Quais as diferenças entre Gestão Portuária e Logística?

Felipe Cortinas
Comunicador, jornalista, documentariasta e analista de marketing. Especializado em SEO e em estratégias de marketing inbound.Experiência como social media e criação de designs e vídeos em campanhas publicitárias.Gerenciamento de campanhas de Google Ads e SEO Local. Criação de sites e lojas online.Fotógrafo de eventos, videomaker e documentarista.
1

As diferenças entre Gestão Portuária e Logística são variadas, porém, juntas, são muito importantes para os serviços de transporte e distribuição. A Logística é tudo relacionado ao movimento de mercadorias e ao gerenciamento do transporte interno externo de mercadorias do fabricante ao usuário final.

Além do mais, esses termos são geralmente utilizados juntos de forma mais frequente, mas são duas partes extremamente diferentes de sua cadeia de suprimentos. Nesse sentido, a Gestão Portuária lida com o gerenciamento e as demandas tecnológicas do mercado portuário, principalmente se tratando do setor produtivo. Em seus estudos são focadas simulações em locais portuários nos quais se necessita uma ótima automatização para um bom funcionamento.

Nesse sentido, é interessante lembrar que estas áreas estão interconectadas em diversas relações comerciais. O setor de Gestão Portuária é um dos que mais crescem no Brasil, principalmente após a descoberta das reservas de Pré-Sal e os investimentos de modernização na área.

Crescimento da Gestão Portuária

Apenas no último ano, esse setor subiu 13 posições no ranking de modais do Fórum Econômico Mundial em nível de eficiência dos serviços. Além disso, após os investimentos públicos e privados no setor aquaviário, os portos carecem de profissionais carecem de profissionais capacitados em Gestão Portuária e Logística. Assim, é possível suprir as necessidades advindas com a modernização da gestão e da infraestrutura portuária. Além disso, trabalhar a elaboração de novas estratégias para atrair mais investimentos para este setor.

Logo, as possibilidades são enormes para engenheiros, administradores, geógrafos, economistas, advogados e tecnólogos de Gestão Portuária. As oportunidades nesses setores são muitas, mas não são para todas as pessoas. Afinal, a maioria dessas atividades exige profissionais altamente qualificados e especialistas em suas áreas de atuação.

O que é Gestão Portuária?

De maneira geral, a Gestão Portuária, também conhecida como gerenciamento de portos, é uma posição necessária para manter os portos organizados, supervisionados e funcionando. Existem vários tipos de interações de negócios que ocorrem em portos ativas. Isso geralmente requer uma equipe de funcionários portuários para garantir que todas as transações ocorram sem problemas.

Assim, os portos costumam abrigar cargas, navios, espaços de aluguel, depósitos e docas de carga. As várias funções da Gestão portuária incluem a supervisão de todos os componentes comerciais e técnicos da indústria naval. Este negócio é altamente competitivo, e o número de funcionários geralmente depende da localização, tamanho e acessibilidade do porto.

Por consequência, algumas das funções na Gestão Portuária podem incluir a cooperação com outros portos, coordenação de entregas com navios, supervisão do desenvolvimento do porto, e mais. Obviamente, uma das principais diferenças desse segmento com o da Logística é a sua abrangência.

Além disso, atualmente, a maioria dos portos possui sistemas de dados tecnológicos, que muitas vezes são compartilhados com enseadas vizinhas. A gestão portuária faz o controle de embarques. Escolher essa área de portos para trabalhar é algo que muitas vezes necessita de um diploma de estudos relacionados. Da mesma forma, os cursos podem incluir métodos quantitativos e análise de mercado, logística marítima, planejamento e tarifação portuário, além de direito comercial.

O que é a Logística?

Antes de mais nada, o cenário econômico atual pede que a Logística esteja integrada às outras áreas produtivas, como a Gestão de Portos, por exemplo, não devendo mais ser vista como um setor que fica em segundo plano. Por isso, geralmente seu curso prepara o aluno para atender a vagas nos mais diversos segmentos (industrial, alimentício, hospitalar, humanitário, de transportes, de varejo, entre outros). Faz isso por meio do estudo de processos personalizados e tecnologias aplicadas, como customer service, big data, transporte autônomo e compartilhado, invasão de armazéns logísticos, sustentabilidade e e-commerce.

Aliás, grande parte desses processos acaba passando pela Gestão Portuária, mas não se restringe a elas Esta é uma de suas principais diferenças, se colocadas em comparação. Dessa maneira, o tecnólogo em Logística poderá atuar como Gerente ou supervisor de Cadeia de Suprimento, Gerente de Operações, Analista de Resultados das Operações Logísticas, etc.

Hoje em dia também existe um curso superior em Logística. Ele é a opção ideal se você deseja uma graduação em um prazo mais curto, ou mesmo ser elegível a uma promoção onde já trabalha. Eventualmente, para ter sucesso como tecnólogo em Logística, é indicado que você tenha um perfil organizado, que goste de lidar com processos detalhados. Também é importante que você seja capaz de tomar decisões rápidas em cenários desafiadores.

Já ouviu falar de Logística Portuária?

Primordialmente, as principais diferenças entre a Gestão Portuária e a Logística ficam em suas áreas de atuação Porém, hoje em dia elas estão mais integradas do que nunca. Isso devido ao comércio exterior, que tem crescido anualmente e cada vez mais empresários enxergam as possibilidades que esse segmento tem a oferecer.

Dado esse contexto, a Logística Portuária está diretamente ligada ao desenvolvimento da situação econômica do Brasil. De modo que surgiram novas necessidades envolvidas com setores relativos à Gestão Portuária e à Logística que se entrelaçam em uma forma de conhecimento eficaz e bastante útil para o futuro do mercado profissional.

Hoje em dia, existem várias categorias de Logística, mas a prioridade é entender que esse é o departamento responsável por fazer com que processos ou pessoas estejam no local certo na hora certa dentro dos portos.

Dito isso, a Logística Portuária procura compreender as transações ligadas ao movimento de cargas – seja no transporte, carregamento e descarregamento das embarcações, seja na gestão marítima. Desta forma, a Logística Portuária é considerada por muitas pessoas uma das atividades mais complexas do nosso país.

Então, se você quiser se tornar um ótimo profissional de entre gestão portuária ou Logística, deverá saber como lidar com estes desafios em sua rotina de trabalho. Caso queira ler algo relacionado a esse conteúdo no blog da Hora da Facul, recomendamos este conteúdo: Qual é o salário do gestor portuário?

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.