Qual é o preço da faculdade de Arquitetura e Urbanismo?

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.

Crédito: Foto de energepic.com de Pexels.

De antemão, sabemos que cursar arquitetura e urbanismo é o sonho de muitas pessoas. Inclusive, é um dos cursos mais procurados no Brasil. Porém, com tantas possibilidades de instituições e seus diversos valores, fica difícil escolher e decidir a melhor opção.

Objetivando apresentar as possibilidades para que você tome a melhor decisão para o seu bolso – mas sem deixar a qualidade de lado – preparamos um conteúdo incrível para você sobre o preço da faculdade de arquitetura e urbanismo. 

Valor médio da faculdade de Arquitetura e Urbanismo

À primeira vista, o preço da faculdade de arquitetura sofre diversas variações. Por isso, talvez você se pergunte: quanto custa a faculdade de arquitetura e urbanismo? 

Primeiramente, encontramos valores mensais que vão de R$500,00 até quase R$5.000. Basicamente, temos para todos os bolsos. 

Veja a seguir o preço médio nas universidades: 

  • Mackenzie: R$ 3.186,00
  • PUC-PR: R$ 2.797,31
  • Belas Artes: R$ 4.998,33
  • FAAP: R$ 3.935,00
  • FEBASP: R$ 3.310,97

Não há dúvidas, esses preços não cabem no bolso de todos os brasileiros. Pior ainda, eles podem representar o fim ou adiamento do seu sonho. 

Exatamente por este motivo, separamos para você outras opções acessíveis e com qualidade. Encontramos mensalidades a partir de:

  • Anhanguera: R$ 900,00
  • Unopar: R$ 449,00
  • Pitágoras: R$ 459,00
  • FAMA: R$ 1.350
  • Unicid: R$ 900,00
  • São Judas Tadeu: R$ 2.056,00

Diferença de preço entre regiões do Brasil

Do mesmo modo que ocorre com as diferentes universidades, também há variações no valor do curso de arquitetura conforme as regiões do Brasil. 

Por exemplo, em Curitiba, o valor da mensalidade da PUC pode chegar a R$ 3.065,47 – isso apenas para o 1° semestre. 

Por outro lado, em regiões como Minas Gerais, os valores vão de R$ 1.000 a R$ 1.500. Já no Distrito Federal, aparentemente, temos valores que também são mais acessíveis, isso se comparado às faculdades mais elitizadas. O preço da faculdade de arquitetura e urbanismo varia entre R$ 500 e R$ 2.000,00. 

Ainda mais, em São Paulo, a média fica entre R$ 600 e R$ 2.500. No entanto, a maioria fica próxima aos R$ 1.200,00. A exemplo destas, temos a já mencionada Anhanguera, bem como a UNINOVE e a FAM. 

Valor médio em outras regiões do país 

  • Natal: R$ 800,00,00
  • Recife: R$ 1.200,00
  • Goiânia: R$ 850,00
  • Curitiba: R$ 1.500,05
  • Fortaleza: R$ 1.450,00
  • Salvador: R$ 990,00
  • Belo Horizonte: R$ 1880,00
  • Manaus: R$ 700,00
  • Teresina: R$ 970,00
  • São Luis: R$ 1.015,00
  • Maceió: R$ 500,00
  • Acre: R$ 1.100
  • Amapá: R$ 750,00
  • Amazonas: R$ 600,00
  • Bahia: R$ 1.250,00
  • Espírito Santo: R$ 1.000,00
  • Goiás: R$ 950,00
  • Maranhão: R$ 1.200,00
  • Mato Grosso: R$ 1.250,00
  • Mato Grosso do Sul: R$ 800,00
  • Pará: R$ 850,00
  • Pernambuco: R$ 750,00
  • Piauí: R$ 950,00
  • Rio de Janeiro: R$ 850,00
  • Rio Grande do Norte: R$ 1.050,00
  • Rio Grande do Sul:R$ 1.100,00
  • Rondônia: R$1.000,00
  • Santa Catarina: R$ 1.000,00
  • Tocantins: R$ 900,00
  • Sergipe: R$ 950,00

Dessa forma, lembramos que esses são apenas uma média dos valores para cada uma dessas regiões. O preço pode sofrer alterações a depender da instituição. 

