Engenharia Civil X Engenharia Elétrica: entenda as diferenças entre os cursos

Luana Ribeiro
Jornalista, produtora de conteúdo, roteirista e podcaster. Especialista em marketing digital e mídias sociais.

A Engenharia é uma área muito importante para o desenvolvimento de um país. Afinal, o profissional formado nessa graduação é  responsável por desenvolver projetos para diversos setores como construção civil, desenvolvimento de produtos tecnológicos e mecânicos, projetos para geração de energia, garantir a qualidade dos produtos no mercado, entre outros. Através desse post, vamos mostrar como é cada área e as diferenças entre Engenharia Civil e Engenharia Elétrica

Por exemplo, para se tornar engenheiro você precisa fazer uma graduação que dura em torno de 5 anos. Dependendo da especialidade escolhida, uma das habilidades fundamentais para esse profissional é gostar de cálculos e números. Se você se identifica, esse texto traz informações úteis para seguir uma carreira, seja como engenheiro civil ou engenheiro elétrico. 

Primeiro, vamos iniciar abordando diversos fatores que envolvem a Engenharia Civil.

Você sabe qual área da Engenharia Civil mais combina com você?

 

Preparamos um quiz para você descobrir o seu perfil

 

O que faz um engenheiro civil?

O profissional de Engenheira Civil é responsável pela projeção de prédios, estradas, viadutos e tudo relacionado a construção civil. Dessa forma, por ser uma profissão de bastante responsabilidade, o engenheiro precisa ter registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). Assim, é possível trabalhar para órgãos públicos, e em grandes projetos de construção de prédios e estradas. 

Quanto ganha um engenheiro civil? 

A carreira de engenheiro civil é uma das profissões mais bem pagas no Brasil. Segundo a lei de n°4.950-A, de 22 de abril de 1996, o piso salarial do engenheiro em início de carreira ganha em torno de 6 salários mínimos, ou seja, R$ 6.600. Por exemplo, o profissional recém-formado já pode pegar projetos para executar obras. 

O que se estuda no curso de Engenharia Civil?

Se você é daqueles que ama matemática, o curso de Engenharia Civil é perfeito para você. O curso possui uma grade curricular focada em ciências exatas como: cálculos, física, geometria e álgebra. Além dos princípios de obras, construção civil, Arquitetura, planejamento e orçamento. Conheça quais as melhores faculdades para fazer engenharia civil. Leia mais.

Em dúvida sobre escolher Engenharia Elétrica EAD ou presencial?

Preparamos um quiz especial para você

Quais áreas de atuação do engenheiro civil?

Se você se identificou com o curso de Engenharia Civil, então você vai gostar de saber quais são as áreas que você pode atuar após formado. 

A construção civil é uma das áreas de atuação do profissional formado em Engenharia Civil. Sua principal função é produzir projetos, executar e supervisionar obras. Além disso, o engenheiro civil é responsável por fazer a obrar prosseguir e qualquer erro pode ser crucial para execução do projeto.

Outra área da Engenharia Civil é na elaboração e execução de projetos de vias e estradas. Em outras palavras, o engenheiro precisa desenvolver projetos que facilitem a mobilidade urbana. 

Do mesmo modo, o profissional também pode atuar na geotecnia (estudando o solo, avaliando características para executar a obra). E na hidráulica, onde irá desenvolver projetos que não agridam o meio ambiente e crie tecnologias para preservar os lençóis freáticos.

Depois de saber um pouco mais sobre Engenharia Civil, agora vamos ver detalhar informações sobre a Engenharia Elétrica.

O que faz um engenheiro elétrico?

O profissional que atua nessa área da Engenharia é responsável por desenvolver projetos relacionados a sistemas eletrônicos e elétricos. Sua principal atuação é em sistemas eletrônicos e em operações de conversão de energia. 

Quanto ganha um engenheiro elétrico? 

De acordo com a lei de n°4.950-A, de 22 de Abril de 1996, os profissionais licenciados em quaisquer Engenharia tem como piso salarial de até 6 salários mínimos, ou seja R$ 6.600, dependendo da sua jornada de trabalho. Hoje, no Brasil, a profissão é uma das mais bem pagas no país, chegando a pagar para o engenheiro em início de carreira mais de R$ 5 mil , segundo o site trabalhabrasil.com.br (antigo Sistema Nacional de Emprego).

O que se estuda em Engenharia Elétrica?

Como uma das áreas da exatas, o engenheiro elétrico também estuda cálculos, geometria, álgebra. Além das disciplinas específicas como circuitos elétricos, comunicação de dados, eletromecânica, instalações elétricas, entre outras. 

Quais áreas de atuação do engenheiro elétrico? 

O mercado da Engenharia Elétrica vem se renovando a cada ano, com o avanço da tecnologia e o desenvolvimento de novos recursos é possível encontrar várias oportunidades para esse mercado.

Uma das áreas que tem crescido muito é a de telecomunicações, e com isso gerado várias oportunidades. O profissional desta área atua desenvolvendo equipamentos que facilitem a transmissão de redes.

Outra área bastante promissora é da sistemas de controle. Essa área da Engenharia está muito presente nas indústrias. Ou seja, precisa de profissionais que gostem de atuar com colunas de instalações e máquinas elétricas.

Bem como, também temos a eletrotécnica. O profissional dessa área desenvolve sistemas de distribuição de energia além de ser responsável pela manutenção de usinas e sistemas elétricos.

O que devo levar em consideração para escolher uma boa faculdade

Antes de mais nada, é muito importante conhecer a instituição de ensino no qual você vai estudar. Essa etapa é muito importante, pois esse vai ser um dos primeiros passos para se tornar o profissional que tanto deseja. Por isso, separamos para você alguns pontos importantes que você deve levar em consideração na hora de escolher uma boa faculdade para estudar:

  • Consulte se a instituição possui reconhecimento do Ministério da Educação (MEC);
  • Avalie a grade curricular oferecida pela faculdade;
  • Procure saber sobre o quadro de professores da instituição e qual a sua relevância no mercado;
  • Consulte a forma de pagamento da instituição e quais são facilidades oferecidas;
  • Pesquise sobre a taxa de empregabilidade da instituição. Procure por ex-alunos da instituição que escolheu no LinkedIn e depois converse com eles para saber como foi sua aceitação no mercado;
  • Procure conhecer a plataforma de ensino e que tipo de suporte que a faculdade oferece;
  • Confira os turnos e horários para se ele se encaixa bem com a sua rotina;
  • Consulte a instituição para saber se possui algum tipo de desconto ou bolsa.

Com o panorama das duas carreiras, acredito que você ficou mais informado sobre diferenças entre Engenharia Civil e Engenharia Elétrica.

Gostou das nossas dicas? Deixa sua avaliação aqui em baixo! Quer saber como se forma em Engenharia Civil de forma rápida, leia mais aqui.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.