O que saber sobre a faculdade de Engenharia Mecânica

Lygia Barsotti
Jornalista e produtora de conteúdo com13 anos de experiência. Passou pela TV Cultura e por empresas dos segmentos de saúde, educação e bebidas.

Crédito: Photo by Chevanon Photography from Pexels

Se você curte projetar, construir e consertar máquinas e equipamentos, a faculdade de Engenharia Mecânica pode ser uma boa opção de carreira.

Afinal, as atribuições do engenheiro mecânico são exigidas pelos mais diversos segmentos. Entre eles, as indústrias aeronáutica, automotiva, metalúrgica, siderúrgica e petroquímica. Do mesmo modo, se destaca a área de pesquisa de novas tecnologias e a prestação de consultoria para empresas.

Por essa razão, a demanda de mercado por esse profissional é crescente em todo o País. Como resultado, o salário médio costuma ser bastante atrativo.

Engenharia Mecânica é o curso certo para você?

 

Preparamos um teste para você descobrir se tem o perfil para ser um engenheiro mecânico

A seguir, saiba mais sobre as principais características do curso e da profissão e veja se você tem o perfil ideal para a faculdade de Engenharia Mecânica.

O que faz um engenheiro mecânico

Se você pretende prestar vestibular para a faculdade de Engenharia Mecânica precisa ter claras quais funções esse profissional exerce.

As principais atribuições do engenheiro mecânico são desenhar, desenvolver, compreender o funcionamento e supervisionar a manutenção de diversas máquinas. Sobretudo, geradores elétricos, motores a combustão interna, componentes aeronáuticos, equipamentos de refrigeração e ar condicionado e ferramentas elétricas.

Ao mesmo tempo, uma boa faculdade de Engenharia Mecânica também deve capacitar o estudante para pesquisar novas tecnologias, desenvolver projetos e operar os softwares de computação gráfica e prototipagem.

Adicionalmente, o profissional pode ser responsável pela pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, controle de qualidade e pesquisa acadêmica.

Perfil do profissional de Engenharia Mecânica

Ao concluir a faculdade de Engenharia Mecânica o futuro profissional deve estar apto a colocar em prática as seguintes habilidades e competências:

  • Usar conhecimentos matemáticos e científicos, assim como tecnológicos e instrumentais, para desenvolver produtos e processos de Engenharia Mecânica;
  • Desenhar e analisar sistemas, produtos e processos;
  • Operar e realizar a manutenção de sistemas;
  • Elaborar soluções viáveis do ponto de vista técnico e econômico;
  • Supervisionar e coordenar projetos de Engenharia Mecânica;
  • Trabalhar em equipe e ter iniciativa e criatividade para tomar decisões;
  • Ter domínio das ferramentas virtuais básicas ao exercício da profissão;
  • Comunicar seus conhecimentos claramente em português e em pelo menos uma língua estrangeira, preferencialmente o inglês.

Visão geral sobre a faculdade de Engenharia Mecânica

O bacharelado em Engenharia Mecânica costuma durar, em média, cinco anos. Durante esse período, o estudante terá contato com matérias obrigatórias da área de Engenharia, disciplinas específicas da Engenharia Mecânica, além de matérias optativas.

Dependendo da instituição de ensino, também é possível cursar módulos de especialização, por exemplo, em Engenharia Aeronáutica, Automotiva, Energias Renováveis e Pesquisa em Engenharia Mecânica e Mecatrônica.

Além de cumprir a grade curricular da faculdade de Engenharia Mecânica, o estudante deve realizar um estágio supervisionado, bem como apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Disciplinas do curso de Engenharia Mecânica

Antes de tudo, o estudante de Engenharia Mecânica deve ser um fã das Ciências Exatas. Isso porque em todos os semestres da graduação ele vai se aprofundar em conteúdos de Física, Química e Matemática. Ou seja, esteja preparado para lidar com muitos cálculos e fórmulas.

