10 dicas para se preparar para o vestibular de Agronomia

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.
1

Crédito: Pexels/Melissa Mayes

Se os seus olhos brilham quando alguém fala sobre agricultura ou criação de rebanhos, então a Agronomia é o seu curso ideal. Afinal, será cursando Agronomia que você vai compreender tudo o que diz respeito à agropecuária: do preparo para plantio ou criação, até a comercialização e distribuição.

Porém, sabemos que uma etapa muito importante te separa da matrícula no curso dos sonhos: o vestibular ou o Enem. É por isso que, nesse artigo, vamos apresentar informações valiosas para você fazer as provas. 

10 dicas para se preparar para o vestibular

1. Estude o edital

Antes de mais nada, este é o primeiríssimo passo. O edital ou Manual do Candidato é um documento divulgado pelas instituições meses antes das provas. Nele, você vai encontrar informações valiosas como as datas para inscrição e das provas, os locais e horários, os materiais permitidos ao entrar na sala.

Além de tudo isso, o mais importante: o conteúdo que você deverá estudar para o vestibular ou Enem. Leia tudo com atenção, destaque o mais importante e marque as datas no seu calendário ou agenda.

2. Faça um plano de estudos

Depois de retirar do edital o conteúdo que deve estudar, estará na hora de preparar um plano de estudos. Defina quantas horas diárias você vai estudar e em qual período do dia. Inclusive, deixamos uma sugestão: descubra o horário em que você é mais produtivo, pela manhã, tarde ou noite, e estude nesse período. Pode ser legal também definir que matéria verá em cada dia da semana e fazer um cronograma de quais assuntos abordar. Ter esse plano escrito e visível é essencial para você não se distrair.

3. Descubra seu método ideal de estudos

É fato. as pessoas são muito diferentes umas das outras. Por isso algumas aprendem melhor lendo e grifando, outras respondendo perguntas, ou explicando para si mesmas. Você deve saber qual é o seu método de estudos ideal e usá-lo em seu benefício. Mas também vale variar um pouco, principalmente se estiver com dificuldade de avançar em alguma matéria.

4. Priorize o mais difícil

Lembra daquela lista das matérias que vão cair no seu vestibular? Separe os assuntos que você tem mais dificuldade e dedique mais tempo a eles. Dessa forma, você tem maiores chances de fixar o assunto na memória. As matérias que você já domina ou que têm mais facilidade podem ficar para depois.

5. Abuse dos simulados

Essa dica tem dupla utilidade. A primeira é que, fazendo simulados e provas dos anos anteriores você pratica o que aprendeu e testa seus conhecimentos ao mesmo tempo. E a segunda é que você fica conhecendo como cada instituição elabora as suas questões e quanto tempo você precisa para resolvê-las.

6. Pratique redação

De antemão, a redação é a parte mais temida pela maioria dos estudantes. Afinal é difícil prever qual será o tema solicitado, e impossível determinar uma fórmula para resolvê-lo. Sendo assim, sua única opção é praticar. Treine sua argumentação, a estrutura do seu texto, sua gramática e ortografia. Também é importante manter-se atualizado sobre o que acontece no mundo. Dessa forma você ficará mais confiante. Outra dica de ouro: você pode enviar suas redações para o Brasil Escola fazer uma correção online.

7. Diversifique suas fontes

De vez em quando, deixe de lado seus livros e faça pesquisas em outras fontes, como a internet. Muitas vezes você pode encontrar vídeos com explicações mais didáticas e ilustradas, que vão facilitar o entendimento. Mas cuidado para não se perder com outros sites e redes sociais e esquecer os estudos. Tenha foco no seu sonho!

8. Estude em grupo

Antes de mais nada, se você está estudando por conta própria, essa pode ser uma dica valiosa. Marcar algumas horas de estudo em grupo pode ser importante para conhecer outros pontos de vista. Além disso, você pode praticar o que aprendeu explicando a matéria para seus colegas. Aqui também cabe o lembrete: cuidado para não dispersar com assuntos paralelos.

9. Mantenha-se saudável

À primeira vista, a jornada de estudos pode ser longa e cansativa. Por isso, é importante manter o corpo saudável para o grande dia. Alimente-se bem, durma bastante, beba água e pratique alguma atividade física. Mesmo que seja uma caminhada com o cachorro, vai te fazer bem. Outra coisa importante é fazer pausas durante o estudo. Mais uma vez citando o Brasil Escola, leia sobre a Técnica Pomodoro, que pode te ajudar.

10. Não surte na véspera

A princípio, quando faltarem poucos dias para as provas, você pode sentir uma ponta de desespero. No entanto, se você seguiu todas as dicas para se preparar para o vestibular, não há porque se preocupar. Durma bastante, coma comidas leves e utilize o tempo de estudo apenas para revisar. O mais importante é fazer a prova com tranquilidade. Você vai se dar bem.

Notas de Corte no ENEM para Agronomia

Vestibular para universidades privadas

Se você pretende cursar Agronomia em uma universidade privada, inscreva-se no Prouni. Essas também variam bastante anualmente, e são muitas distribuídas pelo país. Mesmo assim, podemos afirmar que, nos últimos anos, a nota de corte mais alta para Agronomia foi 730 pontos. No entanto, é possível encontrar vagas com pontuação a partir de 550 pontos. No Prouni, você pode conseguir bolsas de estudos de 50% ou 100%.

Ainda mais, existe a opção de inscrever-se no FIES, e ter a sua faculdade completamente financiada. Nessa modalidade, você só paga a faculdade depois que se formar, com prazos longos e juros baixos. Para financiar o curso de Agronomia pelo FIES, basta uma nota de 550 pontos. Faculdades mais disputadas exigem pelo menos 700 pontos.

Universidades públicas

Os estudantes que optam pelo Enem precisam ainda se preocupar com a nota de corte. Aqui vamos te mostrar as notas de corte mais recentes. Dessa forma, você pode se planejar e decidir onde é melhor se inscrever.

Se seu sonho é estudar Agronomia em uma universidade pública, deverá se inscrever no SISU e sua nota deve ser pelo menos 600. Apesar de a nota de corte variar de um ano para outro, geralmente nas principais universidades públicas ficam próximas dessas:

  • UNIFESSPA (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará): 751 pontos
  • UFRRJ (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro): 681 pontos
  • UFFS (Universidade Federal da Fronteira Sul): 644 pontos
  • UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco): 642 pontos
  • IFMT (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso): 599 pontos

 

Enfim, com todas essas dicas para se preparar para o vestibular, esperamos que você se sinta mais confiante em estudar para o vestibular de Agronomia. Contanto que você tenha foco e determinação, você pode conseguir facilmente a pontuação necessária e ingressar no curso dos seus sonhos.

Sendo assim, desejamos bons estudos e sucesso!

Ficou empolgado e quer conhecer mais sobre a área de Agronomia? Então Descubra as principais áreas em Agronomia.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 3

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.