Valor da faculdade de Arquitetura em algumas instituições pelo Brasil

Veja agora o quanto custa a faculdade de arquitetura e urbanismo em determinadas instituições em regiões diferentes do país: 

  • Universidade Cruzeiro do Sul – São Paulo (SP) – R$ 560,00 
  • Faculdade Metropolitana de Manaus – Manaus (AM) – R$ 600,00
  • Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – Salto (SP) – R$ 519,29
  • Centro de Estudos Superiores de Maceió – Maceió (AL) – R$ 750,00
  • Faculdade de Ciências Humanas Esuda – Recife (PE) – R$ 900,00
  • Universidade Tiradentes – Aracaju (SE) – R$ 1.134,00
  • Universidade Estácio de Sá – Ribeirão Preto (SP) – R$ 1.504,19
  • Centro Universitário do Distrito Federal – Brasília (DF) – R$ 1.270,00
  • Faculdade Boa Viagem – Recife (PE) – R$ 1.310,21
  • Faculdade Ruy Barbosa – Salvador (BA) – R$ 500,00
  • Universidade Católica de Brasília – Brasília (DF) – R$ 1.887,00
  • Universidade de Mogi das Cruzes – Mogi das Cruzes (SP) – R$ 1.025,66

Diferença de preço entre as modalidades de ensino

Sob o mesmo ponto de vista da diferença entre as regiões brasileiras, também temos variações no quanto custa a faculdade de arquitetura quando o assunto é modalidade de ensino. 

Sobretudo, é um fato sabido de todos que o EAD apareceu e revolucionou a aprendizagem e educação de todos. O ensino a distância traz muitos benefícios, como a flexibilidade de horário. Muito além da questão de tempo, temos também o custo reduzido. 

Nesse ínterim, o valor do curso de arquitetura dificilmente ultrapassa os R$800,00. Segundo o site EAD, há mensalidades a partir de R$ 400,00. 

Ainda mais, outro ponto relevante é que, a depender da instituição de ensino, o ensino poderá ser semipresencial. Ou seja, com encontros semanais ou esporádicos, agendados pelo professor. Normalmente, esses encontros presenciais são marcados para aulas em laboratório. 

Em síntese, estudar arquitetura EAD tem seus benefícios. Como vimos, nos cursos presenciais a mensalidade pode chegar a quase R$5.000,00. Por outro lado, na graduação a distância, os valores não passam de R$800,00. 

Como é o curso de Arquitetura e Urbanismo

A princípio, a faculdade de Arquitetura e Urbanismo tem a duração média de 5 anos (a distância e presencial). Além disso, ela está na categoria de bacharelado. Neste curso você aprenderá a projetar espaços internos e externos. Bem como a organizar tais espaços – sempre levando em conta o conforto, funcionalidade e estética. 

Ainda mais, um ponto relevante é que boa parte da carga horária é formada por aulas práticas. E, para poder concluir, é necessário a apresentação do TCC e, muitas vezes, a realização de um estágio. 

Como é o curso de Arquitetura e Urbanismo à distância

Desde já você sabe que cursar sua graduação na modalidade EAD traz diversas vantagens. E, quando falamos de Arquitetura, não é diferente. 

No entanto, vale lembrar que boa parte das universidades oferecem o curso semipresencial. Ou seja, a depender da universidade, você terá que comparecer ao polo de 2 a 3 vezes por semana. Isso porque apenas parte do conteúdo curricular é cursado totalmente EAD. 

De maneira geral, o aluno conta com o apoio do ambiente virtual de aprendizagem, biblioteca online e chat com tutores e professores. Ainda é possível estabelecer comunicação através de e-mail. Tais disciplinas contam com videoaulas, apostilas virtuais, fóruns, atividades e comunicação com outros colegas virtuais. 

