O que o curso de Fisioterapia proporciona ao estudante?

Ana Paula Schuster
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: curso de Fisioterapia

O curso de Fisioterapia é ideal para quem gosta de cuidar das pessoas. Por isso, a graduação oferece ao aluno o conhecimento acerca de diversas técnicas e intervenções, a fim que as mesmas restabeleçam a saúde física e a qualidade de vida de seus pacientes.

Saiba mais sobre a formação

O curso dá a chance ao estudante de aprender maneiras de promover a saúde, dando prioridade a procedimentos de prevenção, bem como tratamento em diversos casos.

O aluno estuda bastante sobre o corpo, suas funções e movimentos, que podem ser afetados por conta de alguma alteração genética, doença ou trauma.

O fisioterapeuta, ainda durante a graduação, aprende a ter uma visão humana, ética e cheia de critérios sobre a profissão. Além disso, o aluno conhece a fundo várias técnicas do ramo para restabelecer a saúde e bem-estar de seus pacientes.

Veja o que se aprende no curso de Fisioterapia

Por ser uma das áreas que pertencem à saúde, o estudante vê algumas matérias mais gerais. No entanto, ao longo da formação, o mesmo conhece disciplinas mais focadas na carreira, por exemplo:

  • Atendimento Clínico;
  • Ortopedia;
  • Fisioterapia Desportiva;
  • Saúde coletiva.

Também faz parte da faculdade de Fisioterapia o aprendizado sobre as diferentes áreas de atuação desse profissional, tais como:

  • Cardiologia;
  • Ortopedia;
  • Traumatologia;
  • Neurologia;
  • Pneumologia.

Veja agora algumas matérias com foco na profissão e que oferecem ao aluno uma noção melhor sobre a mesma.

Conhecimento Biotecnológico e Fisioterapêutico

Neste primeiro, o aluno aprende quais são os novos avanços tecnológicos no ramo a fim de colocá-los em prática. Já no segundo, estuda-se os movimentos do corpo, intervenções, como fazer diagnósticos e aplicar técnicas terapêuticas.

As Ciências Biológicas e da Saúde

O aluno aqui conhece mais sobre os órgãos e como eles funcionam.

Ciências Sociais e Humanas

O foco desta disciplina é o estudo do homem, bem como das suas relações sociais. Além disso, ensina-se também sobre as políticas públicas de saúde.

As principais matérias do curso de Fisioterapia

O curso de Fisioterapia prepara o futuro profissional para vários tipos de casos e situações. Assim, as disciplinas mais em foco são as seguintes:

  1. Fisiologia do Exercício;
  2. Anatomia do Aparelho Locomotor;
  3. Fisioterapia do Idoso;
  4. Ortopedia e Traumatologia;
  5. Genética;
  6. Fisioterapia em UTI;
  7. Órteses e Próteses.

Agora, conheça um pouco sobre cada uma delas e entenda o que elas têm a ensinar para quem quer investir nessa carreira.

1 – Fisiologia do Exercício

Uma matéria com foco no cuidado com os atletas. Pois é aqui que o curso proporciona ao aluno o conhecimento sobre como o corpo age ao se exercitar. Portanto, o objetivo aqui é:

  • Entender o organismo e os estímulos que ele sofre durante os exercícios;
  • Como ter um condicionamento físico melhor;
  • Aprender a tratar lesões e muito mais.

Quem pretende se especializar em Fisioterapia Esportiva, sem dúvida, deve se dedicar bastante a esses conceitos.

2 – Anatomia do Aparelho Locomotor

Como em qualquer área da Saúde, conhecer o corpo humano e os seus mistérios é essencial. Em especial, no curso de Fisioterapia, em que o profissional está sempre em contato com o mesmo, a fim de ajudar os seus pacientes.

O trabalho do fisioterapeuta é aprender sobre o movimento do corpo, de forma mais profunda, sobre o seu aparelho locomotor.

3 – Fisioterapia do Idoso

Já aqui, o aluno tem como foco o trabalho com idosos. Dessa maneira, a faculdade mostra como movimentar um membro após alguma lesão ou trauma. Além disso, auxilia em métodos de locomoção, a fim de melhorar o bem-estar dos mesmos.

Essa, sem dúvida, é uma das áreas mais abordadas no dia a dia desse profissional. Isso porque esse ramo que atende pessoas acima dos 65 anos é um dos mais buscados no mercado.

4 – Ortopedia e Traumatologia

Uma matéria bem importante, já que tem muito a oferecer ao estudante. Por exemplo, a como tratar e prevenir problemas nos ossos que podem afetar a locomoção. Além disso, também ensina a curar os que foram fraturados.

Essas são duas áreas bem amplas, portanto, algumas instituições, inclusive, chegam a abordar ambas em separado. Como são problemas bem comuns dessa profissão, é essencial que o aluno do curso de Fisioterapia saiba bastante sobre a relação entre ortopedia e trauma.

5 – Genética

A genética não pode faltar na grade de nenhuma graduação da área de Saúde. Afinal, é por meio da mesma que o estudante aprende mais, já que com a genética é possível saber os motivos e causas para diversas doenças e condições. O corpo é como uma máquina complexa. Logo, aprender como a genética afeta o bem-estar de uma pessoa é essencial.

Mesmo que essa matéria não esteja ligada ao trabalho do fisioterapeuta de modo direto, é importante saber o que pode gerar um problema motor, por exemplo.

6 – Fisioterapia em UTI

O aluno que deseja trabalhar em hospitais precisa aprender tudo o que a faculdade tem a oferecer sobre esse setor.

É aqui que o futuro profissional entenderá como lidar com pessoas com problemas de locomoção por causa dos tratamentos intensivos. Então, o papel do mesmo nesse caso é:

  • Ajudar a manter os movimentos de seus pacientes;
  • Evitar dificuldades ligadas à falta de locomoção.

Também saberá sobre algumas complicações que podem surgir em situações mais graves. Além disso, a instituição deve instruir o aluno sobre quais soluções tomar a respeito e as atividades ideais para esse tipo de enfermo.

7 – Órteses e Próteses

Aqui o aluno se informa sobre como ajudar um paciente que usa prótese ou órtese. Assim, o seu papel é assisti-lo nesse momento de adaptação, oferecendo os melhores cuidados.

Essa é uma das áreas de atuação que mais chama a atenção de quem faz Fisioterapia. O que é visto dentro dessa matéria auxiliará o futuro profissional a tratar diferentes casos em sua profissão, desde acidentes até alterações genéticas.

Diversas áreas de atuação

Ficou claro até aqui o tanto que essa graduação tem a oferecer aos seus graduandos. Dessa forma, o que não faltam são chances no mercado para que o profissional encontre o seu espaço e se destaque na carreira.

Confira mais conteúdos como este do Hora da Facul clicando aqui.

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.