Agronomia x agronegócio: entenda a diferença

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.

Foto: Imagem de uma lavoura sendo colhida.

Você tem interesse pelo mercado agrícola, mas não consegue entender a diferença entre alguns termos? Então você está no lugar certo! Saiba que, com o avanço tecnológico, não é apenas os celulares e outros eletrônicos que se inovam. O mercado agrícola também evolui. 

Dessa forma, com a evolução do agro e a implantação de diversos sistemas agroindustriais, tivemos a integração de diversos setores. Por exemplo, o financeiro, o industrial, as capitais agrícolas e o setor comercial foram integrados. Com isso, novas nomenclaturas e termos foram surgindo. Entre eles, mencionaremos aqui a diferença entre Agronomia e Agronegócio

A diferença entre Agronomia e Agronegócio

Antecipadamente, de forma bem simples, a diferença entre Agronomia e Agronegócio é que o último se ocupa de uma característica mais voltada às vendas, exportações e à gestão. Já a Agronomia é ligada a aspectos técnicos do solo. Por exemplo, do cuidado com o cultivo, solo e com os animais. 

Vai prestar vestibular para Agronomia?

Descubra qual área mais combina com você

 

Nesse ínterim, para entendermos melhor, vejamos características específicas de cada uma desses campos. 

Agronegócio

O Agronegócio surgiu da percepção e do reconhecimento de que não era mais correto analisar a economia nos padrões tradicionais. Isso, claro, com os setores que fabricavam, comercializavam e processavam insumos e produtos. 

Imediatamente, então, o agronegócio foi estabelecido como um conjunto de empresas que produzem, processam e distribuem os insumos agrícolas. Incluímos aqui também as propriedades rurais. 

Dessa forma, o Agronegócio nada mais é do que o apanhado das diversas atividades que envolvem toda a rede produtiva pecuária e agrícola. 

Agronomia

A Agronomia nada mais é do que a união de diversas ciências, técnicas e conhecimentos das mais variadas áreas. Estas envolvem botânica, biologia, engenharia, química, zootecnia e até mesmo economia, administração e genética. Todos esses conhecimentos, claro, são empregados na agricultura e na pecuária. 

A princípio, esse campo surgiu com a necessidade de aprimorar os processos de produção na pecuária e nos gêneros agrícolas. Ainda mais, o objetivo também é aumentar a produção. Utilizando, para isso, técnicas, tecnologia e ciências para aprimorar a qualidade dos produtos. 

Enfim, fica claro que tanto o Agronegócio quanto a Agronomia são áreas relacionadas que em diversos momentos se entrelaçam. São dependentes entre si. Ainda melhor, os dois segmentos têm cada vez mais destaque na geração de empregos. 

A diferença nos cursos de Agronomia e Agronegócio

Assim como já comprovamos, os dois segmentos, apesar de dependentes um do outro, são diferentes. Nesse sentido, nada mais cabível do que o oferecimento de cursos distintos para cada área. 

Veja a seguir a diferente capacitação oferecida para cada um dos cursos. 

Curso de Agronomia

À primeira vista, o aluno será capacitado para gerenciar e organizar safras e recursos. O objetivo será sempre o melhoramento das produções e de seus processos. Sabemos que o agrônomo também cuida da pecuária. Sendo assim, a faculdade de Agronomia também habilita o aluno para cuidar e trabalhar com rebanhos e outros animais. 

Ainda mais, essa capacitação também inclui os conhecimentos necessários de nutrição, manejo e desenvolvimento de rebanhos e de outras espécies. Todos esses conhecimentos também qualificarão o aluno para a área de pesquisa. Essas pesquisas podem envolver os processos, produtos agrícolas e a qualidade do solo. 

Enfim, na faculdade de Agronomia o aluno irá aprender mais a fundo os conceitos e  fundamentos de cuidados e processos com a fauna, solo, lavouras e rebanhos. 

Mercado de trabalho para o profissional de agronomia

De antemão, o mercado de trabalho é vasto para esse profissional. Isso porque as capacitações e habilidades desenvolvidas no curso também são amplas. 

Ainda mais, o Brasil é um dos grandes produtores agropecuários. Logo, há um aumento na demanda desse profissional. Adicionando a isso o avanço da tecnologia no mundo agro, há infinitas possibilidades. 

Nesse ínterim, as possibilidades abarcam as esferas pública e privada. Por exemplo, no campo dos biocombustíveis, onde há um grande crescimento econômico. Possibilitando, assim, o trabalho na lavoura de insumos, no plantio e na produção de matérias-primas. 

Curso de Agronegócio

De antemão, a faculdade de Agronegócio tem por objetivo formar  e inserir no mercado especialistas no aprimoramento e retorno econômico. Bem como objetiva otimizar a economia que cerca a agricultura e a pecuária. Dessa forma, temos um aprendizado voltado para as vendas e à gestão. 

Assim, entre as disciplinas estudadas, haverá conceitos de cálculo e economia. Bem como outras matérias essenciais para captar a dinâmica do mercado. Por exemplo, disciplinas de gestão ambiental, legislação e logística. 

Ainda mais, outra informação importante é que esse curso é oferecido como um tecnólogo. Possui duração média de 3 anos e é voltado para atender às altas demandas do mercado. 

Mercado de trabalho

A princípio, o profissional gestor de agronegócio pode atuar em fazendas, safras e rebanhos. Bem como em plantações, objetivando avaliar a rentabilidade e os gastos, de modo a intensificar a produtividade. 

Aqui, as possibilidades também são ampliadas para as esferas pública e privada. Como em empresas de produção agrícola, de varejo de alimentos, organizações rurais e em empresas agroindustriais. 

Onde estudar Agronomia ou Agronegócio? 

De antemão, diversas universidades e faculdades oferecem os cursos. No entanto, vale lembrar da importância do reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Sem esse reconhecimento sua graduação não terá validade oficial. 

Ainda mais, o reconhecimento do MEC garante que a instituição e o curso oferecido tenham a correta estrutura. Além, claro, de atender e seguir aos padrões essenciais para a oferta do curso. 

Ao buscar a melhor opção, confira também a estrutura da faculdade: será que ela oferece as condições ideais para o aprendizado efetivo? Quais as capacitações do corpo docente? Possuem programas de integração ao mercado de trabalho? Que outros programas e vantagens oferece? Essas são algumas perguntas importantes e que farão a diferença na sua formação. 

Assim, veja abaixo algumas universidades que oferecem os cursos de Agronomia e de Agronegócio. Não se esquecendo também das possibilidades de modalidade de ensino: EAD, presencial e semipresencial.

São elas:

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
  • Cruzeiro do Sul Virtual (a distância)
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Centro Universitário UNIBTA
  • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS)

Entenda ainda mais sobre essa área conferindo as 5 maiores inovações da Agronomia.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 2

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.