Ainda mais, o restante da assistência aos alunos é feita no polo da instituição. Nesses casos, isso acontece através de encontros com os professores, tutores, atividades laboratoriais e até por teleconferências ao vivo. 

Como escolher sua graduação em Arquitetura EAD

Enfim, por mais que se graduar a distância ofereça muitos benefícios, é necessário ter cuidado ao escolher a faculdade. Afinal de contas, é um investimento e, ainda mais, são anos da sua vida que você irá dedicar a um curso. 

Antes de mais nada, certifique-se de que a instituição: 

  • seja reconhecida pelo MEC – Ministério da Educação; 
  • tenha uma boa infraestrutura, como biblioteca física e virtual, salas bem equipadas, laboratórios com bons aparelhos etc.;

Assim também, com esses pontos, outro diferencial é se a faculdade possui parcerias com outras instituições como empresas. A finalidade é que os alunos possam ampliar suas oportunidades no mercado de trabalho. Principalmente que o futuro arquiteto tenha seu ingresso facilitado no mercado. 

Disciplinas mais comuns

De antemão, vale dizer que as disciplinas podem variar conforme a instituição de ensino. Mesmo assim, veja a seguir as disciplinas mais recorrentes, segundo o site Guia de Carreira

  • Arquitetura e Urbanismo  Integrada
  • Arquitetura e Urbanismo Interdisciplinar
  • Arquitetura Sustentável
  • Ciências Sociais
  • Comunicação e Expressão
  • Conforto Ambiental (Acústica, Clima, Iluminação, Insolação e Ventilação)
  • Desenho de Representação e Observação
  • Desenho Técnico e Expressivo
  • Ergonomia, Antropometria e Acessibilidade
  • Estética do Projeto
  • Estudos Ambientais e Saneamento Urbano
  • Ética e Legislação Profissional
  • História da Arquitetura no Brasil
  • História Geral da Arte
  • Homem e Sociedade
  • Informática Aplicada
  • Instalações Prediais (Elétrica e Hidráulica)
  • Materiais Naturais e Artificiais
  • Projeto Arquitetônico
  • Projeto de Mobiliário Urbano
  • Projeto do Objeto
  • Projeto para Edifícios Multifuncionais
  • Projeto Urbano e Paisagismo
  • Resistência dos Materiais
  • Sistemas Estruturais
  • Técnicas Retrospectivas
  • Tecnologia da Construção
  • Topografia para Arquitetura e Urbanismo.

Materiais importantes para o curso

À primeira vista, definir os itens a serem usados ​​ao longo do curso pode ser complicado. A razão para isto é que vários fatores influenciam este problema, tal como as obras e projetos que irá desenvolver na universidade, este é o ramo da arquitectura que mais o atrai e o seu interesse pelo desenho.

Portanto, a quantidade de produtos para cada aluno e os custos envolvidos serão diferentes. Porém, alguns materiais são muito comuns, e não é difícil ver colegas usando objetos semelhantes aos seus, como: esquadros, escalímetros, compasso, réguas, pasta A3 e/ou tubo plástico, blocos de papel A3, calculadora científica etc.

O que faz um arquiteto? 

De antemão, entendemos como é o curso de arquitetura, mas o que realmente um arquiteto faz? Esclarecemos essa dúvida abaixo. Separamos por áreas, confira abaixo:

Urbanismo

Assim como o nome sugere, é uma área dedicada ao planejamento urbano. Dentre elas, o arquiteto desempenha funções relacionadas às áreas municipais/zoneamento regional, como projeção de espaços verdes e espaços públicos, planejamento de zoneamento e melhoria da mobilidade urbana no transporte público.

Luminotécnica

A princípio, nesta área, os profissionais são responsáveis ​​pela concepção dos mais diversos projetos de projetos de iluminação de ambientes interiores e exteriores. Por isso, aposta no seu conhecimento técnico para proporcionar o máximo conforto visual e térmico a todas as pessoas no mesmo espaço.

