Psicologia x Direito: descubra as principais diferenças

João Victor Chiaratti Maissen
Profissional graduado em Publicidade e Propaganda pela ESPM com experiências em Marketing Digital, Relações Públicas, Produção de Eventos e Comunicação em negócios das áreas de educação, entretenimento, e-commerce, varejo, entre outros. Estou disposto a ser um grande pensador criativo com uma mentalidade estratégica.
1

Crédito: Foto de Charlotte May no Pexels.

Você sabe quais são as principais diferenças entre os cursos de Psicologia e Direito?

Chegou a hora de decidir o seu futuro, e escolher uma graduação nesse momento não é uma tarefa nada fácil. Afinal, como decidir o que fazer em uma idade tão nova, não é mesmo? Ainda assim, é possível tomar essa decisão de maneira mais tranquila e concisa. Dessa forma, é muito importante pesquisar sobre os cursos que você tem em mente, além de absorver todo conteúdo que estiver disponível. 

Tendo isso em vista, hoje vamos falar de dois cursos que são bem populares entre o público brasileiro: Direito e Psicologia. Essas duas faculdades estão entre os 10 cursos de graduação mais procurados pelos estudantes. Apesar desses cursos serem de naturezas diferentes, se assemelham em alguns tópicos. Afinal, o comportamento humano é um assunto em comum entre essas duas áreas.

Vai cursar Direito e é fã da série How To Get Away With Murder?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil entre os “Keating 5”

Então, separe alguns minutos do seu dia porque nós do Hora da Facul preparamos um conteúdo explicativo sobre essas duas graduações. Sendo assim, você conseguirá aprender um pouco mais sobre cada uma e até, quem sabe, escolher a melhor opção para você.

Vamos entender as diferenças entre Psicologia e Direito?

Psicologia ou Direito?

Antes de mais nada, você precisa ter em mente que certas profissões demandam determinadas habilidades e perfis. Dessa maneira, vamos detalhar um pouco o que os profissionais de Psicologia e Direito fazem, como é a faculdade e quais são as áreas de atuação de cada uma dessas graduações.

Vai fazer vestibular para Psicologia?

Descubra qual área de atuação mais combina com você

 

O advogado é aquele profissional que tem como principal função defender os interesses de uma pessoa física ou jurídica, com base na legislação do país em que atua. Logo, para saber defender seus clientes, o advogado deve ter total conhecimento das leis, desenvolver argumentos persuasivos e, é claro, se comunicar de forma clara e super eficaz. 

Já o psicólogo, por sua vez, é aquele profissional que estuda e analisa todos os fenômenos psíquicos e comportamentais do ser humano por meio da análise de suas emoções, sentimentos, ideias e vontades. Logo, esse profissional observa e examina todas as atitudes e reações mentais de seus pacientes. Assim, ele consegue ajudá-los na identificação de certos problemas e comportamentos.

Já deu para perceber que, mesmo sendo duas graduações bem diferentes, há alguns pontos em comum, não é mesmo? 

Vai fazer vestibular para Direito? 

 

Confira aqui se você tem o perfil dos estudantes e profissionais da área

Como é a faculdade de Psicologia?

Segundo o  Ministério da Educação (MEC), a graduação em Psicologia deve oferecer uma carga mínima de 4.000 horas de aulas. Portanto, o total de horas do curso deve ser distribuído em cinco anos de estudos. Vale ressaltar que todas as faculdades que possuem aprovação do governo para administrar o curso devem seguir essa norma. 

Os tipos de graduação em Psicologia

Aqueles que querem seguir na área de Psicologia devem ter em mente que há dois tipos de graduação: o bacharelado ou a licenciatura. Sendo assim, o estudante deve decidir qual área deseja seguir. Veja abaixo as principais diferenças:

Bacharelado: A graduação bacharelado em Psicologia é bastante comum em universidades. Ao concluir esse tipo de formação, o profissional terá a oportunidade de trabalhar como psicólogo ou pesquisador.

Se inspirou em Suits e vai fazer vestibular para Direito?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil na série

Licenciatura: A licenciatura, por sua vez, é focada na formação de professores. Aqueles que optarem por essa modalidade, poderão atuar em escolas e colégios, auxiliando no desenvolvimento de métodos educacionais, por exemplo.

