Agronomia x 3° Setor: qual a relação?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Canva.

A relação entre a Agronomia e disciplinas das ciências rurais sempre foi muito próxima. Isso se deve à presença fundamental da economia familiar dentro do agronegócio e seu impacto no dia a dia das pessoas, centros de pesquisa e seu papel como fonte de acesso para a alimentação de centros urbanos.

O Hora da Facul aproveita para fazer uma pergunta: qual foi a última vez que você foi a uma feira? Essas de rua, que basicamente começam suas atividades logo cedo e terminam antes do fim da tarde. Nessas formas de comércio é possível encontrar centenas de barracas com produtos provenientes da agricultura familiar. 

Desde frutas e hortaliças até temperos e proteína animal. Tudo muito limpo e com bela apresentação, sem falar no preço que muitas vezes é mais em conta que os das grandes redes atacadistas. Sem dúvida, as feiras são exemplos muito concretos para comprovar o resultado do trabalho da Agronomia junto ao 3º Setor.

Agronomia x 3° Setor: qual a relação? 

Mas, afinal? O que é o 3º Setor? O que significa o termo?

Enfim, pensamos que vale a pena explicar o conceito. Já que muitas vezes os estudantes e os profissionais de Agronomia, além de outros tipos de graduações com foco no mundo Agro, sequer têm ideia do seu significado.

Entendendo o conceito de 3º setor

Em síntese, entendemos como terceiro setor as atividades e iniciativas com foco na sociedade. Como um dos grandes pilares da sustentabilidade, as atividades englobadas pelo 3º setor não tem como foco principal a geração de lucro. Mas, ao contrário disso, possuem o objetivo principal de auxiliar comunidades, cooperativas, grupos de pessoas, etc. 

Quando falamos especificamente do segmento ligado ao agronegócio, podemos englobar as famílias de agricultores, as cooperativas agrícolas, as pequenas empresas com dificuldades técnicas, entre outras tantas formas de viver da agricultura. Porém, em pequena escala.

O papel das instituições de ensino superior junto à agricultura familiar

O Brasil, como falamos em diversas oportunidades, é o país do agronegócio. Contudo, uma das coisas mais importantes que os futuros estudantes dos cursos de Agronomia e Agronegócio descobrirão ao longo de sua jornada de ensino é o papel de protagonismo das pequenas propriedades e famílias. Essas que retiram o seu sustento da terra, propriamente dita. Faça chuva ou faça sol.

Segundo nossas fontes de pesquisa e sites do governo brasileiro analisados para este post, encontramos algumas informações que impressionam na hora de tratarmos o assunto. Logo, o setor familiar produz cerca de 80% dos alimentos que chegam à mesa da população brasileira, como o leite (58%), a mandioca (83%) e o feijão (70%). Assim, representa 84% de todas as propriedades rurais e emprega, pelo menos, cinco milhões de famílias.

Realmente, são números e dados que impressionam. É por essas e outras razões que, de uma maneira bastante independente, o pequeno e o médio produtor possuem nas universidades e nos alunos da área um suporte constante. Esse suporte os auxilia na melhoria da produção, no monitoramento das atividades do campo e no suporte técnico.

Portanto, é vital que ao ingressar em uma graduação ligada à agronomia você entenda que as suas atividades serão muito maiores do que apenas aprender teorias e colocar isso em prática nas aulas no campo. 

Mude o mundo de outras pessoas por meio da universidade 

O fato é que todo universitário pode realizar atividades voluntárias com foco em diversos nichos da sociedade. É nesse ponto que colocamos a presença dos alunos do curso de Agronomia e da universidade junto às famílias de produtores brasileiros. 

Seja em programas de empresas privadas, órgãos públicos e por disciplinas das próprias graduações acima citadas, o estudante pode mudar o mundo das pessoas que vivem do campo. Definitivamente, você pode vir a ter o conhecimento que falta a elas e desempenhar atividades junto ao 3º Setor.

Logo, este é um dos pilares da relação entre o 3º Setor com a Agronomia. Ajudar a aprimorar o agronegócio dessas pessoas. Não se trata apenas de ensinar, mas também de colocar a mão na massa dentro das propriedades. E isso inclui: aconselhamento e gestão das propriedades, cuidados aos rebanhos, agricultura sustentável, análise de mercado e oportunidades. Em suma, estamos falando de atividades que partem muitas vezes da iniciativa privada, com foco no suporte de pessoas que possuem deficiências técnicas, mas grande experiência quando o assunto é o agro.

Agricultura familiar e sua importância para o Agro brasileiro

A agricultura familiar é um setor do agronegócio brasileiro de grande relevância para a economia. Para ser enquadrado nessa atividade, o produtor deve ter uma propriedade que não ultrapasse os 4 módulos fiscais. Além de ter mão de obra predominantemente familiar e ter a maior parte da renda proveniente das terras.

Em síntese, os 5 milhões, em valores aproximados, de estabelecimentos familiares presentes em território nacional, a agricultura familiar, respondem atualmente por 38% do Produto Interno Bruto (PIB) Agropecuário do País. Isso equivale a um montante de 54 bilhões de reais – é o que aponta o Embrapa em notícia divulgado em outubro do ano passado. 

Alimente o Brasil

Enfim, boa parte do alimento que chega às mesas do Brasil é resultado do trabalho familiar. Isso em função do apoio de iniciativas do Terceiro Setor e alunos do ensino superior. Ao se formar, é muito comum a engenheira agronômica integrar os quadros das organizações privadas. Sem fins lucrativos e que geram bens, serviços públicos e privados. Totalmente focadas no desenvolvimento econômico, social e cultural das pessoas, famílias e comunidades do campo. Por fim, incluindo agricultores, pecuaristas, artesãos, cooperativas, pescadores e piscicultores, e uma dezena de outras atividades ligadas à produção de bens primários.

Se um dia você desejou mudar o mundo por meio do seu estudo e trabalho, sem dúvida o curso de Agronomia oferece milhares de oportunidades para isso. Agora só vai depender dos seus estudos e força de vontade. 

Aproveite e conheça mais informações sobre a Agronomia e outros cursos clicando aqui. Estamos aguardando a sua leitura em nossa Hora da Facul.

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.