Ainda não escolheu uma profissão? O que fazer?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Canva.

Lembre-se: sua vida acadêmica ou profissional não se decide amanhã, depois de uma semana ou em algumas horas para preencher um formulário. Muito menos as inscrições para as provas do vestibular

O mesmo vale para a pessoa que já está no mercado de trabalho, que já tem o seu status até bastante ‘bacana’, mas uma sensação de insatisfação que a faz repensar aspectos da profissão.

Aí você pergunta para os amigos, colegas e, principalmente, para as pessoas que ama, sempre a seguinte questão: o que eu faço? O que fazer? Na verdade, a grande resposta para perguntas como essa está dentro de você. Logicamente que muitas argumentações virão de um lado como de outro. Contudo, pense que os dilemas são seus, as dúvidas e, certamente, as decisões. 

Pessoas demais, certezas de menos

Todas as pessoas da sua vida tem opiniões e sugestões das mais perfeitas e sensatas. E, por incrível que pareça, só você não tinha pensado em ideias e pensamentos tão incríveis? Não é mesmo? 

Todavia, é aí que mora o equívoco e nascem as decisões precipitadas. Naturalmente, sempre vale entender o que cada pessoa de nosso convívio pensa sobre qual faculdade e profissão você deve seguir. Entretanto, pessoas demais geram automaticamente certezas de menos. Porém, isso tudo sempre vai influenciar o julgamento de uma pessoa que precisa de um caminho para sua satisfação plena. 

Antes de mais nada, escutar as pessoas faz parte do dia e demonstra o cuidado que muitas têm conosco. Ali na frente, saiba que será somente uma ação sua e ninguém deve se tornar protagonista do seu futuro curso. Neste palco, a estrela é você.

Informação é a chave do sucesso

O Hora da Facul é mais uma fonte de consulta importante para jovens e adultos que procuram auxílio para a tomada deste tipo de decisão. Lembre-se, levamos todos os tipos de artigos e fatos com o único objetivo de ajudar. Portanto, não fazemos recomendações. Já que isso influencia o seu juízo sobre uma carreira futura.

Neste caso, cabe à nossa equipe de profissionais levar até o seu dia a dia um dos recursos e ativos mais valiosos do mundo nos dias atuais: a informação. Atualmente, a informação coordena as economias, move países e atualiza pessoas ao redor do mundo. 

É por meio de textos contextualizados com o cotidiano dos jovens e adultos que estão na busca de um curso superior ou pretendem realizar uma transição de carreira que se atinge milhares de pessoas. 

Por isso, se você ainda não escolheu uma profissão e não sabe o que fazer, a informação será sua grande aliada para nortear seus próximos passos.

Ainda não escolheu uma profissão? O que fazer?

Atualmente, existem dezenas de cursos superiores com uma centena de profissões em cada área de conhecimento. Se você está no dilema de escolher uma ocupação profissional ‘X’, vale a pena parar de pensar no fim do caminho e focar no meio da sua trajetória, a médio e longo prazo.

Aliás, em algum momento da vida, todas as pessoas devem ter sentido a mesma sensação de dúvida em relação ao curso de ensino superior que ingressaram, assim como na hora que chegaram ao mercado de trabalho. Mesmo assim, uma equação como esta se resolve aplicando diversas variáveis, e não somente ao que está relacionado ao ato de escolher o curso.

A universidade, faculdade e instituição ideal

Juntamente com a escolha de uma profissão, você deve pensar em qual instituição de ensino superior (IES) vai estudar, quais as modalidade de aprendizagem são oferecidas, além de fatores geográficos e estruturais. Estes últimos tanto os seus quanto os da própria universidade. 

É bastante comum o futuro universitário não ter ideia de qual será o seu passo dentro da academia. Todavia, ele já sabe em qual IES quer estar e isso já é metade do caminho, garantindo mais tranquilidade para a tomada de decisões. E isso vale também para quem está pensando em realizar um processo de transição de carreira.

Modalidades de ensino diferentes

Em síntese, já falamos sobre não pulverizar a sua dúvida para todo mundo e respeitar a sua voz interior. Na sequência, trouxemos a necessidade de trabalhar seus questionamentos com o remédio da informação atualizada e oferecida por veículos de comunicação qualificados. Além de oferecer a você a necessidade de repensar a ordem das coisas focando nas suas condições e da futura universidade onde passará alguns anos de sua vida. 

Após a recapitulação de tudo que exemplificamos até agora, vamos falar sobre outro ponto importante no seu caminho sobre a escolha de uma profissão: a modalidade de ensino.

Pense conosco e não com a nossa opinião: como você gostaria de estudar? Vai trabalhar enquanto faz seu curso? Sua cidade fica longe da universidade da sua escolha? Como está a sua conexão de internet ? E outra, você vai ter disciplina e organização para encarar o desafio de estudar por alguns anos?

Se tivéssemos uma mesa exatamente agora, as cartas que estariam sobre ela seriam:

  • Ensino presencial
  • Ensino Semipresencial 
  • Ensino a Distância
  • Ensino 100% online

Conheça quem você realmente é!

Afinal, quem é você e do que você gosta? Realmente, perguntas não devem faltar quando o entrevistador e o entrevistado é a sua própria pessoa. O processo de entender um pouco quem é você vai ajudar bastante em todas as suas decisões. 

Certamente, você sabe mais as coisas que não deseja do que as que almeja e quer para o futuro. Se sim, inicie sua jornada descartando os cursos que não lhe atraem. Porém, antes de tudo isso, tenha a informação mais uma vez ao seu lado. Procure entender o seu momento, faça um projeto a longo prazo, tenha planos e organize formas de realizar cada um deles. 

Se ainda persistirem suas dúvidas, volte a se informar e jamais tome decisões precipitadas. Isso não seria uma atitude esperada de uma pessoa tão genial como você. A informação sempre vai ajudar, os amigos e sua família também. Mas as decisões são missões puramente individuais. 

Clique aqui e conheça mais sobre nossos posts, dados e detalhes sobre cada curso de graduação oferecido por universidades altamente qualificadas e com as modalidades de ensino que você conheceu acima. Boa sorte na sua jornada!

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.