Curso de Direito é o favorito dos brasileiros

Giovana Bertti
Colaborador do Hora Da Facul
1

O curso de Direito é um dos mais tradicionais e antigos no mundo. A graduação na área jurídica surgiu em 1827 no Brasil, os cursos foram fundados nas cidades de Olinda e São Paulo. Ainda assim, quase 200 anos depois, a área segue encantando os estudantes brasileiros e formando milhares de profissionais por ano.

Atualmente, a procura pelo curso é tão alta que o Brasil detém o título de país com maior número de faculdades de Direito no mundo. Conforme o último Censo da Educação Superior, feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira  (INEP), o país conta com 1.650 cursos de Direito abertos. Por isso, são oferecidas mais de 317 mil vagas por ano.

Somente entre os anos de 1995 e 2018, o país teve um aumento de 539% nos números de instituições que oferecem os cursos. De acordo com uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a OAB nos anos 90, o país contava com 235 opções de faculdades.

Vai fazer vestibular para Direito? 

 

Confira aqui se você tem o perfil dos estudantes e profissionais da área

No restante do mundo, o número de instituições com graduação de Direito é de cerca de 1.100 cursos, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Desse modo, entre os países que mais se destacam estão: Portugal, França, Inglaterra e Austrália.

Não, você não entendeu errado. Somente o Brasil conta com mais instituições com intuito de formar bacharéis na área do que o restante do mundo. Por consequência, o país  ainda tem um número expressivo de profissionais com registros ativos.

Registro para advogado 

Segundo dados da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), mais de 1 milhão e 200 mil advogados estão aptos a trabalhar. Nesse sentido, entre os estados com os maiores números de especialistas inscritos na instituição estão: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. Somadas, as regiões contam com 766,691 registros ativos.

Se inspirou em Suits e vai fazer vestibular para Direito?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil na série

Com o cenário apresentado, pode se dizer que o Brasil é o país dos cursos de Direito – e dos advogados também. Com esse artigo você vai entender porquê a graduação segue fazendo tanto sucesso e o caminho para aqueles que sonham com a profissão.

Motivo do sucesso do curso de Direito 

São muitos os motivos que fazem do curso de Direito um dos mais escolhidos pelos estudantes no país. Durante muitos anos, o sonho dos pais brasileiros era o de que o filho fizesse advocacia para se tornar doutor.

Atualmente, o mercado de trabalho e a quantidade de profissões têm se ampliado. Entretanto, segue no imaginário da sociedade que o advogado é um profissional de prestígio e sucesso. Dessa forma pode-se explicar os números expressivos de novos estudantes na área anualmente.

Vai cursar Direito e é fã da série How To Get Away With Murder?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil entre os “Keating 5”

Nesse sentido, há um grande percentual, que enxerga um caminho no curso para o concurso público e uma estabilidade no mercado de trabalho. Constantemente, os cargos mais desejados estão na magistratura, promotoria, defensoria e/ou áreas correlatas, que exigem o diploma em Direito.

Graduação de Direito ainda vale a pena
Apesar do alto percentual de profissionais em formação, ainda vale a pena escolher a graduação na área jurídica. Seja como for, o curso segue sendo uma carreira rentável e com o mercado de trabalho aberto a novos profissionais qualificados.

Uma dica importante para uma boa formação é escolher uma instituição com a aprovação de qualidade do Ministério da Educação (MEC). Além disso, é necessário sempre se manter atualizado nas novidades da área e estagiar durante o período da graduação.

Vale lembrar que o objetivo do curso de Direito é fazer com que os profissionais saibam interpretar as leis. Além de utilizá-las para mediar conflitos e manter a sociedade organizada.

Como é o curso de Direito?

A graduação do curso de direito é do modelo bacharelado e tem duração média de cinco anos. A princípio, durante os primeiros semestres do curso são ministradas matérias do curso teórico, como Sociologia, Economia e Teoria do Estado.

