Qual a duração do curso de Arquitetura de Dados?

nathaliadreycosta
Colaborador do Hora Da Facul

Embora a semelhança no nome, a Arquitetura tradicional e a Arquitetura de Dados não são a mesma coisa! Aliás, um arquiteto de dados não irá planejar e projetar edificações, não. A sua responsabilidade profissional, na verdade, está relacionada à Tecnologia da Informação (TI), uma área bastante promissora atualmente.

Para trabalhar como arquiteto de dados, é importante cursar uma graduação de Arquitetura de Dados. Desse modo, o estudante interessado na área estará apto a desempenhar as funções profissionais. Mas, essa graduação é muito demorada? Se você optar pelo curso, quanto tempo dedicará à formação? Afinal, qual a duração do curso de Arquitetura de Dados?

Vamos descobrir!

O que é Arquitetura de Dados?

Todos os dias somos bombardeados com dados e informações de todos os tipos e de todos os lados. Assim, é compreensível que tenhamos a necessidade de um profissional que organize esse mar de dados e informações. Nesse momento entra o arquiteto de dados e a Arquitetura de Dados em ação.

Através da Arquitetura de Dados, é possível organizar os dados de qualquer organização e empresa, os seus ativos informacionais. Desse modo, esse número gigantesco de dados é estruturado e organizado como um banco de dados. Assim, é possível encontrarmos, em meio a tanto conteúdo, os dados que desejamos em determinado momento: um arquivo, uma pasta no computador, documentos, informações e tudo mais. Para organizar e facilitar o acesso ao banco de dados de uma determinada empresa ou organização, existe o arquiteto de dados.

A organização dos ativos informacionais é realizada por meio de uma estrutura, na qual são armazenados, que possibilita abrigar grande quantia de informações e disponibilizá-la de maneira simples aos usuários.

E o que faz, exatamente, um arquiteto de dados?

O cotidiano profissional do arquiteto de dados consiste em operar na estruturação desses ativos informacionais. Assim, esses profissionais organizam as informações em dados que podem ser acessados por todos, principalmente por aqueles que não possuem domínio de TI ou programação. A acessibilidade e estruturação dos dados são suas principais funções.

Através dessa estruturação acessível, as empresas e organizações que dispõem de uma boa Arquitetura de Dados permitem que seus colaboradores acessem as informações e o banco de dados. Assim, tudo isso pode ser realizado de forma organizada e simplificada. Em muitas empresas de tecnologia (mas não somente nesses casos), os profissionais da Arquitetura de Dados tornaram-se essenciais para o bom funcionamento. Isso porque a organização dos dados permite que os mesmos sejam utilizados da melhor maneira, facilitando o trabalho de todos.

Para se tornar um arquiteto de dados, é possível escolher o caminho de uma instituição de ensino preparada para repassar os conhecimentos necessários.

Como estudar Arquitetura de Dados?

O curso de Arquitetura de Dados é voltado aos estudantes que desejam se inserir no promissor mercado da tecnologia. Portanto, uma das exigências para quem está pensando em cursar Arquitetura de Dados é descobrir o gosto pela programação e pela TI. Esse interesse é essencial, pois, o estudante de Arquitetura de Dados encontrará grande volume de conteúdos voltados à programação e análise de dados.

Além disso, outro diferencial no perfil do estudante de Arquitetura de Dados é a facilidade com algoritmos e linguagens SQL e Phyton, para programação. O domínio do idioma inglês também é um recurso que auxilia o futuro arquiteto de dados, visto que grande parte do conteúdo e do mercado tech opera nesse idioma.

Online e acessível

O curso de Arquitetura de Dados é do tipo tecnólogo e realizado na modalidade 100% online. Assim, é possível se tornar um arquiteto de dados conciliando uma rotina de trabalho e estudos. Além da modalidade EAD, o curso de Arquitetura de Dados oferece mensalidades acessíveis em algumas instituições de ensino que possuem o tecnólogo em sua grade. Alguns exemplos são a Anhanguera, a Unopar e a Pitágoras.

Outra boa notícia são os valores das mensalidades. Nessas faculdades, você poderá cursar Arquitetura de Dados por R$149,90 por mês. Além de mensalidades acessíveis, a modalidade online possibilita outras economias, tornando a formação em Arquitetura de Dados muito mais acessível.

Afinal, qual a duração do curso de Arquitetura de Dados?

Como já explicamos, o curso de Arquitetura de Dados é do tipo tecnólogo. Portanto, sua duração é reduzida em comparação com outras graduações. A duração do curso de Arquitetura de Dados é de 2 anos e meio, cursados em cinco semestres.

Os cursos tecnólogos costumam ter duração reduzida por serem mais práticos e objetivos, voltados à formação para o mercado. Porém, isso não significa que não tenham valor ou que sejam mais fáceis. A duração é condensada por questões práticas, mas a carga de estudos exigirá dedicação. Além disso, são cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e que fornecem, com a conclusão, o diploma para o formado.

Qual o perfil profissional do arquiteto de dados?

Ao concluir o curso de Arquitetura de Dados, o profissional estará apto a desempenhar inúmeras funções que garantirão um bom funcionamento da empresa ou organização. Como dito acima, seu trabalho em prol da estruturação dos ativos informacionais e da organização dos dados permite que o trabalho seja realizado de maneira mais fluída. Para isso, o arquiteto de dados que concluir o curso precisará estar apto a:

  • Criar, consultar e alterar bancos de dados (linguagem SQL);
  • Criar estruturas lógicas, condicionais e de repetição;
  • Construir algoritmos de busca e ordenação;
  • Usar classes, métodos e bibliotecas;
  • Manipular e analisar dados;
  • Aplicar conceitos de bancos de dados não-convencionais;
  • Aplicar conceitos de probabilidade e estatística para análise de dados;
  • Gerir dados em ambientes corporativos por meio do uso da cultura dos dados (data-driven).

O arquiteto de dados formado poderá trabalhar em diferentes tipos de empresas e organizações, nas mais diversas áreas. Essa variedade se dá pela demanda por esse profissional na atualidade, visto o montante de dados gerados por empresas e usuários todos os dias, em todos os cantos do mundo. Assim, a atuação do arquiteto de dados poderá contemplar as atividades de:

  • Desenvolvimento, construção e manutenção de arquiteturas de dados;
  • Alinhamento de arquitetura de dados com recursos empresariais;
  • Uso de dados para automatizar tarefas.

 

Gostou de conhecer mais sobre o curso de Arquitetura de Dados? Continue ligado no Hora da Facul e nos conteúdos da Academia Tech!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.