Como conseguir bolsa de estudo na Uniderp

pamzottis
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Foto Tima Miroshnichenko de Pexels

Ingressar em uma faculdade está nos planos de muita gente. Porém, nem sempre é fácil arcar com os custos de um curso superior, especialmente se você recém está se inserindo no mercado de trabalho. Mas, nem tudo está perdido! Quem não tem condições de pagar o valor integral de uma graduação, pode recorrer à bolsa estudantil. E é justamente sobre isso o post de hoje! Como conseguir uma bolsa de estudo na Uniderp?

Primeiramente, é importante entender que você pode conseguir uma bolsa através de programas governamentais, empresas ou ações da própria faculdade. Além disso, essa bolsa pode ser na modalidade total ou parcial. A Uniderp, por exemplo, possui várias opções de descontos e benefícios para quem deseja começar a graduação em 2021.

Separamos os principais programas disponíveis e informações relevantes a respeito para que você não perca a sua chance. Para descobrir qual é a possibilidade mais indicada para você, continue a leitura!

Já pensou em empreender?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil de empreendedor

O que são bolsas de estudo?

Para começar, explicamos que as bolsas de estudo são abatimentos na mensalidade da faculdade. Normalmente, as bolsas valem por todo o período do curso. Logo, é uma excelente saída para quem não pode arcar com o valor integral da mensalidade no momento.

Os processos seletivos para bolsas de estudo variam, é claro. Você pode conseguir uma de acordo com a sua nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou pelos critérios socioeconômicos. Mas é importante salientar que, diferentemente do financiamento estudantil, no caso das bolsas, os alunos não precisam pagar nada após a conclusão do curso. Bolsas de estudos não são um empréstimo, mas, sim, um benefício em forma de abatimento no valor.

Como conseguir bolsa de estudo na Uniderp?

Agora que você já sabe exatamente como funciona uma bolsa de estudo, podemos prosseguir. Abaixo, separamos algumas dicas para que você consiga esse benefício na Uniderp.

Vai prestar vestibular para Administração?

 

Confira aqui se você já sabe tudo sobre o curso

ProUni (Programa Universidade Para Todos)

O ProUni é um programa do Governo Federal que concede bolsas integrais e parciais (50%).  O foco é beneficiar pessoas que têm uma renda familiar de até 3 salários-mínimos. O critério de seleção leva em conta o desempenho no Enem.

Para concorrer, o estudante precisa ter a nota da edição imediatamente anterior à abertura das inscrições do Prouni — que ocorrem no início e no meio do ano — além de uma média mínima de 450 pontos. Outro requisito é não possuir diploma de ensino superior.

Bolsa Enem

Se você não se encaixa nos padrões exigidos pelo Prouni, saiba que há outras formas de ingresso na Uniderp. A Bolsa Enem vale durante todo o curso regular para todos os candidatos que apresentarem nota do Enem válida. Quanto maior a nota obtida, maior o percentual de desconto.

Está pensando em prestar vestibular para Arquitetura?

 

Preparamos um teste para você descobrir se o curso combina com você

 

Você pode conferir o percentual de desconto através da calculadora virtual.

Bolsa incentivo

É uma opção de bolsa destinada às pessoas que estão com dificuldades para iniciar um curso superior. Podem concorrer os calouros e novos ingressantes que optarem no ato da inscrição do vestibular pela opção de Bolsa Incentivo.

Desconto para servidores públicos e militares

A Uniderp também oferece desconto a servidores públicos federais, estaduais e municipais, assim como cônjuge e/ou filho até 24 anos. O desconto da bolsa de servidores públicos e militares é de até 30%. O desconto é aplicável a cursos de graduação presenciais e EAD, exceto para o curso de Medicina.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

Outro benefícios oferecidos pela Uniderp

E as oportunidades não param por aí! Além de todas essas formas de conseguir um desconto nas parcelas da mensalidade dos cursos de graduação da Uniderp, a universidade ainda oferece outros benefícios como:

Matrícula Antecipada

Tudo ok no vestibular? Optando pela realização da pré-matricula já no momento de se inscrever para o vestibular, o aluno recebe a isenção da taxa de inscrição, além de já garantir a vaga na turma e curso escolhido.

Desconto Pontualidade

Quem paga a mensalidade em dia tem desconto na Uniderp. O desconto pontualidade é dado a todos os alunos matriculados na modalidade EAD que efetuam pagamento de suas mensalidades até o quinto dia útil do mês.

Vai prestar vestibular para Agronomia?

Descubra qual área mais combina com você

 

Amigo Vale-Prêmio

Já imaginou que maravilha estudar com seus amigos e ainda receber um prêmio por isso? É justamente o que acontece no programa Amigo Vale-Prêmio. Indicando pessoas para estudar na mesma instituição de ensino que a sua, e se atendidas as condições do regulamento para cada indicação, você pode ganhar descontos em sua mensalidade. Confira abaixo:

  1. Aluno indicado e matriculado em cursos de graduação na modalidade EAD: desconto de R$ 100,00 (cem reais) por indicação.
  2. Aluno indicado e matriculado em cursos de graduação na modalidade presencial: desconto de R$ 200,00 (duzentos reais) por indicação.
  3. Aluno indicado e matriculado em cursos de pós-graduação nas modalidades EAD e presencial: desconto de R$ 100,00 (cem reais) por indicação.

Financiamento estudantil também é uma opção

Caso nenhuma das opções anteriores se encaixe no seu perfil, você também tem a possibilidade de conseguir um benefício através do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). O programa, mantido pelo Ministério da Educação, concede linhas de crédito com condições facilitadas para estudantes do ensino superior.

Atualmente, o FIES tem duas modalidades: o Fies e o P-Fies. Em ambos os casos, o mínimo de financiamento da mensalidade é de 50%. É importante salientar que o FIES é operado pela Caixa Econômica Federal oferece juros zero para o aluno. Já o P-Fies foi criado recentemente e é uma oportunidade a mais para os estudantes. A diferença é que a taxa é definida pelo banco privado.

Outro ponto a ser levado em consideração: para se inscrever no FIES, a renda familiar bruta não pode ultrapassar o valor de três salários mínimos. Já para o P-Fies, o limite são cinco salários mínimos.

Abaixo, os requisitos em comum para este ano:

  • participação no Enem a partir de 2010;
  • conseguir média aritmética das notas nas provas igual ou superior a 450;
  • nota superior a 0 na redação.
  • renda familiar per capita (a renda total da família dividida pelo número de pessoas da casa) de até três salários-mínimos.

Como você pode ver, há diversas possibilidades que facilitam a sua vida na hora de pagar uma graduação. Invista no seu sonho e boa sorte!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.