Logo depois, os conteúdos se tornam mais específicos como matérias do Direito Civil, Direito Penal e Direito Comercial. Ainda são ofertadas atividades e aulas práticas, nas quais o estudante exercita a oratória e a capacidade de argumentação.

Entre as matérias específicas da grade do curso abordam diversas áreas do jurídico, como, por exemplo:

Prática Jurídica (Cível)

Prática Jurídica  (Penal)

Direito Eleitoral

Direito Internacional Público

Ética do Profissional Jurídico

Prática Jurídica  (Trabalhista)

Prática Jurídica (Administrativo)

Ainda durante a graduação, os alunos entram em contato com as principais áreas do direito. Que são elas: Direito Civil, Direito Penal, Direito Trabalhista, Direito Ambiental e Direito Empresarial.

Exame da Ordem

Para se tornar um profissional apto a advogar no país não basta só a formação no curso de Direito. Assim sendo, o bacharel de direito deve ser aprovado no Exame da Ordem. A prova é de responsabilidade da OAB e é realizada em todo o país.

A avaliação é aplicada em duas etapas, dividida entre as etapas de perguntas objetivas e discursivas. Ainda é elaborada uma peça prático-profissional em uma área previamente escolhida. Atualmente, o exame é aplicado três vezes ao ano e as avaliações ficam sob a responsabilidade da FGV. Caso o candidato não alcance a nota necessária na segunda fase, o candidato pode refazer o exame no mesmo ano.

Um estudo da FGV Projetos, instituição responsável pela correção do Exame de Ordem desde 2010, demonstra a concorrência na prova. Como resultado, foi descoberto que nas últimas 16 edições houve 1,9 milhão de inscritos. Entretanto, somente 360 mil foram aprovados. O que representa um em cada cinco candidatos.

Ainda de acordo análise, 40% candidatos foram aprovados na primeira oportunidade. Por consequência, os demais 75% precisaram de até três tentativas para passar no Exame da Ordem. A FGV Projetos também demonstrou que 77% dos bacharéis em direito consideram insuficiente a formação obtida na graduação. Assim sendo, escolhem realizar curso preparatório para o exame.

Mercado de trabalho no Direito

O profissional formado em direito pode escolher atuar em ramificações na carreira jurídica ou da advocacia. O mercado de trabalho ainda possibilita trabalhar tanto na iniciativa privada quanto no serviço público. Ainda permite que o profissional trabalhe de forma autônoma, se preferir.

Dessa maneira, o profissional que optar por carreira jurídica é necessário prestar concurso público. Por exemplo, os principais funções disponíveis no mercado de trabalho hoje são:

Defensor Público
Delegado de Polícia
Juiz de Direito
Delegado
Todavia, vale lembrar que para concorrer às vagas no meio jurídico é necessário ser ter concluído o curso de Direito, sem a obrigatoriedade do registro na OAB. Dessa forma, o mercado é concorrido e uma mesma vaga pode ser disputada por centenas de pessoas. Por isso, aqueles que sonham em entrar na carreira jurídica devem se dedicar aos estudos. Além de investir na preparação específica para os concursos.

Atualmente, aqueles que escolhem a advocacia podem atuar em diversas áreas do Direito. Como, por exemplo: Trabalhista, Penal, Administrativo, da Criança e do Adolescente, Internacional, Criminal e Familiar.

Portanto, cabe ao advogado defender os interesses dos seus clientes, que podem ser pessoas físicas ou jurídicas. Ainda cabe ao profissional, buscar mediar os conflitos e caso necessário submeter o problema ao Tribunal de Justiça.

Com o número alto de concorrência no meio jurídico é necessário – além da graduação – se especializar, ter formação em alto nível e pós-graduação são itens essenciais para o sucesso.

Enfim, o curso de Direito segue com oportunidades abertas para aqueles que buscam se especializar. Sendo assim, se o seu sonho é entrar para o meio jurídico, se dedique ao máximo para superar os obstáculos.

Se quiser conhecer mais sobre os cursos de Direito, siga lendo os nossos conteúdos sobre o vestibular e saia na frente da concorrência!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.