Quais matérias tem mais peso no Enem para Direito?

Ana Paula Schuster
Colaborador do Hora Da Facul

Fazer o Enem para Direito como foco pode gerar algumas dúvidas na cabeça do estudante. Em primeiro lugar, o peso de cada prova pensando nessa faculdade é muito natural.

É justo isso que você vai saber lendo o artigo a seguir sobre essas disciplinas. Portanto, se prepare para ver os detalhes dessas matérias para fazer um ótimo exame.

Quais as matérias com mais peso no Enem para Direito?

Caso você queira realizar o Enem para Direito, é natural focar em algumas disciplinas. Contudo, lembre-se de que nem toda universidade segue o mesmo padrão, logo, possa haver mudanças.

Enem 2021: Selecionamos ótimas dicas para você ter um melhor desempenho na prova



Neste e-book você vai ver:
1. como funciona a prova do Enem;
2. como montar um cronograma eficaz;
3. o que estudar em cada área do conhecimento;
4. por que é importante se preparar mentalmente.

Voltando ao tópico principal, cada faculdade considera um peso diferente para cada prova. Por exemplo, Medicina considera a prova de Ciências da Natureza com maior peso: três. Agora, o curso de Direito dá esse peso para outras duas partes do exame:

  • Proposta de Redação;
  • Parte de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias.

Após saber quais as matérias, hora de ver em detalhe sobre cada uma. Assim, você aumentará suas oportunidades de fazer bonito na avaliação.

Como é a prova de redação no Enem?

Para começar, muitas pessoas temem a redação, mas é possível ir bem nessa parte. Em primeiro lugar, entenda alguns detalhes sobre ela e como deve ser feita.

O gênero do texto é o dissertativo-argumentativo e costuma vir um problema para apresentar intervenção. Além disso, ela possui uma frase-tema e vem acompanhada com textos de apoio para consulta.

Como são os textos de apoio?

Geralmente, eles não têm um único formato, ou seja, podem ser:

  • Pesquisas científicas;
  • Notícias ou quadrinhos;
  • Outros tipos de ilustrações.

Vale lembrar que você não deve copiar o conteúdo desse material de jeito nenhum. Entretanto, pode citar algo e usar como base para elaborar seus argumentos no texto.

Sobre o texto final

O candidato deve construir seu texto em, no máximo, 30 linhas com esses critérios:

  • As soluções devem ser possíveis e viáveis de realizar;
  • É essencial respeitar os direitos humanos.

Gênero dissertativo-argumentativo

Quem fará o Enem para Direito precisa entender sobre esse tipo de produção textual. Como diz o nome, ele é mais que uma dissertação.

Isso porque, além de informar sobre o contexto do problema, tem que defender a ideia. Não apenas isso, como também convencer o leitor de que sua solução é possível.

Dicas para fazer uma boa redação no Enem para Direito

Após entender um pouco sobre a redação, hora de avançar para a parte prática. Nesse sentido, confira dicas que podem te ajudar a fazer um bom texto no Enem.

  • Jamais escreva na intenção de generalizar em seus argumentos;
  • Evite o uso de voz passiva no seu texto;
  • Dispensar as redundâncias também vai te ajudar;
  • Não é bom sinal exagerar, mantenha o bom senso em mente;
  • Deixe as várias exclamações nas postagens de internet;
  • O uso de frases curtas é melhor para a sua redação;
  • Também é bom usar os pronomes em sua forma mais simples;
  • Não inclua expressões regionalistas ao longo do seu texto;
  • Citações em excesso podem lhe prejudicar, evite-as;
  • As frases clichês também podem ficar de fora dessa, não as use.

A importância da redação no exame

Para os alunos que vão fazer o Enem para Direito, a importância da redação é enorme. Afinal, é em que se identificam alguns traços importantes do futuro advogado que está escrevendo.

Essa parte da prova serve para testar o quão atualizado você está e sua argumentação. Contudo, ela serve também como critério de desempate e pode até aumentar sua nota geral.

Os detalhes da prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Muito se engana quem pensa que essa prova abrange somente a Língua Portuguesa e Estrangeira. Na verdade, o conteúdo dessa parte do exame inclui disciplinas como:

  • Literatura e Artes;
  • Educação Física;
  • Tecnologias da Informação e Comunicação.

Na prática, o aluno que for fazer o Enem para Direito enfrentará diversas competências. Sobretudo, questões sobre o uso da comunicação no dia a dia da sociedade atual.

A língua estrangeira (inglês ou espanhol) também entra nesse meio com grande importância. Ou seja, o estudante terá que entender como ela conecta as várias culturas.

Linguagem corporal aparece, pois, os códigos também são usados para se expressar pelas pessoas. Não apenas isso, como tem o contexto da arte e como interpretá-la usando a cultura. Por fim, cabe ao aluno saber como relacionar os cenários com os textos.

Como se preparar para a prova de linguagens no Enem para Direito

Em detalhes, você entenderá agora outros aspectos dessa prova e alguns temas. Assim, ao longo dessa parte, será possível encontrar os seguintes tipos de estudo:

  • Texto Literário;
  • Aspectos linguísticos nas produções;
  • Gêneros digitais;
  • Quesitos da língua portuguesa.

Texto Literário

Geralmente, o estudo do texto literário no Enem foca na relação com as artes. Contudo, há também temas que envolvem a literatura brasileira e como esse texto é produzido.

Aspectos linguísticos nas produções

Sobre esse tema, vale destacar os recursos da língua para se expressar e produzir ideias. Bem como, os processos para construir, e como o leitor receberá esses textos.

Gêneros digitais

Quem vai fazer o Enem para Direito deve estar atualizado com os meios mais modernos. Afinal, muito conteúdo das mídias digitais se baseia em conteúdo textual com tecnologia da comunicação.

Quesitos da língua portuguesa

Esse tema envolve o uso da norma culta de língua e como ela pode variar. Por fim, é importante destacar os recursos linguísticos que podem ter elementos de referência:

  • Pessoa e temporal;
  • Espacial;
  • Registro linguístico;
  • Grau de formalidade;
  • Seleção lexical;
  • Verbos: tempos e modos.

Como se preparar para a prova de linguagens?

Após pegar algumas dicas sobre a redação, hora da prova de linguagens. Desde já, confira algumas boas estratégias para fazer essa parte sem passar por dificuldades:

  • A prova tem muito texto, então preste atenção nas pegadinhas;
  • Procure ler as questões para pegar a referência e entender a essência do texto;
  • Ao responder, pense na opção que faz mais sentido com o enunciado;
  • Não dispense elementos da Semana de Arte Moderna e detalhes históricos;
  • Caso a pergunta pareça muito difícil, não insista nela. Ou seja, pule.
  • Dê uma pequena pausa se estiver se sentindo muito cansado;
  • Lembre-se de preencher o gabarito com cuidado para não errar.

O peso das duas partes ao fazer Enem para Direito

Neste artigo você conferiu as duas disciplinas com maior peso caso queira cursar Direito. No entanto, vale reforçar que podem ter faculdades que consideram outra parte do exame.

A solução, no fim das contas, é fazer um bom exame como um todo. Logo, pense nisso durante seus estudos e, claro, não se esqueça de arrasar na redação.

Confira mais conteúdos como esse no Hora da Facul, clicando aqui.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 4.5 / 5. Contagem: 2

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.