Paisagismo

O paisagismo diferencia-se destes dois últimos campos e visa os conceitos artísticos e estéticos dos espaços exteriores, como jardins, parques, praças e bosques. Assim, utiliza-se equipamentos, materiais e a própria natureza para desenvolver valiosos projetos de decoração integrando esses espaços à cidade.

Restauração de edifícios

Por sua vez, o restauro de edifícios faz parte da arquitetura, privilegiando a restauração parcial ou total dos mais diversos edifícios da cidade. Muitos dos quais são inclusivamente tombados como patrimônio histórico no contexto sociocultural da sua concepção. 

Desta forma, é possível preservar a particularidade de cada obra, garantindo a vida dos edifícios e a segurança de quem os visita ou visita regularmente

Visualização arquitetônica

Outra tendência promissora que continua a se expandir é o campo da visualização arquitetônica. Nele, é possível utilizar diversos softwares para atender às necessidades do mercado, com especialização em modelagem 3D, seja na área interna ou externa de uma edificação.

As pessoas que se dedicam a este trabalho costumam participar essencialmente de projetos exigidos por diversas áreas, como decoração de interiores, publicidade (comercial, apresentação, etc.), principalmente empresas privadas e órgãos estaduais e federais (secretaria, cargos, etc.), que sempre estão no andamento de construções. 

Acompanhamento e gerenciamento de obras

Uma das áreas mais atrativas para os futuros alunos do curso é o acompanhamento e gestão de obras por arquitetos. Estes não devem apenas garantir que as obras sigam projetos bem elaborados, mas também que todas as obras sejam concluídas no prazo e na maior medida.

Como um exemplo muito comum, temos os grandes edifícios, como edifícios e apartamentos, que ainda são customizados quando ainda estão na planta e exigem processos de execução e qualidade incomparáveis.

Desenho de mobiliário

Além de todas as áreas já mencionadas, existem muitos profissionais dedicados ao design de interiores e dedicados à criação, projeção e desenvolvimento de móveis para residências, empresas, lojas, locais religiosos, etc. 

A fim de atender às necessidades do cliente e questões básicas em qualquer ambiente (como circulação, ventilação, função e equilíbrio visual), muitos desses produtos são produzidos até mesmo por clientes sob demanda.

Qual faculdade de arquitetura escolher? 

A princípio, é natural acharmos que as universidades que oferecem um preço menor não possuem qualidade. No entanto, essa não é uma verdade. Mesmo assim, há muitas opções e, de fato, nem todas são boas. 

Assim, separamos para você três faculdades que possuem alta qualidade e que são acessíveis. 

Anhanguera

Primeiramente, ressaltamos que o Centro Educacional Anhanguera é autorizado pelo MEC para ofertar o curso de Arquitetura e Urbanismo. 

De antemão, a duração do curso também é de cinco anos. Dependendo da unidade, poderá escolher entre os turnos noturno ou matutino. 

 O currículo

Igualmente como toda a faculdade deve fazer, o currículo da Anhanguera segue as Diretrizes Curriculares nacionais do MEC. Compreendem as Diretrizes 2 núcleos básicos: 

  • Profissionais: aqui, é trazido temas e abordagens que correspondem exatamente ao trabalho do arquiteto. 
  • Fundamentação: neste núcleo, basicamente há disciplinas que oferecem embasamento teórico para que você desenvolva as atividades de um arquiteto. Incluem as áreas de economia, ciências sociais e humanas.  

Ainda mais uma característica positiva de cursar Arquitetura na Anhanguera é a pluralidade de matérias. As disciplinas do núcleo de conhecimentos profissionais aparecem nos primeiros semestres. Inclusive, uma matéria recorrente é Atelier de Projeto de Arquitetura. Neste projeto, o graduando vivencia etapas de um projeto em seus diferentes níveis de complexidade. 

