Primeiros anos do curso de Engenharia Elétrica: saiba como funciona

Lucas Fonseca e Silva
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: Photo from Pixabay

Você está prestes a ingressar no ensino superior? Se pensa em entrar no curso de Engenharia Elétrica, acompanhe essa publicação para entender como funciona essa graduação desde os primeiros anos na faculdade.

Além de tratar sobre os objetivos do curso de Engenharia Elétrica, o intuito desse conteúdo é te deixar bem informado sobre, principalmente, o que você aprenderá nos primeiros períodos da graduação.

Por isso, continue a leitura e entenda tudo sobre essa profissão tão requisitada no mercado de trabalho.

Como funciona o curso de Engenharia Elétrica?

Objetivo do curso

O curso de Engenharia Elétrica pretende formar profissionais capacitados a projetar, construir e monitorar sistemas de geração, transmissão ou distribuição energia elétrica. 

Em média, o curso de Engenharia Elétrica tem duração de 5 anos, com uma carga horária mínima de 3.600 horas. Sendo assim, algumas universidades possuem uma carga horária maior ou menor, dependendo da maneira pela qual são distribuídas as diversas disciplinas durante a graduação.

Vale ressaltar também, que o curso é do tipo bacharelado e está disponível na modalidade EAD, semipresencial ou à distância, em diversas universidades brasileiras.

Perfil ideal para o curso 

É claro que não existe um perfil ideal para os diferentes cursos do ensino superior. Contudo, para o curso de Engenharia Elétrica é essencial que o estudante se identifique bastante com as áreas de exatas. 

Ademais, o curso exige muito estudo e organização para que o estudante consiga se dar bem nas diferentes disciplinas.

Como são os primeiros dois anos de curso de Engenharia Elétrica?

No primeiro ano de Engenharia Elétrica, as matérias são focadas na introdução ao curso. De modo geral, a maior parte das disciplinas tratadas nos primeiros semestres são comuns aos diversos cursos da área de Engenharia.

Dessa forma, entende-se que esse primeiro ano serve como uma base para o aprofundamento na área. E assim, disciplinas menos específicas.

Já no segundo ano da graduação, as matérias específicas da Engenharia Elétrica começam a ter mais destaque. A partir dessa etapa, o estudante já pode procurar um estágio curricular.

As principais disciplinas desses dois primeiros anos são:

  • Álgebra;
  • Introdução ao Cálculo;
  • Física;
  • Química;
  • Geometria Analítica;
  • Estatística;
  • Ciências dos Materiais.

Considera-se, portanto, que os dois primeiros anos do curso de Engenharia Elétrica desde o início é voltado para as Ciências Exatas. No entanto, a base teórica dos dois primeiros anos é muito importante para o desenvolvimento completo do estudante.

Nesse período, é essencial que o aluno esteja ciente que a graduação em Engenharia Elétrica, assim como em outras áreas da Engenharia, define-se. Por isso, é muito comum que, nos primeiros semestres, o estudante ainda não se identifique totalmente com o conteúdo tratado no curso.

Também, mesmo que sejam matérias já conhecidas no ensino médio, como Física, Química, Álgebra e Geometria Analítica, a profundidade dos assuntos já mostra as especificidades do curso de Engenharia Elétrica. Assim, é essencial muita dedicação e estudo desde o início da graduação. 

A base construída pelas matérias de Cálculo é fundamental para todo o curso. Essa disciplina divide-se entre diferentes níveis de aprofundamento. Ou seja, para você conseguir aplicar a segunda etapa da disciplina de Cálculo, é indispensável que você tenha finalizado a primeira parte da matéria.

Se prepare para a etapa final do curso

Nos últimos anos de faculdades, a correria é ainda maior! Se você se saiu bem nos dois primeiros anos, já estará bem preparado para encarar a fase final do curso. A partir do terceiro ano, tudo o que você aprendeu na etapa introdutória do curso, começa a ser aplicado às disciplinas específicas do curso de Engenharia Elétrica.

Se você pensa em iniciar seu projeto de TCC, é importante que você tenha fixado as matérias iniciais do curso e saiba como inseri-las em seu estudo! 

Dicas para os primeiros anos de Engenharia Elétrica

Nos primeiros períodos da faculdade é normal os estudantes ainda não estarem ambientados ao volume de atividades e trabalhos. Pensando nisso, algumas dicas podem ser muito importantes para você se dar bem assim que ingressar no curso de Engenharia Elétrica.

Veja a seguir!

Participe das aulas

Não precisa ficar envergonhado caso não entenda uma explicação ou se ainda tenha dúvidas sobre um assunto básico. É importante que você participe das aulas para exercitar seu conhecimento e tirar suas dúvidas, mesmo que elas sejam relacionadas às matérias introdutórias do curso de Engenharia Elétrica.

Providencie uma calculadora

Não pense que um engenheiro tem que saber fazer todas as contas de cabeça. Pelo contrário, o volume de cálculos é grande e as contas, muitas vezes, necessitam da ajuda de uma calculadora científica.

Por isso, desde o primeiro semestre da graduação, é essencial que você tenha em mãos uma boa calculadora.

Aproveite para conhecer outras áreas da Engenharia

Além da Engenharia Elétrica, outras áreas da Engenharia podem despertar seu interesse. Sendo assim, aproveite o momento introdutório ao curso para conhecer mais sobre as diferentes especialidades de um engenheiro.

Tenha foco desde o começo

Leve a sério o curso desde o começo, pois as matérias tratadas nos primeiros semestres são essenciais para a compreensão de outras disciplinas especializadas da Engenharia Elétrica. Estas, serão tratadas a partir do terceiro ano da graduação.

Ainda não se preocupe com sua carreira profissional

É muito difícil termos um direcionamento profissional logo no início do curso, principalmente no primeiro ano. Desse modo, é essencial que você se dedique exclusivamente ao aprendizado, antes de pensar em quais áreas pretende atuar como engenheiro elétrico. 

Assim sendo, aproveite as oportunidades de estágio para ter experiências no mercado de trabalho e depois pense em qual área deseja dedicar-se após o término da graduação. 

Como ingressar no curso de Engenharia Elétrica

Antes de ingressar na graduação, pesquise sobre as faculdades que possuem esse curso e que são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Depois, comece a pensar na sua preparação para o ensino superior.

Há diversas formas de ingressar no curso de Engenharia Elétrica. A primeira delas é a aprovação em um vestibular específico para cada instituição de ensino.

Além disso, você pode optar por utilizar sua nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para conquistar sua vaga na faculdade particular ou pública.

Por fim, há a possibilidade de ingresso em uma faculdade particular com bolsa de estudos, caso você atenda aos requisitos essenciais para participar dos programas de auxílio ao estudante.

Se gostou do conteúdo e quer ficar atento à outras publicações relacionada ao curso de Engenharia Elétrica, acesse aqui!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.