Saiba o que muda na edição 2021 do Enem

Ana Paula Schuster
Colaborador do Hora Da Facul

A edição 2021 do Enem trará novidades importantes em relação às suas modalidades. Por exemplo, houve mudanças que envolvem o modelo digital da prova para alunos deficientes.

Houve, além disso, reajustes nas pontuações mínimas para estimular o desempenho do candidato. Desde já, você confere esses detalhes e dicas de como estudar e passar na prova.

Edição 2021 do Enem: como o Exame funciona

Trata-se de mais uma versão da prova para ingressar na faculdade. Hoje em dia, é a principal maneira de começar um curso de Ensino Superior no Brasil.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

O Exame foi criado em 1998 pelo então ministro da Educação Paulo Renato Souza. A partir disso, o teste foi ganhando mais importância, sendo usado para finalidades como:

  • Criar medidas para melhorar o ensino brasileiro pelo PCNs dos ensinos fundamental e médio;
  • Ajudar a fazer adaptações e alterações curriculares.

Mudanças importantes em 2009

Antes da edição 2021 do Enem, a de 2009 foi importante pelas novidades apresentadas. À época, o exame passou a ser feito em dois dias ao invés de um só. Além disso, o número de questões subiu de 63 para 180, mais a redação.

Essa medida foi tomada para unificar o concurso vestibular para as universidades federais do país. Dessa forma, foi também introduzida a TRI (Teoria da Resposta ao Item) em sua formulação.

Você sabe como a redação é importante para sua nota do Enem?

Descubra aqui se você está preparado!

Com isso, possibilitou-se a comparação de notas em edições diferentes e ingresso no curso superior. Assim, passou a ser possível entrar nas instituições usando programas como estes:

  • ProUni (para bolsas integrais ou parciais);
  • Fies (financiamento dos cursos para o estudante);
  • SiSu (inscrição em universidades públicas participantes do sistema).

O que muda na edição 2021 do Enem

Diante do cenário causado pela pandemia, a edição deste ano terá algumas mudanças. Nesse sentido, o edital divulgado sobre a prova deste ano mostra implementações importantes aos candidatos.

Várias dessas novidades incluem detalhes sobre versão digital da prova e sobre acessibilidade. Agora você confere as explicações das novas adaptações para a realização do exame em 2021.

Você está preparado para a redação do Enem?

Ela é essencial para você garantir sua vaga na faculdade

Modalidade digital

Neste ano, tanto a modalidade digital quanto a impressa serão realizadas nos mesmos dias. Não apenas isso, como ambas as provas terão as mesmas questões aplicadas pelo Inep.

Um dos efeitos a se destacar com essa medida é o tempo ganho pelo instituto, ou seja, ele terá um período maior para elaborar os cadernos de questões.

Existe uma quantidade de vagas disponíveis para realizar a prova neste modelo. Então, ao todo, 101.100 candidatos poderão realizar o exame de forma digital.

Você está preparado para a redação do ENEM?

 

Faça o teste e confira várias dicas

Vale lembrar que isso não significa que a prova será realizada em casa, ou seja, o estudante ainda terá que se deslocar para o local da prova.

Acessibilidade na edição 2021 do Enem

Outra novidade é a inclusão de opções de acessibilidade para estudantes com deficiências. Assim como a impressa, a versão digital também oferecerá opções com super ampliação ou contraste.

O prazo para solicitar atendimento especial é o mesmo da inscrição na edição deste ano. Então, enquadram-se nessa alternativa para o Enem os candidatos com:

Já sabe como se dar bem na redação do Enem?

 

Faça o teste e descubra se você está preparado

  • Baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física;
  • Deficiência auditiva, surdez;
  • Além de deficiência intelectual, dislexia, surdocegueira, déficit de atenção;
  • Autismo, discalculia;
  • Gestante, lactante;
  • Idosos, dentre outros.

Uso de materiais próprios

Os candidatos com necessidades especiais não terão restrições quanto aos seus materiais pessoais. Assim sendo, quem solicitar este tipo de atendimento poderá usar itens como:

  • Caneta de ponta grossa;
  • Tiposcópio, assinador;
  • Óculos especiais, lupa, telelupa;
  • Luminária;
  • Tábuas de apoio;
  • Multiplano, bem como plano inclinado;
  • Além disso, medidor de glicose, bomba de insulina;
  • E cão-guia.

