Por que fazer faculdade de desenvolvimento back-end?

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.

Crédito: Foto de Lukas no Pexels.

A faculdade de desenvolvimento back-end se tornou um dos cursos mais procurados nos últimos dois anos. Não é para menos,  a área de tecnologia está crescendo bastante. Por isso, cada vez mais empresas buscam por profissionais capacitados para fazer parte da equipe. Mas, será que vale a pena fazer esse curso?

Muitos vestibulandos podem estar com dúvida se essa carreira é promissora. No entanto, pasme, o profissional de back-end está entre as carreiras do futuro, sem dúvidas.

Quer descobrir por que fazer faculdade de back-end é uma ótima opção de carreira? Você encontrará neste artigo as principais informações sobre a faculdade e o futuro que essa carreira promete.

Carreira promissora

A princípio, o profissional de back-end trabalha com a segurança de aplicações e banco de dados. No entanto, suas funções vão muito além disso, mas esse é o principal foco do trabalho.

Programação é o ponto central dessa profissão. E a boa notícia é que, diversas empresas estão em busca desses profissionais.

Ainda mais, o mundo está seguindo uma tendência digital, sendo assim, a propensão é que mais e mais empresas se adéquem à essas mudanças. 

Novos negócios estão surgindo e o pensamento dos empresários está mudando. Portanto, não há como uma empresa sobreviver sem acompanhar as novidades da tecnologia. Muito menos sem ter ao menos um desses profissionais para fazer parte do time.

Além disso, está tendo uma alta demanda por profissionais qualificados. As mudanças tecnológicas estão acontecendo rápido e faltam profissionais capacitados. Ou seja, há pouca concorrência na área.

Quanto mais capacitado, melhor. Assim, o profissional consegue as melhores vagas e melhores salários.

O perfil para trabalhar com back-end

Antes de decidir qual curso pretende fazer, muitos alunos analisam se possuem o perfil adequado. Então, se você quer fazer faculdade de back-end você precisa verificar se possui o perfil. 

Afinidade com tecnologia e cálculos

Quem deseja trabalhar na área de back-end vai lidar diariamente com tecnologia. Além de trabalhar com programação, sistemas, bancos de dados, etc.

Além disso, é preciso ter conhecimento em cálculos. Portanto, o aluno já terá contato com cálculos na faculdade, assim estará preparado ao longo da carreira.

Visão analítica

Antes mesmo de trabalhar na área, o aluno precisa desenvolver a sua visão analítica. É preciso ter uma atuação decisiva e procurar as melhores soluções e as mais eficientes. 

Durante a carreira é fundamental ter essa visão, além de organização e foco. Para que não ocorra falhas devido a falta de atenção e percepção. 

Empatia

A princípio, quando se fala em área de tecnologia, muitos pensam ser algo mais “robótico”. Você precisará lidar com clientes ou usuários da aplicação, por isso, será preciso entender como eles podem aproveitar mais do produto e terem uma boa experiência. 

Se você não for empático e não souber ouvir o outro lado, possivelmente, não terá sucesso na carreira.

Os melhores salários

Outro motivo para você fazer esse curso é o salário oferecido para esses profissionais. A área da tecnologia é uma das mais bem pagas do país e do mundo. Pode ser empresa de pequeno até o grande porte, o salário é bastante atrativo.

O salário desse profissional pode variar conforme o tipo de empresa, localidade e nível de experiência. Contudo, são os melhores salários que alguém pode ter desde o início da carreira.

Por exemplo, um desenvolvedor de back-end trainee de uma pequena empresa, pode ganhar em média R$1.936,82.

Conseguindo trabalhar para uma empresa de grande porte, seu salário pode chegar a R$3.273,23. 

Sendo assim, a área de TI, está cada vez mais valorizada. Pois, recentemente, as empresas viam essa área como um custo. Agora, elas enxergam como investimento e compreendem a importância desses profissionais.

Além do salário atrativo, essa profissão oferece uma melhor qualidade de vida, pois a maioria das empresas permite que estes profissionais trabalhem remotamente.

Aprendizagem ativa

Durante a faculdade de back-end, o aluno terá contato com diversas matérias para capacitá-lo para o mercado de trabalho. Geralmente, esse curso não é muito longo, como em outras graduações. Mas, não significa que você vai aprender pouco. Além disso, você terá contato com diversos profissionais experientes e ativos no mercado. 

A faculdade Anhanguera, por exemplo, que criou o primeiro curso de Desenvolvimento Back-End, conta com 4 semestres de duração.

Durante esse período o aluno aprenderá:

  • Lógica Computacional;
  • Linguagem de programação;
  • Modelagem de banco de dados;
  • Arquitetura e organização de computadores;
  • Entre outros.

Por outro lado, mesmo com uma excelente formação, o profissional de back-end após formado não pode deixar de se especializar. A constante atualização é parte fundamental da vida de um profissional de back-end.

Mercado de trabalho para profissionais de back-end

Até aqui você já pôde perceber que o mercado de trabalho para o profissional de back-end é promissor. As empresas estão se adaptando e entendendo a importância desse profissional para os negócios.

Sendo assim, não irá faltar oportunidades, pois a tendência é crescente.

Ainda mais, esse profissional pode trabalhar em diversos segmentos, não apenas nas áreas voltadas para tecnologia.

Veja algumas áreas onde o profissional de back-end pode atuar:

  • Agências de marketing;
  • Bancos tradicionais e/ou digitais;
  • E-commerces;
  • Startups;
  • Órgãos públicos;
  • Instituições de ensino;
  • Desenvolvedoras de softwares;
  • Entre outros.

Outra possibilidade que o mercado oferece é o empreendedorismo. Cada vez mais pessoas apostam em ter os próprios negócios, sendo assim, você pode ter a sua própria empresa. Consequentemente, você vai gerar mais empregos.

Faculdade de desenvolvimento back-end: escolha como se formar

Por fim, mas não menos importante, ao fazer faculdade de desenvolvimento Back-End você pode optar por como você quer estudar. Por exemplo, muitas faculdades oferecem a modalidade presencial ou online. Assim, você escolhe qual a melhor forma de estudar.

O curso oferecido pela faculdade Anhanguera é totalmente online. Assim, os alunos estudam e criam o seu próprio horário de estudo. Desse jeito, você não perde a oportunidade de se formar, sem atrapalhar o seu trabalho ou outras atividades.

Definitivamente, não há desculpas para não fazer o curso de back-end. Quem se formar nesta área terá um futuro promissor, com os melhores salários e grandes oportunidades.

Não perca tempo e aprofunde-se no tema lendo o que faz um profissional de desenvolvimento back-end e saia na frente.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.