Bolsa de estudo em Direito: como conseguir?

Tailane Paulino
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Foto de Kampus Production no Pexels

Você sonha em ser bacharel em Direito, mas não tem condições de pagar por uma faculdade? Ou até não se sente confiante em participar da concorrência acirrada das faculdades públicas? Pois saiba que uma bolsa de estudo para faculdade de Direito é sua melhor opção.

Com ela, o estudante tem uma maior chance de seguir com a faculdade dos sonhos, pagando um valor menor do que o original. Além do mais, conseguir uma bolsa de estudos para a graduação também garante que você evite problemas financeiros durante os anos de estudo e no futuro.

Contudo, nem todas as bolsas são aplicáveis a todos os vestibulandos. Isso porque para conseguir algumas delas é necessário cumprir alguns requisitos. Mas como existem várias opções, com certeza alguma delas vai se encaixar perfeitamente na sua realidade.

Se inspirou em Suits e vai fazer vestibular para Direito?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil na série

Ficou curioso para aprender como conseguir uma bolsa de estudo em Direito e ter a oportunidade de estudar em uma boa instituição com mensalidades que cabem no seu bolso? Então continue lendo e descubra!

Faculdades que oferecem bolsa de estudo em Direito

Você colocou tudo no papel e já sabe que vai precisar de uma bolsa de estudo para faculdade de Direito para conseguir começar o curso. Porém, ainda não sabe quais instituições oferecem esse tipo de programa?

Fica calmo, que o Hora da Facul está aqui para ajudá-lo. Para isso, listamos algumas das principais faculdades com cursos de Direito e ainda, quais os tipos de bolsas de estudo que elas possuem e as características delas. Além dos detalhes sobre quem pode concorrer a uma delas.

Vai fazer vestibular para Direito? 

 

Confira aqui se você tem o perfil dos estudantes e profissionais da área

Vale destacar que todas as instituições indicadas são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e, além da oportunidade de permitir que todo mundo possa fazer uma graduação, oferecem cursos com ótimas avaliações. Confere!

  • Anhanguera
  • Unopar
  • Pitágoras

Opções de bolsas de estudos em Direito

Como mencionamos anteriormente, existem vários tipos de bolsa de estudo em Direito e cada uma delas possui características, requisitos e porcentagem diferentes de descontos.

Para te ajudar a descobrir qual delas é a mais indicada para o seu caso, nós preparamos uma lista completa das bolsas que estão disponíveis nas faculdades indicadas.

Vai cursar Direito e é fã da série How To Get Away With Murder?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil entre os “Keating 5”

  • Bolsa familiar
  • Bolsa primeiro semestre
  • Bolsa servidor público e militar
  • Bolsa Enem
  • Bolsa transferência
  • Bolsa incentivo
  • Bolsa por convênio

Bolsa familiar

A bolsa familiar, como o nome já indica, é voltada para as pessoas da família que optarem por estudar na mesma faculdade. Através dela, a instituição oferece descontos de até 20% para todos. O desconto é individual, viu? Ou seja, é válido para cada pessoa.

A melhor parte é que os estudantes da mesma família podem escolher cursos diferentes e o programa ainda poderá ser aplicado. A única exigência é de apresentar algum documento que comprove o vínculo familiar na hora de finalizar a matrícula.

Bolsa primeiro semestre

Essa bolsa de estudo em Direito e é ideal para quem quer cursar a graduação, mas não tem condições de arcar com as mensalidades em um primeiro momento. Com ela, é possível conseguir até 20% de desconto nas mensalidades do primeiro semestre do curso.

Sabia que sua nota do Enem pode virar desconto na mensalidade?

Calcule aqui!

Mas atenção! Ela só é válida para quem se matricular e vai começar a frequentar a instituição no primeiro semestre do ano. Ou seja, de janeiro a junho. Porém, é aplicável a todos os candidatos, sem ter a necessidade de apresentar nenhum tipo de comprovação no momento da matrícula.