As principais matérias do curso de Engenharia Mecânica são:

  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Ciência dos Materiais
  • Comandos Hidráulicos e Pneumáticos
  • Desenho Técnico Mecânico e Projetivo
  • Elementos de Máquinas
  • Física Geral e Experimental
  • Máquinas de Fluxo
  • Materiais para Construção Mecânica
  • Mecânica Geral Aplicada
  • Métodos Matemáticos
  • Princípios de Eletricidade e Magnetismo
  • Projeto de Máquinas
  • Termodinâmica
  • Transferência de Calor e Massa

Além dessas disciplinas, a faculdade de Engenharia Mecânica aborda outros conteúdos essenciais, como Economia, legislação ambiental e Segurança do Trabalho.

Do mesmo modo, a grade curricular contempla disciplinas de Humanas, como Administração, empreendedorismo, cultura digital, cidadania e Design Thinking.

Áreas de especialização da Engenharia Mecânica

Antes mesmo de ingressar na faculdade de Engenharia Mecânica é possível ter uma ideia das áreas nas quais o profissional pode se aprofundar.

As principais áreas da Engenharia Mecânica para atuar são:

  • Aeronáutica – trabalho em indústrias aeronáuticas ou em fornecedores de equipamentos de alta tecnologia para aviação;
  • Automação e Controle – desenho e instalação de sistemas automatizados em linhas de produção de fábricas e indústrias.
  • Automotiva – projeto e desenvolvimento de veículos e sistemas automotivos para montadoras e indústrias de autopeças;
  • Biomecânica – projeto de equipamentos médicos para sistemas do corpo humano (como o locomotor e o cardiorrespiratório, por exemplo). Aperfeiçoamento de aparelhos de reabilitação motora, análise da ergonomia dos veículos etc.
  • Energia e Meio Ambiente – projeto, estudo de viabilidade social e econômica e análise de sistemas de conversão de energia e refrigeração;
  • Energias Renováveis – sistemas de armazenamento, autoprodução e distribuição de energia solar, hidroelétrica, eólica e biomassa;
  • Mecatrônica – projeto de sistemas automatizados, operados por robôs ou computadores, para plantas industriais.

Salário de um engenheiro mecânico

Quem pretende cursar a faculdade de Engenharia Mecânica não deve ter problemas para conseguir um emprego na área. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), entre março de 2020 e fevereiro de 20201, houve um aumento de quase 23% na contratação de engenheiros mecânicos.

Como vimos anteriormente, existe uma série de segmentos nos quais esse profissional pode atuar. Por isso mesmo, seu salário costuma ser alto.

Segundo o portal Salario.com.br, que traz dados do CAGED, a remuneração média do engenheiro mecânico é de quase R$ 8.300,00 por mês.

O engenheiro mecânico recém-formado pode começar ganhando cerca de R$ 5.900,00 e chegar ao teto salarial médio de R$ 16.300,00.

Os estados que oferecem as médias salariais mais altas são:

  • Rio de Janeiro: R$ 9.500,00
  • Espírito Santo: R$ 9.000,00
  • Minas Gerais: R$ 8.900,00
  • Distrito Federal: R$ 8.500,00
  • Maranhão: R$ 8.400,00
  • São Paulo: R$ 8.180,00

Por outro lado, entre as cidades brasileiras que melhor remuneram os engenheiros mecânicos estão:

  • Guarulhos (SP): R$ 10.720,00
  • Rio de Janeiro (RJ): R$ 10.540,00
  • Jundiaí (SP): R$ 10.150,00
  • Belo Horizonte (MG): R$ 10.000,00
  • Vitória (ES): R$ 9.370,00
  • São Paulo (SP): R$ 9.000,00

Então, conseguiu sentir se a faculdade de Engenharia Mecânica é mesmo para você? Se a resposta é sim, agora é hora de se concentrar nos estudos (especialmente nas matérias de Exatas) e se preparar para o vestibular. Boa sorte!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.