Os anos de graduação em Psicologia

Os primeiros anos de graduação em Psicologia são voltados para conhecimentos mais teóricos e matérias de base. Logo, com o passar dos semestres, os alunos terão mais contato com disciplinas mais focadas no universo da Psicologia. Dessa forma, a partir do terceiro ano, os estudantes realizam o estágio supervisionado. Por meio desse, os alunos se aproximam de casos de pacientes de diversos tipos.

Ao final da graduação, os futuros psicólogos devem dedicar-se ao famoso Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Contudo, o estágio supervisionado continua e os estudos de matérias opcionais também. Confira algumas das principais matérias:

  • Psicologia Geral;
  • Filosofia I;
  • Anatomia;
  • Genética Humana;
  • Histologia;
  • Psicologia Experimental;
  • Psicologia Comportamental;
  • Desenvolvimento Humano.
  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia do Trabalho;
  • Dinâmica de Grupo;
  • Psicologia Institucional.

Porém, não se esqueça: a grade curricular varia de acordo com a instituição de ensino. As matérias acima são apenas alguns exemplos.

Como é a faculdade de Direito?

A graduação em Direito é do tipo bacharelado e possui duração média de cinco anos, sendo possível realizá-la no período diurno, vespertino ou noturno. Assim como na maioria dos cursos de graduação, os primeiros anos de Direito são voltados para disciplinas básicas das Ciências Humanas. A partir do segundo e do terceiro ano de curso, as disciplinas teóricas diminuem e as matérias com conceitos mais específicos são apresentadas. Nesse sentido, é nesses anos que os estudantes começam a  elaborar trabalhos mais complexos.

Nos últimos anos, a faculdade de Direito prepara seus alunos para o mercado de trabalho, apresentando disciplinas relacionadas à prática jurídica. Além disso, os alunos também devem apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para se formarem. Veja algumas matérias do curso de Direito:

  • Ética;
  • Filosofia;
  • Teoria Geral do Processo;
  • Direito Civil;
  • Direito Penal;
  • Psicologia Forense;
  • Sociologia;
  • Direito Administrativo;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito Empresarial;
  • Prática Jurídica;
  • Direito Tributário;
  • Empreendedorismo;
  • Direito Internacional;
  • Direito Ambiental.

Contudo, além de concluir uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), o advogado recém-formado deve ser aprovado no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Assim, o profissional consegue exercer os cargos de advogado, promotor, juiz, etc. 

Psicologia: áreas de atuação

O campo de atuação da Psicologia amplia-se cada vez mais e há demanda por psicólogos tanto no setor público quanto no setor privado. Portanto, não é à toa que o curso de Psicologia é um dos grandes favoritos dos brasileiros.

Sendo assim, o mercado para o psicólogo pode ser bem diverso e um pouco difícil para a hora da decisão. Então, é necessário estudar muito bem cada área para escolher aquela com a qual o profissional possui mais afinidade. Conheça alguns exemplos:

  • Psicologia Clínica;
  • Psicologia do Trabalho;
  • Psicologia Educacional;
  • Psicologia da Saúde;
  • Psicologia do Trânsito;
  • Psicologia Hospitalar;
  • Neuropsicologia;
  • Psicologia Social;
  • Psicologia Jurídica;
  • Psicomotricidade.

Direito: áreas de atuação

Assim como a Psicologia, a graduação de Direito também pode apresentar um campo de atuação bem diverso. Entretanto, muitos estudantes ficam na dúvida sobre qual área seguir.  Conheça alguns exemplos de atuação no Direito:

  • Direito Penal;
  • Direito Civil;
  • Direito Ambiental;
  • Direito Empresarial;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito Trabalhista;
  • Direito Tributário;
  • Direito Internacional;
  • Direito da Tecnologia da Informação;
  • Direito Agrário;
  • Direito Imobiliário.

E aí? O que achou das diferenças entre Psicologia e Direito? 

Separamos outras matérias que podem ser interessantes para o seu futuro profissional em Direito ou Psicologia.

Faculdade de Psicologia: o que saber antes do vestibular

Quanto ganha um psicólogo?

Duração do curso de Psicologia

As principais áreas da Psicologia

Faculdade de Direito: Tudo o que você precisa saber

Melhores Faculdades de Direito e como escolher

Tudo que você precisa saber para ter sucesso no vestibular para Direito

Conheça 10 profissões de Direito que estão em alta

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.