Bolsa servidor público e militar

Você é servidor público ou militar? Pois saiba que existe uma opção de bolsa de estudo em Direito exclusiva para você. Nessa modalidade do benefício, os servidores (que podem ser municipais, estaduais ou federais) e militares podem conseguir um desconto de até 30% do valor total da mensalidade em qualquer curso, inclusive em Direito.

Não são apenas os servidores que têm direito não, viu? Os cônjuges e dependentes (até 24 anos) também podem solicitar a bolsa de estudo em Direito. No momento de finalizar a matrícula será necessário apenas confirmar o vínculo como servidor ou o familiar.

Bolsa Enem

Tirar uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem, também serve como garantia para conseguir uma bolsa de estudo em Direito. As faculdades Anhanguera, Pitágoras e Unopar são algumas das que oferecem esse tipo de benefício.

Nela, os estudantes nem precisam ter feito o vestibular. Basta fazer a inscrição no curso utilizando a pontuação do exame como critério de avaliação de entrada. Nesse tipo de bolsa, o vestibulando pode conseguir no mínimo 10% de abatimento nas mensalidades do curso.

O valor, no entanto, pode ultrapassar os 80% do valor total. Ela funciona da seguinte maneira: quanto maior a nota no Enem, maior o desconto oferecido.

Bolsa transferência

Você também pode conseguir um bom desconto tanto na mensalidade quanto no custo geral da graduação, se fizer a transferência de uma faculdade para outra. Isso mesmo!

Como uma maneira de estimular o ingresso de mais alunos em seus cursos, as faculdades dão descontos consideráveis para quem faz esse tipo de transferência entre instituições no decorrer da graduação.

Os descontos para os alunos que buscam uma nova instituição para finalizar os estudos podem chegar até 50% nos cursos nas modalidades presenciais. Nas versões EAD (Educação à Distância), o abatimento nas mensalidades pode chegar a 20%.

Essa bolsa só é válida para estudantes que estão mudando de faculdade, mas que não tenham trancado o curso há muito tempo. Uma vez que para consegui-la é preciso apresentar um comprovante da antiga instituição que tenha sido expedido há no máximo seis meses.

Bolsa incentivo

As pessoas que não tem condições financeiras para pagar a mensalidade integral de uma faculdade e precisam de um auxílio para conseguir começar a estudar, podem solicitar a chama Bolsa Incentivo.

Essa bolsa é uma opção destinada a pessoas que estão com dificuldades para iniciar um curso superior, mas não querem desistir do sonho de se qualificar para entrar no mercado de trabalho ou mudar de profissão.

A bolsa incentivo, contudo, é válida apenas para os calouros. Ou seja, apenas para os estudantes que estão adentrando no curso de Direito. Os descontos dela são variáveis de acordo com a situação financeira apresentada pelo vestibulando. Mas é aplicável durante todo o decorrer do curso.

Bolsa por convênio

Muitas empresas possuem parcerias com faculdades e instituições de ensino. Isso está se tornando bastante comum e traz muitos benefícios para os colaboradores das mesmas.

Um desses benefícios são os descontos nas mensalidades através de uma bolsa de estudos exclusiva. Essa prática é uma forma de estimular o desenvolvimento de suas carreiras e também o valor que ele agrega à empresa.

Esse benefício se estende não apenas ao funcionário, mas também aos seus dependentes de até 24 anos e aos cônjuges. Então é bom conversar com seus familiares para saber se algum deles têm direito.

Dicas de como conseguir bolsa de estudo em Direito

Como deu para perceber, atualmente as faculdades oferecem muitas opções de bolsas de estudo. Tudo isso para ninguém adie o sonho de estudar e seguir a carreira dos sonhos. Mas como conseguir uma bolsa de estudo em Direito?

O processo para consegui-las é, normalmente, mais simples do que você pensa. Em geral, é necessário apenas sinalizar o interesse na bolsa que se encaixa melhor na realidade do estudante no momento de fazer a inscrição no vestibular, através dos sites das próprias instituições.