Quem poderá realizar a edição 2021 do Enem

No geral, qualquer estudante que estiver no ensino médio poderá realizar o exame sem problemas. Contudo, existem restrições em relação à modalidade digital da prova neste ano.

Para começar, esta versão estará disponível para quem concluiu ou vai concluir o Ensino Médio em 2021. Além disso, quando o limite de vagas for atingido, somente serão possíveis inscrições na versão impressa.

Quer garantir a melhor preparação para o Enem 2021?

Os treineiros são outro grupo de candidatos que não poderão se inscrever no modo digital. Por fim, tentar fazer as duas modalidades não será permitido.

Edição 2021 do Enem: informações gerais

Com a aproximação da realização da edição do Enem, sempre surgem dúvidas dos candidatos. Portanto, aqui você poderá entender sobre a aplicação das provas, datas e muito mais.

O prazo final para fazer a sua inscrição é até às 23h59 do dia 14 de julho. Assim, o valor da taxa é de R$85,00 e não há mais como obter isenção.

Conteúdo do exame

As modalidades impressa e digital do Enem, bem como mencionado antes, terão questões iguais. De maneira idêntica, as provas serão aplicadas nas escolas.

Mesmo que pareça mais fácil, pelo uso da tecnologia, a edição 2021 do Enem digital manterá o nível de dificuldade. Afinal, os computadores não terão conexão com a internet, somente o sistema com o exame.

No primeiro dia, serão 45 questões de linguagens e de ciências humanas, além da redação. Para completar, no segundo, serão 45 perguntas de ciências da natureza e de matemática.

Mudanças na pontuação

Com o objetivo de aumentar o desempenho do candidato, houve um reajuste na pontuação. Dessa forma, o aluno que realizar a prova deverá:

  • Obter um mínimo de 400 pontos na redação;
  • Conseguir 450 pontos na parte objetiva.

Calendário da Edição 2021 do Enem

Veja a seguir as datas e os horários do Enem. Por isso, antes de mais nada, vale reforçar que ambas as modalidades serão realizadas no mesmo dia, sendo:

  • 21 de novembro de 2021 – abertura dos portões: 12h – duração: 13h30 às 19h;
  • 28 de novembro de 2021 – abertura dos portões: 12h – duração: 13h30 às 18h30.

Ainda sobre o calendário:

  • Inscrições: até 14/07;
  • Solicitação de atendimento para necessidades especiais: até 14/07;
  • Pagamento da taxa de inscrição: até o dia 19/07;
  • E para solicitar o pedido de tratamento pelo nome social: de 19 até 23/07.

Edição 2021 do Enem em formato digital

Por ser uma mudança recente, há uma limitação de locais com boa infraestrutura. Então, apenas 15 capitais terão a opção para a modalidade digital do Enem 2021. São elas:

  • Belém, Belo Horizonte, Brasília;
  • Campo Grande, Cuiabá, Curitiba;
  • Florianópolis, Porto Alegre;
  • Goiânia;
  • João Pessoa, Recife, Salvador;
  • Manaus;
  • Rio de Janeiro;
  • São Paulo.

Dicas para estudar e ir bem na prova

Agora é o momento de se organizar e estudar para passar no Enem 2021. Aliás, você confere, desde já, 10 dicas que vão lhe ajudar a tirar boa nota.

  1. Crie um mapa mental para estudar, revisar e relembrar cada assunto;
  2. Desenvolva um cronograma para organizar os estudos;
  3. Estude as matérias do currículo do ensino médio para a edição 2021;
  4. Coloque em prática o que estudou;
  5. Bem como, tente absorver conteúdos de fontes diferentes;
  6. Quanto aos livros, leia os que costumam render questões no Enem;
  7. Pesquise temas anteriores e prováveis de redação;
  8. Assim, mantenha sua alimentação e hidratação em dia;
  9. Baixe edições anteriores da prova e as refaça;
  10. Faça pequenos intervalos para descansar durante os estudos.

Agora que entendeu as mudanças sobre a edição 2021 do Enem, comece seus estudos. É hora de iniciar sua caminhada rumo à faculdade dos seus sonhos! Quem sabe com a nota 100 na redação! Impossível? Não com essas dicas.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.