O que a faculdade de Administração oferece ao estudante?

Mariana Corneta
Formada em Jornalismo, técnica em Marketing e apaixonada por literatura, amo contar contar histórias. Encontrei no jornalismo uma forma de registrar fatos e eternizar momentos da vida cotidiana. Diligência, competência, inventividade e inclusão são algumas das características que prezo enquanto profissional. Você pode me encontrar no Linkedin como Mariana Corneta.

Crédito: Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Atualmente, o curso de Administração (bacharelado e/ou tecnólogo)  é um dos mais procurados pelos vestibulandos. Isso deve-se ao fato de ser uma formação com amplas opções de atuação. Além, é claro, de ser uma das profissões que geram mais oportunidades de empregos aos formandos. Mas, além disso, o que a faculdade de Administração oferece ao estudante?

Infelizmente, há um estigma que perdura quanto à graduação: o famoso arquétipo do curso para os que estão perdidos. Quem nunca se deparou com a seguinte frase: “não sabe o que fazer da vida? Fácil! Basta cursar Administração!”?

Contudo, estamos aqui para orientá-lo com informações mais apuradas acerca do mundo da Administração.

 

Profissional em T

Então, comecemos pelo básico: o curso de Administração é um bacharelado que dura entre 4 e 5 anos, apesar de existirem variações de tecnólogos que duram em torno de 2 a 3 anos.

Engana-se quem pensa que um administrador é um profissional exclusivamente de exatas. Logo, o mesmo deve possuir e adquirir conhecimentos amplos tanto nas áreas de humanas quanto nas de exatas, durante e após a graduação. O que o transforma em um verdadeiro profissional em T, possuindo diversas graduações, compiladas em uma única.

O profissional em T refere-se ao perfil profissional que possui conhecimento-base em diversas habilidades multidisciplinares na horizontal (assim como a parte superior do T) e, também, conhecimento aprofundado em habilidades especializadas na vertical (a parte inferior do T).

Assim, esse é um modelo de profissional amplamente priorizado pelas organizações. Visto que algumas vagas exigem perfis mais especialistas e outras, mais multidisciplinares. Isso decorre do fato das empresas compreenderem como uma vantagem o administrador ter a capacidade de enxergar e compreender cenários fora de sua zona de conforto.

 

Atuação

Mas, afinal, o que faz um administrador?

Podemos dizer de forma resumida que o profissional da Administração é capaz de gerenciar empresas, formar, liderar, coordenar e capacitar equipes, lançar produtos e serviços no mercado, organizar a produção de uma fábrica e gerenciar.

Áreas

Como já dito, a variedade de atuação é vasta.  Assim, dentre algumas das áreas dos graduados em Administração estão:

  • Marketing: responsável pela definição do principal público-alvo, pesquisa de mercado, formas de promoção, mercados, pontos de venda, conceito e identidade de novos produtos e da marca.
  • Finanças: responsável pela contabilidade, fluxo de caixa, contas correntes, contas a pagar e a receber, tributos e impostos, investimentos e lucros.
  • Recursos Humanos: responsável pelos processos de seleção, ações de treinamento, definição de perfis de trabalho, plano de carreira, motivação e desligamento.
  • Produção: responsável pela seleção de fornecedores, compra dos insumos, estoque, processo de produção e qualidade.
  • Logística: responsável pelo processo de garantir efetividade, qualidade e agilidade no transporte de recebimento e entrega de produtos.
  • Gestão Estratégica: responsável pelos planos de negócio e ação, mapeamento dos processos, principais ferramentas de gestão, identidade organizacional, indicadores e planejamento estratégico.
  • Comercial: responsável pelo SAC (serviço de atendimento ao cliente), compras e vendas e negociação com os fornecedores.

 

Mercado

É notável que diversas das funções citadas possuem cursos dedicados inteiramente a si. E isso faz do administrador um profissional preparado para diversos ambientes. Portanto, a graduação em Administração é realmente completa!

Sobretudo, devemos considerar algumas questões acerca da profissão. Assim, como já citado, o número de formandos na área é grande. Portanto, é interessante que haja um certo esforço por parte do profissional de se destacar dos demais em meio a esse mar cheio de peixes iguais. As oportunidades estão aí, basta ter o preparo exigido. O mercado é muito promissor para quem é formado em Administração e há espaço para todos, com grandes oportunidades de crescimento.

Além, é claro, do expressivo aumento de oportunidades nos concursos públicos, processos seletivos para ministérios, secretarias municipais e estaduais, empresas estatais e setores administrativos do Poder Judiciário. E a lista só cresce.

Salários

Os salários variam muito de acordo com o cargo ocupado e a empresa. Não existe uma legislação sobre o piso salarial para profissionais de Administração no Brasil.

Entretanto, segundo o CFA (Conselho Federal de Administração) estipula-se uma média salarial aproximada de R$2.500 para os recém formados e, beirando os R$6.000 para os que possuem ao menos 2 anos de experiência no mercado. Mas para os mais experientes pode-se chegar em números de até R$15.000!

 

Empreendedorismo

Com a era digital, também chega uma onda de inovações para os negócios digitais. O que abre margem para empreendedores iniciarem seus próprios negócios com investimentos mínimos, atendendo muitas vezes de sua própria casa, apenas com um smartphone conectado à internet. Os formados em Administração ganham vantagem nesse espaço.

Além dessa possibilidade, criam-se movimentos de responsabilidade socioambiental, entre outras pautas sociais, cujo as empresas têm abraçado, visto que é uma tendência que veio para ficar. A mesma é chamada de Empreendedorismo Social, e cria mais engajamento e fidelidade com a comunidade.

Grade do curso

É possível observar que a abrangência do curso de Administração ocorre desde o início. Na formação básica vemos matérias como:

  • Antropologia
  • Contabilidade
  • Direito
  • Economia
  • Estatística
  • Ética
  • Filosofia
  • Matemática
  • Política
  • Psicologia
  • Sociologia

 

Ao decorrer do curso, é apresentado um contato com conteúdos mais especializados da Administração. Por exemplo:

  • Finanças e Orçamentos
  • Materiais, Produção e Logística
  • Mercado e Marketing
  • Planejamento Estratégico
  • Recursos Humanos
  • Responsabilidade Social e Terceiro Setor
  • Serviços
  • Sistemas de Informações
  • Teoria da Administração e das Organizações

 

Além de outras disciplinas que utilizam métodos e estratégias. Entre elas:

  • Contabilidade e Análise de Custos
  • Metodologia da Pesquisa Científica
  • Métodos Quantitativos e Qualitativos
  • Modelos Matemáticos e estatísticos
  • Pesquisa de Mercado
  • Tecnologia e Inovação
  • Teoria dos Jogos

 

Optativas

Alguns cursos possuem as disciplinas optativas, nas quais o estudante pode absorver ainda mais conteúdo, complementando seu perfil de profissional em T. Por exemplo:

  • Administração de Cooperativas
  • Administração Pública
  • Antropologia Organizacional
  • Educação Corporativa
  • Empreendedorismo
  • Gestão de Comércio Exterior
  • Gestão e Sustentabilidade
  • Gestão Pública
  • Língua Brasileira de Sinais
  • Organização de Serviços de Saúde

A grade curricular pode variar de instituição para instituição, mas apresentamos aqui uma base.

Se você gostou do conteúdo desta matéria, não deixe de continuar acompanhando de perto nossa página, além de acompanhar nossos outros textos! Aqui você encontra novidades sobre o mercado de trabalho, dicas acadêmicas, atualidades, inovação e tecnologia!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 3

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.