Redação do Enem: Será que você foi bem?

Felipe Cortinas
Comunicador, jornalista, documentariasta e analista de marketing. Especializado em SEO e em estratégias de marketing inbound.Experiência como social media e criação de designs e vídeos em campanhas publicitárias.Gerenciamento de campanhas de Google Ads e SEO Local. Criação de sites e lojas online.Fotógrafo de eventos, videomaker e documentarista.
1

Foto: Foto de Ivan Samkov no Pexels.

Antes de tudo, saber se você foi bem na Redação do Enem é muito importante para a construção da média final da prova.

Aliás, tirar a maior nota possível na redação vai facilitar (e muito) sua entrada no curso desejado. Então, é importante conhecer todas as regras desta etapa.

Deste modo, vamos mostrar os passos que você deve seguir para conseguir ir bem na redação do Enem e tirar nota máxima. Confira.

Você está preparado para a redação do ENEM?

 

Faça o teste e confira várias dicas

Enem: Como saber se você foi bem na redação

Agora, veja algumas dicas de realização da redação que farão você analisar seu texto e ter certeza de que seus avaliadores te darão nota 1.000, ou o mais próximo dela o possível.

Seguir a norma culta

Frequentemente esquecida, esta regra é a primeira é uma das mais importantes, esta competência vale 200 na avaliação do texto e a maioria vai bem nela.

Então, a primeira coisa a fazer é prestar atenção nos erros que você costuma cometer na prova. Por exemplo, podem ser erros de pontuação, vírgula ou concordância.

Quer garantir a melhor preparação para o Enem 2021?

Assim, revise o seu texto e saiba no que você costuma errar, para não fazê-lo na hora da redação.

Da mesma maneira, seu texto deve seguir o registro culto. Que é, basicamente, a linguagem formal usada na escola, trabalho e em situação que precisam de maior seriedade.

Lembre-se, escreva como se estivesse fazendo uma redação para vestibular. No entanto, tome cuidado com os exageros. Seja simples e direto na informação que for passar, sem erros.

Você está preparado para a redação do Enem?

Ela é essencial para você garantir sua vaga na faculdade

Acompanhar o tema e o tipo de texto exigido

Eventualmente, é necessário seguir a proposta determinada pela banca examinadora, e também fazer o tipo de texto pedido. Este, que é o dissertativo-argumentativo.

Por outro lado, é importante ficar atento às limitações que o tema pode trazer. Um exemplo claro é o assunto: “Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil”. Onde é possível apenas falar sobre os efeitos da mesma e não sobre ela em si.

Sob o mesmo ponto de vista, no tipo de texto dissertativo-argumentativo há a necessidade de se defender uma tese e de argumentos que a defendam.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

Isto ocorre de modo que se crie uma estrutura a se seguir na redação do Enem e ir bem, chegando o mais próximo possível da nota máxima.

Ter coerência argumentativa

Acima de tudo, seja consistente e original em sua redação do Enem no uso das informações usadas para construir o texto.

Primeiro, seu texto precisa ser coerente e conciso de acordo com o tema no qual ele está inserido. E também, ao mesmo tempo, ser consistente em relação ao uso dos argumentos.

Você sabe como a redação é importante para sua nota do Enem?

Descubra aqui se você está preparado!

Ao seguir esta linha de pensamento, serão usados muitos exemplos, dados estatísticos, argumentos de autoridade e outros recursos que ajudarão a trazer consistência. De modo que, ajude a convencer quem está lendo seu texto.

O que pode zerar a sua nota

redação do enem-foto-de-polina-tankilevitch-no-pexels

Alguns erros não podem acontecer de maneira alguma na realização da redação do Enem. Foto de Gabby K no Pexels.

 

A princípio, pode parecer bobo, mas em 2019, 53 pessoas tiraram 1.000 pontos na redação, no entanto 143.000 tiraram nota zero. Isto de acordo com o Ministério da Educação.

Recentemente, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), liberou o material dos corretores do Enem de 2019.

Este fato foi muito importante, pois nele consta todos os detalhes que podem acabar prejudicando sua nota de redação no Enem.

Aproveitando estes materiais liberados, colocaremos em evidência o que não pode ser feito em seu texto da prova.

Assinar a prova

Em primeiro lugar, sob hipótese alguma, a redação deve constar seu nome, sobrenome, sigla ou assinatura, pois não é permitida a identificação do candidato do texto.

Segundo a regra, isto ocorre para que seja garantida a imparcialidade da correção e que o corretor não saiba quem você é.

Texto ilegível

Por analogia, o texto ilegível é diferente de apenas uma letra feia. Pois, nele não é possível reconhecer nenhuma sequência de letras ou palavras para se ler o texto.

Realmente, não será possível avaliar sua redação do Enem corretamente, se não acontecer um entendimento do que está escrito.

Portanto, a legibilidade é um fator que é relevante para a redação do Enem. Ao mesmo tempo que ajuda na estética do texto, facilita a compreensão. Então, certifique- se de que sua letra seja impecável.

Cópia

Atualmente, esse é um fator que costuma prejudicar vários candidatos, algumas pessoas copiam muito dos textos inseridos na própria prova, usando suas informações como argumentos.

Tome bastante cuidado, porque sua redação poderá ser desconsiderada se não houver ao menos sete linhas com palavras originais suas.

Porém, um método que você pode usar é fazer o uso da paráfrase. Caso você queira citar algo que já está na prova, não é errado parafrasear os textos, o errado é copiar.

Como se preparar para ir bem

De modo geral, aquele candidato que se prepara para a redação do Enem se sai bem em sua execução. O estudo dessa etapa da prova se faz necessário para que uma boa nota seja alcançada. Acompanhe algumas dicas de preparo para a prova.

Conheça bem sobre a redação do Enem

Um bom exemplo disso é o ditado popular “você não vai à guerra sem conhecer seu adversário”. Por mais que você saiba escrever muito bem, é preciso conhecer o texto e sua metodologia.

Assim como, saber o que ele pede, assuntos como tese e tópico frasal são pontos importantes para você saber o que a redação do Enem pede.

Dessa forma, você pode moldar seus conhecimentos através do que os corretores querem.

Treine várias redações

Primordialmente, apenas a prática leva à perfeição, então, busque fazer de uma a duas redações por semana.

Consequentemente, na última semana antes da prova aumente a intensidade de seus treinos. Logo, quando chegar a hora da realização do texto você estará preparado(a).

No entanto, não precisa escrever apenas por fazê-lo, é importante mostrar seus textos para alguém avaliar. Nesse caso, essa pessoa pode te mostrar os erros e acertos em seu texto.

Em síntese, isso te ajuda a crescer e criar confiança enquanto o momento da redação não chega.

Leia as redações do Enem de nota 1000

Por último, ler aqueles textos que tiraram nota máxima é uma ótima ideia para inspiração e conhecimento.

Nestes exemplos, as redações podem te mostrar, ativamente, tudo o que o professor que vai corrigir sua prova quer de você.

Portanto, fazer uma leitura ativa, realizando anotações e sublinhe trechos interessantes, poderá te auxiliar a saber como funciona a estrutura de uma boa redação.

Conclusão

Se seu resultado for inferior ao desejado, não desista. Pois, todos os anos acontecem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio. Independente do tempo que leve, sempre haverá uma chance de ir melhor na sua avaliação.

Afinal, se houver dedicação aos estudos e entendimento do que é pedido, sem dúvidas você irá ter uma excelente nota na sua redação do Enem.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.