Entenda a importância do criminólogo

Giovana Bertti
Colaborador do Hora Da Facul
1

Você é um fã de séries policiais, sempre ficou encantado com as investigações e em descobrir os motivos que levaram ao crime? Saiba que tem uma profissão ideal para você, o criminólogo.

Caso não conheça esse mercado de trabalho, a criminologia é uma área da ciência interdisciplinar, ou seja, formada por diversas disciplinas. Como, por exemplo: sociologia, psicopatologia, direito, biologia. Desta forma, os criminólogos são especialistas em comportamento humano e são responsáveis por avaliar os crimes.

Atualmente, o criminólogo trabalha observando fatos de um crime e identificando os motivos que levaram à infração. Aliás, o profissional atua na resolução da ação criminosa, buscando entendê-lo como um fenômeno enquadrado social, além de encontrar soluções para prevenção de crimes.

Vai fazer vestibular para Psicologia?

Descubra qual área de atuação mais combina com você

 

Em resumo, o profissional elabora o perfil do criminoso, estuda comportamento do delinquente. Além de elaborar o perfil das prováveis vítimas de crimes, quais são as parcelas da população mais vulneráveis e porquê tem o maior risco.

Como resultado, os criminólogos trabalham principalmente em agências policiais. Entretanto, os profissionais ainda podem atuar em instituições de ensino, focados em pesquisa e na criação de políticas públicas.

Ficou interessado em conhecer mais da criminologia? Nesse artigo vamos contar sobre a área de atuação do criminólogo e as melhores opções para ingressar nessa carreira. Vem conosco!

Se inspirou em Suits e vai fazer vestibular para Direito?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil na série

Como se tornar criminólogo? 

O caminho para se tornar um criminólogo é longo e o estudante interessado precisa de muita dedicação. Como dito anteriormente, o profissional da área de criminologia precisa ter compreensão em diversos conhecimentos. Por isso, é preciso ter uma graduação e uma especialização específica na área.

Atualmente, no Brasil a criminologia não conta com um curso específico de bacharelado. Dessa forma, a profissão é encontrada em graduações como disciplina específica. Como, por exemplo, nos cursos de Direito, Psicologia ou Ciências Sociais.

Em contraste com nosso país têm locais – como os Estados Unidos, Inglaterra e Japão – que a área é autônoma há anos e conta com cursos de graduação próprios. Entretanto, os brasileiros que buscam ingressar no mercado de trabalho da criminologia ainda contam com diversas opções.

Vai cursar Direito e é fã da série How To Get Away With Murder?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil entre os “Keating 5”

Em primeiro lugar, é preciso que os estudantes interessados concluam um curso de ensino superior. O diploma de bacharelado, em uma graduação de quatro anos, é requisito mínimo educacional. Vale ressaltar que entre as áreas mais indicadas estão os cursos de ciências humanas, mas pode escolher se especializar em criminologia com qualquer formação superior.

 Em segundo lugar, é preciso de um diploma avançado em criminologia. Nesse sentido, você pode escolher uma especialização, pós-graduação, mestrado e doutorado. Dessa maneira, as principais áreas de especialização da criminologia são: Segurança Nacional, Crime Cibernético e Criminologia Translacional.

Vale ainda lembrar que se especializar em uma profissão específica facilita conseguir oportunidades no mercado de trabalho. No final, cabe a você escolher a melhor opção para sua carreira e para alcançar seus objetivos.

Vai fazer vestibular para Direito? 

 

Confira aqui se você tem o perfil dos estudantes e profissionais da área

Diferença entre criminólogo e advogado

Você pode estar pensando que somente o curso de Direito já seria o suficiente para tornar o profissional um criminólogo. Apesar da graduação na área jurídica contar com uma matéria de criminologia o objetivo dos serviços são diferentes.

Enquanto, a criminologia se compromete em estudar os delitos, suas causas e as situações sociais que causaram eles. Além de buscar entender os criminosos e as características das vítimas. Os profissionais formados em Direito, tem em sua maioria, em garantir os direitos da pessoa humana, define quais ações devem ser qualificadas como crimes ou busca resolver conflitos.

Mercado de trabalho para criminólogo

Como dito anteriormente, os profissionais da criminologia buscam estudar os aspectos dos crimes, as causas sociológicas e a psicologia criminal. Em síntese, o objetivo do profissional é auxiliar a resolver os crimes e prevenir que eles voltem a acontecer. Ainda está entre as obrigações dos criminólogos garantir um tratamento justo aos criminosos.

Aliás, para trabalhar na área tem que gostar de se envolver em pesquisa e de leitura. Visto que os profissionais precisam estabelecer os estudos em dados demográficos e de localização.

O mercado de trabalho para criminologia tem boas oportunidades para os profissionais. Além de carecer de profissionais especializados, os números de crimes no Brasil são alarmantes. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o país tem o nono maior índice de homicídios do mundo.

Ainda segundo a pesquisa, as mortes no Brasil atingiram 31,1 pessoas a cada 100 mil habitantes. Por consequência, o país se enquadra na taxa de um dos mais violentos do mundo.

Entre as instituições que mais abrem oportunidades para criminólogo estão Serviços policiais, prisionais, serviços judiciais, serviços de segurança e Conselhos consultivos de políticas. Além de poder, prestar serviços em organizações sem fins lucrativos –  como, por exemplo, instituições que trabalham com jovens infratores ou vítimas de crimes.

Enfim, dependendo da forma que o profissional queira empregar seus conhecimentos na área vai variar a vaga de trabalho na preferência do criminólogo.

Caminho para carreira 

Com toda a certeza, o profissional pode escolher exercer a função em empresas privadas. Entretanto, a maior parte das vagas para criminólogo estão disponíveis através do concurso público. Dessa maneira, é imprescindível que o profissional tenha diploma universitário e especialização.

Vale ressaltar que entre os principais cargos estão: detetive, guarda prisional, oficial de justiça, policial e como perito. Aliás, o profissional ainda pode se dedicar a cientista de dados, pesquisador social e pesquisador social.

Dessa forma, se o seu objetivo é trabalhar na profissão é preciso dedicação para alcançar o sucesso. Ainda é necessário se dedicar à pesquisa e ficar de olho em oportunidades abertas para criminólogo.

Criminologia na vida real 

Caso decida seguir com a carreira de criminólogo é preciso entender que a realidade é muito diferente na realidade. Os filmes e seriados de investigação são divertidos e instigantes, mas na vida real o trabalho precisa de muita dedicação e empatia com a sociedade.

Enfim, o mercado de criminologia é concorrido e é necessário um alto nível de preparo para trabalhar na área. Por isso, não perca tempo e se programe para alcançar seu futuro e o sucesso na profissão que você escolheu e confira outros conteúdos sobre a área.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.