Da mesma forma, no núcleo de fundamentação, segundo o site Guia de Carreira, temos disciplinas como:

  • Álgebra e Geometria
  • Ciência, Tecnologia e Sociedade
  • Democracia, Ética e Cidadania
  • Educação Ambiental
  • Empregabilidade
  • Estética e História da Arte
  • Estudos Sociais e Econômicos
  • Ética, Política e Sociedade
  • Funções
  • Gramática
  • Lógica Matemática
  • Políticas Públicas
  • Responsabilidade Social
  • Homem, Cultura e Sociedade
  • Metodologia Científica
  • Oficinas de Expressão e Representação

Ainda mais, temos as disciplinas específicas sobre Arquitetura, confira: 

  • Arquitetura Brasileira
  • Arquitetura e Urbanismo (I e II)
  • Conforto Ambiental: Acústico, Lumínico e Térmico
  • Desenho Arquitetônico
  • Ecologia Urbana
  • Fundamentos de Topografia
  • Geometria Descritiva Aplicada à Arquitetura (I e II)
  • História e Teoria da Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo (I a III)
  • Informática Aplicada à Arquitetura e Urbanismo (I e II)
  • Infraestrutura Urbana
  • Instalações Elétricas de Baixa Tensão
  • Instalações Hidrossanitárias
  • Introdução ao Projeto de Arquitetura e Urbanismo
  • Maquete
  • Paisagismo
  • Planejamento Urbano e Regional
  • Resistência dos Materiais
  • Sistemas Estruturais I e II
  • Técnicas Retrospectivas, Restauração e Patrimônio Histórico
  • Tecnologia das Construções (I e II)
  • Urbanismo (I a III)

Igualmente à matriz curricular, um ponto importante a ser mencionado é que a faculdade também oferece vagas para dois programas do Governo Federal. Sendo eles o ProUni e o FIES. 

Ainda mais, eles também contam com programas exclusivos de financiamento estudantil. 

Enfim, através do currículo e da infraestrutura que a universidade oferece, pode-se concluir que é uma boa opção para cursar Arquitetura e Urbanismo. 

Unopar

Antes de mais nada, na Unopar, o curso de Arquitetura e Urbanismo é a distância. A Universidade Unopar irá preparar seus estudantes a construir, planejar e recuperar espaços urbanos. Sempre com o objetivo de agregar valor ao convívio humano e de propiciar qualidade de vida.

Sob o mesmo ponto de vista, graduando-se nesta universidade, você será capacitado para interpretar e atender demandas de moradia. Bem como de espaços públicos, desenvolvendo projetos seguros, funcionais, sustentáveis e confortáveis. 

O currículo

À primeira vista, grande parte da faculdade a distância em arquitetura é formada por diversas disciplinas ligadas à arte, construção e planejamento urbano. O objetivo é aguçar o olhar crítico do aluno. 

Segundo a própria página da Unopar, temos a grade curricular com as disciplinas:

  • Arquitetura Brasileira
  • Atelier De Projeto De Arquitetura 
  • Atelier De Projeto De Paisagismo
  • Atividades Complementares
  • Conforto Ambiental – Acústico E Lumínico
  • Conforto Ambiental – Térmico
  • Desenho De Arquitetura E Urbanismo
  • Ecologia Urbana
  • Ed – Construindo Uma Carreira De Sucesso
  • Ed – Cultura Digital
  • Ed – Desenvolvimento De Carreira
  • Ed – Design Thinking
  • Ed – Responsabilidade Social
  • Est. Cur. Superv. I e II
  • Estética E História Da Arte
  • Estudos Sociais E Econômicos
  • Expressão E Representação – Oficinas
  • Fundamentos De Resistência Dos Materiais
  • Fundamentos De Topografia
  • Geometria Descritiva Aplicada A Arquitetura
  • História E Teoria Da Arquitetura – Do Pré-Modernismo Ao Desconstrutivismo
  • História E Teoria Da Arquitetura, Urbanismo E Paisagismo
  • Informática Aplicada A Arquitetura E Urbanismo – Perspectivas
  • Informática Aplicada A Arquitetura E Urbanismo – Projeções Ortogonais
  • Infraestrutura Urbana
  • Instalações Elétricas De Baixa Tensão
  • Instalações Hidrossanitárias
  • Maquetes
  • Optativa I e II
  • Planejamento Urbano E Regional
  • Sistemas Estruturais – Concreto
  • Sistemas Estruturais – Madeira E Aço
  • Sociedade Brasileira E Cidadania
  • Técnicas Retrospectivas, Restauração E Patrimônio Histórico
  • Tecnologia Da Construção Civil
  • Trabalho Final De Graduação I
  • Trabalho Final De Graduação Ii
  • Urbanismo De Alta Complexidade
  • Urbanismo De Baixa Complexidade

