Como se inscrever no Enem?

Ana Paula Schuster
Colaborador do Hora Da Facul

Uma nova jornada começa ao se inscrever no Enem. Afinal, atualmente, esta é a principal porta de entrada no Ensino Superior, até mesmo fora do Brasil.

Realizar a inscrição, portanto, é muito importante e deve ser feito corretamente. Assim, veja a seguir um passo a passo para cumprir todas as etapas e garantir sua participação.

O que faz o Enem tão importante

Antes de se inscrever no Enem, é natural que apareçam dúvidas quanto à sua importância. Vale lembrar que o exame é o principal caminho para entrar  em uma instituição de ensino superior.

Já sabe como se dar bem na redação do Enem?

 

Faça o teste e descubra se você está preparado

Essa importância cresceu com o passar dos anos, principalmente após 2009. Desde então, a prova começou a ser usada para entrar em universidades públicas.

Nesse ritmo, cada vez mais instituições aderiram ao Enem, substituindo o vestibular. Aliás, até mesmo universidades particulares usam a nota da prova para aceitar a matrícula.

Programas para ingresso na faculdade

Após se inscrever no Enem e fazer a prova, o candidato espera as notas saírem. Então, a partir disso, ele pode usar o resultado para entrar na faculdade pelos programas:

Quer garantir a melhor preparação para o Enem 2021?

  • SiSU (Sistema de Seleção Unificada) – Vagas em universidades públicas;
  • ProUni (Programa Universidade para Todos) – Bolsas integrais ou parciais em instituições particulares;
  • FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) – Financiamento sem juros para faculdades particulares.

Utilização em universidades fora do Brasil

Para quem não sabe, existe uma parceria interinstitucional do Inep com diversas instituições portuguesas. Assim, você pode usar a nota do Enem para ingressar em faculdades de Portugal.

Ao todo, são 50 possibilidades para você escolher e inserir sua nota para conseguir se matricular.

Para se inscrever no Enem: calendário oficial

Caso você queira se inscrever no Enem, mas não sabe o calendário, confira a seguir. Aliás, vale lembrar que mesmo quem conseguiu obter isenção da taxa também deve se inscrever.

Você está preparado para a redação do Enem?

Ela é essencial para você garantir sua vaga na faculdade

Portanto, as datas são:

  • Para fazer a inscrição: até 14/07;
  • Pagamento da taxa (para quem não está isento): 19/07;
  • Atendimento especializado (solicitação): até 14/07;
  • Resultado do atendimento especializado: 23/07;
  • Atendimento Especializado (recurso): de 26/07 até 30/07;
  • Recurso (resultado): 04/08;
  • Tratamento pelo nome social (solicitação): de 19/07 até 23/07;
  • Resultado da solicitação: 30/07;
  • Tratamento pelo nome social (recurso): 02/08 até 06/08;
  • Recurso (resultado): 11/08;
  • Aplicação da prova: 21/11 e 28/11.

Como se inscrever no Enem

Chegou a hora de se inscrever no Enem e iniciar sua rotina de estudos. Mas, antes de mais nada, tenha em mãos os documentos essenciais, como CPF, identidade, endereço, e-mail e telefone. Agora, siga os passos a seguir com atenção para não errar.

Passo a passo para inscrição

Há passos que devem ser cumpridos para garantir sua inscrição, como mostraremos abaixo:

Você está preparado para a redação do ENEM?

 

Faça o teste e confira várias dicas

  1. Acesse o portal do Inep;
  2. Preencha a tela inicial e a próxima com os seus dados pessoais;
  3. Elabore uma senha de até dez caracteres para acessar seu espaço no site;
  4. Informe se precisa de atendimento especial ou não;
  5. Escolha entre inglês ou espanhol para a prova de língua estrangeira;
  6. Defina seu local de prova;
  7. Informe como está sua situação atual no Ensino Médio;
  8. Responda um questionário sobre como está a sua renda e grupo familiar;
  9. Finalize a inscrição, imprima o boleto e pague a taxa dentro do prazo;

Com isso, você terá garantido sua presença no Enem 2021. Portanto, em seguida, basta formular sua rotina de estudos e se dedicar para fazer boa prova.

Impressa ou digital: como se inscrever no Enem e escolher a modalidade

Algo que você deve saber antes de se inscrever no Enem é sobre as modalidades. Aliás, para 2021, o Inep deu continuidade para as versões impressa e digital da prova. Então, confira abaixo um pouco mais sobre a novidade para a edição deste ano.

Enem Digital

O exame em formato digital será realizado pela segunda vez desde a sua implementação. Fique atento, pois o Inep anunciou mudanças importantes para aprimorar a experiência do aluno na prova.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

As vagas, no entanto, possuem limites: cerca de 101.100 estão disponíveis para inscrição. Além disso, essas vagas são exclusivas para concluintes do Ensino Médio em 2021. Não apenas para estes, como também para quem já concluiu essa fase escolar.

Para quem vai se inscrever no Enem não muda muita coisa em termos práticos. Por exemplo, a prova é aplicada nos mesmos dias da versão impressa.

Apesar de ser feita em computadores, o exame também deverá ser feito nas instituições disponíveis. Ou seja, não há possibilidade de o candidato fazer a prova em sua casa.

Você sabe como a redação é importante para sua nota do Enem?

Descubra aqui se você está preparado!

Quanto aos locais, é importante pesquisar e verificar a disponibilidade para a versão digital. Ao todo são 15 capitais que receberão a tecnologia para aplicação do Enem nesse formato.

Treineiros também devem se inscrever no Enem

Os candidatos que vão concluir o Ensino Médio depois de 2021 são chamados de treineiros. Ou seja, são pessoas que fazem a prova para treinar e ter melhor noção.

A participação destes estudantes é opcional. No entanto, costuma-se recomendar para que entendam a prova. Mas, para eles, somente a modalidade impressa está disponível para inscrição em 2021.

De resto, todo o processo é igual na inscrição e na realização da prova. Bem como os resultados, que costumam ser divulgados na mesma data.

Acessibilidade no Enem

Quando se inscrever no Enem, o candidato pode solicitar o atendimento especializado para o exame. Aliás, se enquadram nessa categoria pessoas:

  • Idosas;
  • Cegas;
  • Surdas;
  • Gestantes.

Em geral, um grande número de pessoas pode solicitar esse tipo de atendimento na prova. Assim, a solicitação é feita no passo a passo acima, informando as necessidades especiais.

O resultado da solicitação é liberado 15 dias depois e, em caso negativo, cabe recurso. Portanto, em seguida, o solicitante deve esperar mais 4 dias para o resultado do movimento.

Novidades também na versão digital

Para quem se inscrever no Enem na modalidade digital, essas opções também se aplicam. Então, quem solicitar o atendimento especializado, poderá realizar o exame com as mesmas adaptações.

O edital ainda prevê tradutor-intérprete de Libras, tempo acessível e tempo adicional para atendimento especial. Por fim, o Enem Digital também permitirá presença de cão-guia (para candidatos com deficiência visual), bomba de insulina e aparelhos auditivos.

O candidato se inscrever no Enem é apenas o início

Ao longo do texto, você entendeu como se inscrever no Enem e o que te espera na prova. Vale ressaltar que realizar este passo é o início de uma jornada.

Depois de realizar a inscrição, o ideal é elaborar uma boa rotina de estudos. Além disso, é fundamental se preparar para chegar no dia da prova pronto para fazê-la. Veja aqui alguns hábitos que te ajudarão a estudar melhor.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.