6 habilidades que o enfermeiro precisa ter

Ana Paula Schuster
Colaborador do Hora Da Facul

A profissão de enfermeiro exige muito mais do que o gosto pelo cuidado da saúde das pessoas. Assim, é essencial que o profissional desenvolva certas habilidades para ter sucesso na carreira e executar seu trabalho com maestria.

6 habilidades importantes na carreira de enfermeiro

O mercado de trabalho para a área da enfermagem é muito concorrido. Por isso, se dedicar e trabalhar com competência, sempre visando o bem estar humano é primordial. Além do mais, é preciso estar sempre atualizado das inovações que possam surgir na área.

Confira, a seguir, seis habilidades para quem deseja fazer carreira na enfermagem e se destacar com sucesso neste emprego.

1 – Comprometer-se com a saúde

O enfermeiro trabalha junto ao paciente que, por alguma razão, precisa de atendimento em relação à sua saúde, atuando no cuidado e no zelo do seu bem estar diário. Dessa forma, se comprometer com a saúde é uma das principais habilidades desse profissional.

Ele deve ser capaz de realizar seu trabalho de forma adequada, sempre em busca da melhoria do paciente. Além disso, a ética deve estar presente em todos os momentos e lugares onde desempenha sua profissão.

Caso este profissional não demonstre compromisso real com a saúde, não realizará bem o serviço. A preocupação dos profissionais envolvidos com a melhora de um indivíduo é essencial para que o paciente se recupere mais rápido. Portanto, para ser bom nesta profissão, o bem-estar dos pacientes deve vir em primeiro lugar sempre.

2 – Estabilidade emocional

A rotina da enfermagem, principalmente nos hospitais, exige que o profissional consiga ter um emocional estável para lidar com as situações. Presenciar pessoas em sofrimento e morte de pacientes, por exemplo, é comum na vida do enfermeiro.

É essencial, então, desenvolver a resiliência, ou seja, conseguir lidar com momentos difíceis sem se abater. Mas, repare que isto não significa se tornar frio, a ponto de não ter compaixão pelo próximo, mas de uma postura de entender que isso faz parte do dia a dia.

Nesta carreira, o profissional deve saber lidar com as pressões do ambiente de trabalho, com as frustrações e momentos tristes. Assim, é ideal administrar as situações com equilíbrio e um emocional forte.

3 – Habilidades de comunicação

A comunicação é de extrema importância em todos os setores. Entretanto, na área da enfermagem, ela se mostra ainda mais essencial, pois, nesta profissão, se lida com pessoas em seu momento mais frágil e delicado.

Por isso, o profissional tem que ter cuidado também na hora de se comunicar, seja com o próprio paciente ou com sua família. Portanto, a empatia e a delicadeza na hora de falar fazem toda a diferença em momentos difíceis.

A maneira de se comunicar com os demais profissionais que compõem a equipe deve ser clara para evitar possíveis erros nos consultas. Inclusive, em se tratando de vidas, qualquer fala errada pode trazer riscos aos pacientes.

É importante destacar que comunicar-se bem não é somente saber falar com sabedoria, mas também escutar o outro com respeito pela situação vivida. Ou seja, a fala pode ser uma forma de confortar e acolher o próximo.

4 – Empatia

Quem trabalha na área da saúde deve se colocar no lugar do outro para fazer um bom trabalho. Assim, um enfermeiro de sucesso precisa ser empático na relação com os pacientes, suas famílias e também com o restante da equipe de saúde.

Ele deve sempre ter em mente que os pacientes estão em um momento frágil, por isso é ideal prestar um atendimento humano, ou seja, acolher o indivíduo. Então, o profissional deve:

  • Saber ouvir as queixas;
  • Explicar com calma e em detalhes as orientações;
  • Estar sempre disponível;
  • Ajudar sempre que a pessoa precisar.

Vale ressaltar que a forma como se trata o paciente, com empatia e compaixão, transmite segurança e confiança. Aliás, pode até gerar reflexos positivos no tratamento e melhora do paciente.

5 – Liderança

Desenvolver a liderança também se mostra importante para o sucesso na carreira da enfermagem. Um líder, por sua vez, sabe como delegar tarefas e deve ser o exemplo e inspirar sua equipe.

O enfermeiro que assume esta postura, e trabalha sempre em busca de soluções e melhorias no ambiente, com certeza se destaca entre os demais.

Para isso, é preciso ter uma visão geral do local onde se trabalha, acompanhar todas as situações e verificar se as funções estão sendo cumpridas da maneira correta. Além disso, ter uma atitude positiva também é um ponto a se considerar.

6 – O enfermeiro deve se manter atualizado

Quem quer crescer na carreira precisa se manter atualizado. Isso porque as instituições buscam profissionais preparados em relação às novas técnicas, habilidades e equipamentos. Dessa forma, na enfermagem não se pode parar de estudar.

A faculdade fornece toda a base do trabalho, mas para conseguir dar um passo além, é necessário fazer cursos de pós-graduação. Ademais, estar em constante atualização sobre as novidades da área também é essencial.

Especializações para o enfermeiro

As especializações, voltadas para diferentes ramos da enfermagem, além de valorizar o currículo, abrirão mais portas no mercado de trabalho. Há diversas áreas em que o profissional pode aprimorar seus conhecimentos e competências, tais como:

  • Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde;
  • Gestão de Serviços em Saúde;
  • Enfermagem em Cardiologia e Hemodinâmica, em Emergência e Urgência com ênfase em Transporte Aéreo;
  • Saúde Pública com ênfase em Saúde da Família, Gestão de Bloco Cirúrgico;
  • Enfermagem Estética e Dermatológica.

Uma pós-graduação pode trazer novas perspectivas profissionais, como a formação voltada para a área de gestão de serviços de saúde ou ainda a de auditoria. Inclusive, esses são ramos com alta demanda de profissionais qualificados.

Enfermeiro: uma profissão humanizadora

Perceba que as habilidades para se tornar um bom enfermeiro são muitas. Todavia, a principal delas é a busca constante pelo conhecimento e pelo novo, proporcionada pelos estudos.

Então, caso você pense em entrar para esta incrível área, ou já faz parte do ramo da saúde, lembre-se que a principal função deste profissional é proporcionar o bem estar das pessoas, para trazer um pouco de calmaria para os momentos difíceis.

Confira mais conteúdos como este no Hora da Facul clicando aqui.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.