Por fim, aqui temos um diferencial: a aula destaque. Trata-se de encontros lecionados por reconhecidos profissionais do mercado.  Oferecendo, assim, ótimas oportunidades aos alunos de se destacarem no mercado. 

Unicid

Antecipadamente, no curso presencial de arquitetura da faculdade UNICID, o aluno aprenderá a passar e aplicar para o mundo real os desejos do cliente. No entanto, prestando sempre atenção aos critérios de acessibilidade, conforto, sustentabilidade e bem-estar. 

Ainda mais, os diferenciais aqui se dão através da grade curricular, que foi criada especificamente para formar profissionais diferenciados. Sendo assim, suas metodologias exploram o desenvolvimento de projetos, a investigação do problema entre outros. O objetivo é aproximar o seu dia a dia com a arquitetura. 

O currículo

A princípio, a matriz curricular da UNICID é composta por algumas dessas disciplinas: 

  • Fundamentação de projeto arquitetônico
  • História da arquitetura brasileira
  • Desenho arquitetônico
  • Conforto ambiental – ventilação e climatização
  • Modelagem gráfica digital
  • Projeto de paisagismo residencial (ead)
  • Tecnologia e materiais de construção (ead)
  • Projeto arquitetônico – habitação unifamiliar
  • Paisagismo
  • Avaliação ambiental
  • Teoria da arquitetura 
  • Estágio
  • Empreendedorismo
  • Tipografia. 

Como está o mercado de arquitetura para os recém-formados?

A preocupação de muitos vai além do que o preço da faculdade de arquitetura. Pois sabemos que entrar na universidade não é o fim da nossa carreira, mas sim o início. Por isso, desde já, é natural surgir a preocupação de como estará o mercado quando eu estiver formado. 

Segundo pesquisas e dados divulgados pelo IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, o mercado tende a se manter elevado. E, principalmente no âmbito nacional, que é a preocupação inicial da maioria dos estudantes. 

Ainda, esse dado é explicado a partir do percentual da taxa de ocupação, que é de 94,69% aqui no Brasil. Inclusive, estamos falando do quarto maior percentual das ocupações.  

Logo, percebe-se que o preço da faculdade de Arquitetura e Urbanismo varia muito. Temos mensalidades que vão de R$ 400,00 até R$ 4.999,99. Essa variação acontece por muitos motivos. Alguns deles, como observamos no início, decorrem da região, modalidade e, principalmente, da instituição. 

Considerações finais

Neste contexto, analisamos brevemente a grade curricular de algumas instituições de ensino. O que é muito relevante para a sua escolha. Isso porque as matrizes curriculares preparam e exploram o futuro arquiteto para o mercado.

E, mais do que isso, o prepara para todas as possíveis áreas de atuação. Por este motivo, analisar o currículo oferecido por cada faculdade, bem como seus diferenciais é de suma importância. Isso determinará o quão preparado você saíra da faculdade.

Por fim, constatamos que, independentemente do valor, há faculdades que oferecem um excelente ensino, infraestrutura e outros benefícios próprios. Ademais, considere e analise a instituição em que iniciará a sua vida acadêmica. 

Se você chegou até aqui é porque, sem dúvidas, deseja seguir na área de Arquitetura e Urbanismo. sendo assim, confira o que você não pode deixar de saber antes de iniciar na faculdade.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 5

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.