Qual faculdade fazer para ser policial militar?

Felipe Cortinas
Comunicador, jornalista, documentariasta e analista de marketing. Especializado em SEO e em estratégias de marketing inbound.Experiência como social media e criação de designs e vídeos em campanhas publicitárias.Gerenciamento de campanhas de Google Ads e SEO Local. Criação de sites e lojas online.Fotógrafo de eventos, videomaker e documentarista.
1

Inicialmente, não é preciso fazer uma faculdade para ser um policial militar. Na realidade, basta apenas ter concluído o ensino médio, corresponder às exigências da corporação e realizar o concurso público.

Além do mais, seguir carreira e ser um policial militar é o sonho de muitos estudantes que pretendem trabalhar com este órgão do Estado. Nesse sentido, a responsabilidade do policial militar se baseia em fazer parte da força de segurança pública. No entanto, trabalhar com a Polícia Civil e Polícia Federal em alguns cargos exige um ensino superior completo em determinados cursos de graduação.

Então, como dito anteriormente, a carreira do policial militar começa por meio do concurso público. Ele é composto por certas etapas de caráter eliminatório: pré-requisitos de inscrição, prova teórica e prova prática, que se baseiam em exames físicos e psicológicos.

Portanto, os concursos para fazer e ser um policial militar são lançados a nível nacional, estadual e municipal. Para participar é preciso cumprir uma série de exigências. Dentre as mais comuns estão a idade mínima, a altura do grau de instrução. Assim, cada cargo da polícia possui uma lista de pré-requisitos específica.

O edital do curso é o documento que traz todas as informações a respeito. Para ser um policial militar, por exemplo, o edital exige que o grau de instrução mínimo do candidato seja o ensino médio completo. Porém, Polícia Militar também possui em seu quadro um quantidade de profissionais da saúde. Para essas vagas, o edital especifica como um pré-requisito o curso superior em Odontologia, Medicina e Enfermagem.

O que é ser um policial militar?

De maneira geral, ser um policial militar implica ser subordinado, não diretamente de governadores e oficiais superiores, com o posto de coronel, que é o comandante-geral. Assim, uma das principais funções do policial militar é a realização de patrulhamento ostensivo das ruas.

Por essa razão, esses profissionais estão sempre fardados, de maneira a mostrar sua presença para preservar a ordem nos locais em que se encontram. Ser um policial militar implica em grande parte cuidar da segurança de pessoas e do patrimônio das cidades.

Eventualmente, essa é uma profissão que exige bastante dedicação e autocontrole para lidar com situações difíceis e até mesmo grandes perigos. Em resumo, o policial militar cuida da segurança e prevenção de crimes nas regiões onde atua, juntamente com a aplicação de leis.

Geralmente, o policial militar é considerado como referência na comunidade que convive. Desse modo, tendem a ser respeitados como tal, possibilitando o destaque como lideranças locais. Então, ser policial militar é manter a Ordem Pública e garantir a segurança da sociedade em detrimento de sua própria segurança.

Ou seja, se tornar um policial militar significa estar em constante perigo, mas ao mesmo tempo saber como evitar que determinados crimes ocorram.

Quais cargos você poderá ter ao escolher ser um policial militar?

De início, os cargos dentro da polícia militar são repartidos por um sistema hierárquico, e para ingressar em qualquer um deles é preciso prestar e passar em um concurso público. Estes são emitidos por meio de edital e possuem uma duração determinada de acordo com o órgão que disponibiliza as vagas.

As hierarquias da Polícia Militar são divididas em duas classes: a dos oficiais e a dos praças. Tudo vai variar de acordo com as responsabilidades e qualificação profissional de cada um. Ou seja, com determinada formação, será possível atuar em um cargo mais elevado dentro da corporação.

  • Oficiais Superiores: Coronel, Tenente Coronel, Major
  • Oficiais Subalternos: Primeiro Tenente e Segundo Tenente
  • Praça Especial: Aspirante a oficial, Aluno oficial ou Cadete(de 4° a 1° ano)
  • Praça Graduado: Subtenente, Primeiro Tenente, Segundo Tenente, Terceiro Tenente
  • Praças: Cabo, Soldado 1° Classe, Soldado 2ª Classe, Soldado PM Temporário

Como dito anteriormente, os concursos acontecem de forma periódica, conforme a abertura de vagas, e podem ser disputados por pessoas com diferentes níveis de escolaridade. Em outras palavras, o mais qualificado e quem estudou mais possuem mais chances de efetivação.

Dessa forma, ao terminar o segundo grau, o estudante já poderá concorrer a uma vaga de Aluno-Oficial, que é um concurso de bacharelado oferecido por alguns institutos militares do Brasil. Destaca-se entre eles a Academia de Polícia Militar de Barro Branco, que fica em São Paulo.

Quais são os requisitos para entrar na Polícia Militar?

Os principais requisitos são a dedicação, o estudo e a disciplina, algo que você já deve possuir mesmo antes de seguir na carreira militar. Nesse contexto, como são diferentes cargos para diferentes concursos, cada um acaba possuindo uma exigência diferente.

Assim, é recomendado seguir os editais e verificar seu interesse por algum cargo em específico. Depois, orientamos que você verifique as provas anteriores, para que fique mais familiarizado com o método de avaliação, assim como com as matérias que serão passadas na prova.

Aliás, o teste de aptidão física também é bem importante. Então, praticar esportes e treinar de forma frequente é uma boa forma de conseguir alcançar esse objetivo com maestria. Ademais, os futuros policiais militares precisam estar sempre preparados para situações de risco. As boas condições físicas vão facilitar sua atuação, de certo modo. Portanto, dentre os requisitos mínimos para ser um policial militar podemos citar os seguintes.

Requisitos mínimos

  • Ser brasileiro.
  • Possuir idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos.
  • Possuir altura mínima de 1,65m, para ambos os sexos.
  • Estar quites com as obrigações militares (homens)
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais.
  • Possuir carteira nacional de habilitação.
  • Não ter sido condenado por crime doloso.
  • Possuir peso proporcional à altura.
  • Ser considerado apto na avaliação de capacidade técnica, exame psicológico, exames médicos e odontológicos.
  • Ser aprovado no questionário de investigação social.
  • Não utilizar drogas ilícitas.
  • Não possuir tatuagens extensas ou em partes que sejam expostas ao público.

Por fim, com estes requisitos obrigatórios cumpridos, você conseguirá competir com uma vaga para ser um policial militar. Dessa forma fique atento aos editais que podem sair periodicamente em sua região e estude mentalmente e fisicamente para passar com excelência nos testes.

Veja também tudo sobre o curso de Segurança Pública. Tem tudo a ver com o assunto.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 4.3 / 5. Contagem: 607

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.