolvimento Humano precisa ter habilidades sociais e inter-humanas específicas. Dentre elas:

  • Boa comunicação
  • Raciocínio estruturado
  • Sensibilidade social e pessoal (empatia)
  • Capacidade analítica e de observação
  • Positividade

Os conhecimentos específicos sobre o segmento em que vai atuar (empresarial, financeiro, esportivo) também contam. Isso porque, atualmente, o coaching não se restringe a apenas um ambiente ou área de conhecimento. Ele pode ser aplicado sempre que necessário à carreira profissional, à formação de líderes, a executivos, esportistas, artistas, políticos etc.

Em outras palavras, a carreira em Coaching e Desenvolvimento Humano possui um amplo universo de atuação e oferece muitas possibilidades de trabalho.

Agora que você está informado sobre o que é Coaching e Desenvolvimento Humano, que tal saber quanto ganha um coach? Será que vale a pena ingressar nessa carreira?

Agora é com você. Se ficou interessado no curso, conheça o perfil do estudante de Coaching e Desenvolvimento Humano.

Saiba mais sobre a importância da faculdade de Coaching e Desenvolvimento Humano, tire suas dúvidas e comece 2022 com um novo e amplo horizonte!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 4.6 / 5. Contagem: 7

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.