O que faz um veterinário em fazenda?

Vanessa Zampronho
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Mat Brown do Pexels

Ter um veterinário que trabalha no ambiente rural é muito importante para o agronegócio e é uma profissão com alta demanda

O veterinário é o médico dos animais e, em locais como fazendas, sítios e haras, a presença desse profissional se faz fundamental. O veterinário no ambiente rural avalia a saúde dos rebanhos, que podem ser bovinos (bois e vacas), caprinos (bodes e cabras), suínos (porcos), aves, cavalos e até peixes.

Além de avaliar como o animal está, só o médico veterinário receita medicamentos, faz exames, realiza cirurgias e demais intervenções. Ele também pode identificar quando há um surto de alguma doença no rebanho.

Adora animais, mas não sabe qual curso escolher no vestibular?

Faça esse teste e descubra qual faculdade mais combina com você

Assim, trata-se o animal doente para proteger os demais. Nessa investigação, o veterinário pode descobrir até se o aparecimento de insetos na região interfere na saúde dos bichos.

Consultório em ambiente rural

Trabalhar com animais de fazenda é algo bastante diferente da rotina dos veterinários de clínicas na cidade. Nem sempre é possível levar ao médico, bois ou vacas. Dessa forma, alguns procedimentos podem ser realizados em estábulos, campos ou pastos.

Pense, por exemplo, no parto de uma vaca. Dificilmente se consegue levá-la a uma clínica na hora em que o bezerro está nascendo. É quando conta muito o conhecimento do especialista, que tomará os cuidados necessários para que o procedimento corra bem. Cirurgias de emergência seguem o mesmo padrão.

Doenças que acometem o gado bovino e são altamente transmissíveis podem ser diagnosticadas pelo veterinário de fazenda. A febre aftosa é um exemplo. Ela causa feridas nas patas dos animais, salivação excessiva, febre alta e cansaço. A vacinação é o método mais eficaz de prevenção.

A anaplasmose causa fraqueza, anemia, falta de apetite e febre. Pode causar até a morte do animal, e é transmitida pelo carrapato. Já a mastite é a inflamação das glândulas mamárias de rebanhos leiteiros e é causada por bactérias. Ela traz sofrimento para os bichos, prejudica a qualidade do leite e reduz bastante a sua produção.

Mais do que médico de animais

O veterinário que trabalha em fazendas fez o curso de veterinária, que ensina sobre a saúde dos animais de forma geral. Para trabalhar no campo, o profissional pode se especializar na área e, da mesma forma, entender mais dos bichos da fazenda.

Outras áreas que o veterinário do mundo rural pode trabalhar é na pesquisa genética para diminuir a incidência de doenças nos animais. Até a preservação de espécies nativas é um ramo promissor, ainda mais se a propriedade rural estiver próxima de áreas de preservação ambiental. Afinal, não é somente cuidar dos bichos da fazenda, mas também daqueles que estão ao redor.

Campos de especialização

O médico veterinário tem uma gama de áreas para escolher. Após formado, ele pode especializar-se em tipos e até espécies diferentes.

Por exemplo, tem profissionais, especialmente em grandes cidades, que atendem galos, galinhas, coelhos e hamsters. Há também os especialistas em animais silvestres e os que trabalhem em zoológicos.

Ainda, mesmo no trabalho do veterinário de fazenda, há campos variados de estudo, como aquele em grandes animais. Assim, pode-se especializar no tratamento de bois, vacas e cavalos, com um olhar mais apurado na saúde dessas espécies, e trabalhar no seu melhoramento genético. Bois e cavalos de raça, por exemplo, são bastante valorizados.

Há também os que se especializam em aves, para melhorar a produção de ovos e carne. A pesquisa genética se preocupa com o aumento da produção e o tipo de carne, e evitar doenças transmissíveis entre as aves e para humanos. Também, há aqueles que se especializam em rebanhos menos convencionais, como cabras e ovelhas.

Área em expansão

O agronegócio no Brasil está se desenvolvendo bastante nos últimos anos. Para manter a produtividade e saúde dos animais, o trabalho do veterinário de fazenda faz diferença. Ao identificar um animal doente, ele pode evitar que os outros fiquem doentes. Faz bem para a saúde dos bichos e para a rentabilidade do negócio.

Por exemplo, ter um veterinário cuidando de um rebanho (de bois ou cabras), é ter a garantia que ele vai cuidar da saúde e higiene dos bichos, bem como desenvolver uma alimentação mais saudável para evitar doenças. E, o mesmo acontece em granjas, onde há muitas aves convivendo juntas.

Outro motivo que faz esse veterinário bastante requisitado é a pouca quantidade de profissionais especializados em animais de fazenda, já que muitos deles decidem seguir carreira em clínicas na cidade, com os animais domésticos.

Rebanhos de cabras e ovelhas, menos comuns no Brasil, requerem também a atenção de um veterinário especializado. Ele pode identificar doenças típicas dessas espécies, tratá-las de maneira mais eficaz e melhorar a produção de leite, queijos e carne.

Mercado de trabalho do veterinário de fazenda

Veterinários de fazenda podem ter clínicas especializadas no tratamento desses animais e fazer visitas às propriedades rurais. Dependendo do tamanho do rebanho, há uma equipe que mora na própria fazenda, para prestar atendimento 24h aos animais. Emergências sempre acontecem e transportar bichos grandes não é sempre viável.

Mas, não é necessário morar no campo para dedicar-se ao cuidado desses animais. Por ser uma área com poucos profissionais especializados, se você gosta de animais e da vida em fazenda, esse ramo da veterinária pode ser para você.

Morar no interior tem se tornado uma tendência nos últimos anos. Cidades menores tendem a ter um custo de vida mais baixo, e uma vida menos agitada do que grandes centros. Assim, profissionais especializados em animais de roça são mais raros de se encontrar.

Então, se a ideia de residir no campo e estudar veterinária parecem interessantes, por que não unir o útil ao agradável?

Deixe um comentário nos contando se gostou da matéria. Até logo!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.