9 motivos para fazer Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Paulo Amaral
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Gerd Altmann/Pixabay/CC

Se você está procurando um curso de graduação, mas ainda não se decidiu, vamos elencar alguns motivos para optar por Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Disponível nas Faculdades Anhanguera por um preço que cabe no bolso sem pesar no orçamento, o curso tem vários atrativos (além do próprio preço).

Então, antes de elencarmos, efetivamente, o porquê você deveria considerar Análise e Desenvolvimento de Sistemas como profissão, vamos explicar um pouco mais sobre o curso.

O curso

Quem procura por uma faculdade para ter nível superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas é, sem sombra de dúvida, apaixonado por tecnologia.

Portanto, é essa paixão que o aluno colocará em prática durante os cinco semestres do curso – dois anos e meio.

Focado no mercado de trabalho, o curso prepara os profissionais para poderem colaborar na construção, análise, projeção, implementação e manutenção de sistemas e software.

A base de aprendizado foi dividida em quatro pilares, que você conhecerá a seguir:

Fundamentos:

Envolve toda a lógica das aplicações, com os algoritmos e outros conceitos da Matemática;

Técnica:

Visa ao aprendizado das linguagens de programação mais comuns no mercado e à decomposição de problemas. Sejam eles na otimização ou na modelagem;

Ferramentas:

Dá a receita para o profissional saber quais recursos usar para encontrar as soluções ideais de cada produto;

Cultura:

Destinada especialmente para ensinar o aluno a aplicar as metodologias, frameworks e práticas ágeis na atuação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

Os motivos

Agora que demos uma pincelada geral no que você irá encontrar ao optar por um curso superior em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, vamos enumerar os motivos.

  1. Rapidez do curso

    Tempo é dinheiro, já diziam nossos avós e bisavós. E o dito popular segue mais atual do que nunca. Por isso, o primeiro dos motivos para cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas é justamente esse: o tempo.

    O aluno que optar por essa graduação precisará de somente cinco semestres (dois anos e meio) para ter o diploma reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) em mãos. Ou seja, nada mal para quem não tem mais tempo a perder, certo?

  2. Oportunidades de estágio

    A graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas permite ao aluno ter acesso a estágios enquanto ainda está na Faculdade.

    Entretanto, a alta procura por profissionais da área no ramo empresarial abre um leque para o estudante. A ideia é completar, na prática, o que está aprendendo na faculdade. E ainda ganhar um dinheirinho antes mesmo de iniciar na carreira.

  3. Mercado em ascensão

    O terceiro dos motivos para cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas é, na verdade, um complemento do segundo item listado por nós.

    O mercado de trabalho para profissionais da área está em franca ascensão. Portanto, tendo conseguido um estágio durante o curso ou não, as chances de encontrar uma vaga são grandes.

    Segundo pesquisa recente da Catho, esse é o cargo mais procurado na área de tecnologia da informação.

  4. Leque de opções de atuação

    O amplo mercado está diretamente ligado às várias áreas de atuação que um profissional graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem à disposição. Assim sendo, esse é mais um dos motivos para escolher o curso.

    Portanto, quem optar pela área poderá trabalhar em empresas de tecnologia ou de planejamento, ONGs, órgãos públicos, institutos de pesquisa, escolas, universidades, faculdades e muito mais.

  5. Áreas de atuação

    Parece o mesmo motivo, mas não é. As áreas de atuação dizem respeito a qual especialização o graduado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas prefere atuar, e não em qual empresa.

    A primeira delas é chamada de DevOps, que une o conhecimento em desenvolvimento de software com operações e suporte.

    A segunda é chamada de Desenvolvimento Web. Ela é voltada, por exemplo, para setores como o e-commerce, que faturou mais de R$ 110 bilhões no País em 2020.

    Outra área possível é a de Desenvolvimento Mobile. Pois, ela está em crescimento por conta dos modernos smartphones, tablets e smart TVs, cada vez mais presentes no dia a dia das pessoas.

    Fechando o quarteto temos o Desenvolvimento Back-end. Essa também é uma área muito importante, em que segurança, bancos de dados e integrações são prioridades do profissional.

  1. Pouca competição

    A alta procura por profissionais da área que relatamos está anteriormente ligada justamente ao quarto dos motivos para escolher a área.

    O relatório setorial de TIC (Tecnologias de Informação e Telecomunicações) também exalou otimismo. No entanto, segundo os números do ano passado, até 2024 as vagas para profissionais de TI, chegarão a 70 mil por ano.

    Se você acha esse número pequeno, é só fazer uma conta rápida. Apenas 46 mil estudantes se formam anualmente na área. Ou seja: sobrarão vagas para os graduandos.

  2. Boa remuneração

    Ser um profissional qualificado em uma área que precisa de excelência de desempenho tem suas recompensas. E esse é o quinto entre os motivos para cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas: a remuneração.

    Um profissional sênior pode receber salários entre R$ 8 e R$ 10 mil. Isso dependendo do tamanho da empresa e, claro, da região em que estiver. Para quem está começando, a média costuma girar em torno de R$ 3.100. Já para profissionais plenos, ou seja, que não são iniciantes ou veteranos, a média é de R$ 5 mil. Nada mal, não?

  3. Flexibilidade

    O aluno que optar pelas Faculdades Anhanguera para cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas poderá ter à disposição uma enorme flexibilidade para aprender.

    A instituição oferece o curso de graduação em três formas: presencial, semipresencial e EAD. Desta forma, o aluno pode se programar para conciliar trabalho (ou estágio, como já citamos) sem prejudicar o andamento da faculdade.

  4. Preço do curso

    Fechando a lista de motivos para cursar Análise e Desenvolvimento de Sistemas está aquilo que comentamos de passagem no início da matéria: o preço do curso.

    Portanto, o aluno que optar pelas Faculdades Anhanguera terá mensalidades a partir de R$ 149,00. E há campus espalhados por todo o Brasil. Belo motivo, não acham?

Interessou? Então fique ligado aqui no A Hora da Facul e aproveite para ler as matérias sobre o assunto.

Enquanto isso, se quiser, informe-se também sobre o curso de DevOps e as oportunidades de mais essa área da tecnologia.

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.