Após a aprovação, a faculdade irá solicitar apenas a apresentação dos documentos que comprovem que o estudante se enquadra nos requisitos de tal benefício. Por isso, analise com cuidado as opções.

Caso você esteja em dúvida entre várias faculdades, ou queira saber quais bolsas estão disponíveis na sua faculdade desejada, você sempre pode entrar em contato direto com o serviço de atendimento ao consumidor ou verificar através da página da internet.

Uma maneira mais fácil de fazer essa consulta é utilizar a busca do Vestibulares.com.br. Lá você terá acesso a várias opções de graduação, e ao escolher a desejada, e realizar o seu cadastro, terá acesso a todas as informações que aquela instituição tem disponíveis para você.

Outras maneiras de cursar a graduação em Direito com descontos

Ao analisar todas as bolsas disponíveis, você percebeu que nenhuma delas se encaixa na sua realidade, mas ainda precisa de um desconto para começar o curso? Saiba que as instituições também oferecem outros tipos de programa que dão um abatimento nas mensalidades. Os mais comuns são:

  • Desconto do amigo vale-prêmio
  • Desconto pré-matrícula
  • Desconto por pontualidade

Desconto do amigo vale-prêmio

As faculdades Anhanguera, Pitágoras, Unopar, dentre outras, possuem um programa, que é chamado de Amigo Vale-prêmio. Ele conta com um desconto no valor da mensalidade, que é oferecido sempre que um amigo se matricular na faculdade e falar que foi indicação sua.

Esse desconto é cumulativo para cada amigo que você indicar e pode ser utilizado ao mesmo tempo que uma das bolsas que explicamos para você como funcionam. O valor abatido nos boletos pode chegar até R$200 por indicação.

Desconto pré-matrícula

Ao fazer a sua inscrição no vestibular você pode conseguir um tipo de desconto que garante isenção do pagamento da taxa de matrícula. Todos os vestibulandos podem ter acesso a ele e é bem simples de conseguir, basta apenas realizar uma pré-matrícula na hora que tiver fazendo a inscrição para a prova do curso de Direito.

Fora conseguir um bom desconto, isso tem o benefício de já garantir uma vaga no curso, caso o estudante seja aprovado no vestibular. Legal, não é?

Desconto por pontualidade

Faculdades privadas, apesar de serem instituições de ensino, continuam sendo empresas. Por isso, um bom cliente que realiza seus pagamentos dentro do prazo é muito bem tratado e pode ganhar desconto nas parcelas.

Esse tipo de desconto por pontualidade é automático e válido para qualquer estudante, não importando em que período do curso ele esteja. O único requisito é realizar o pagamento do boleto até, no máximo, a data do vencimento.

Foto: Andrea Piacquadio do Pexels

Formas de ingresso no curso de Direito

Pronto, você conheceu mais sobre todos os descontos e bolsas de estudos disponíveis em Direito e decidiu começar essa graduação! Então agora é o momento de ver quais são as possíveis formas de entrar no curso, e são várias opções disponíveis. Veja quais são as principais e como elas funcionam!

  • Vestibular online
  • Vestibular tradicional
  • Nota do Enem
  • Transferência externa

Vestibular online

O vestibular online é uma opção de ingresso que vem se tornando cada vez mais popular. Isso porque ele oferece uma maior praticidade e flexibilidade, já pensando nos vestibulandos que têm uma vida corrida. A faculdade Anhanguera é um exemplo de instituição que utiliza essa opção.

Na modalidade a prova é feita de maneira totalmente online. Ao todo, o estudante possui cinco tentativas, cada uma delas de 60 minutos, para finalizar o teste. Os resultados saem no máximo quatro dias depois e após isso, resta apenas finalizar a matrícula.

Dica: antes de começar leia todas as regras e recomendações da instituição, viu? Assim você evita cometer qualquer erro que pode prejudicar a avaliação.

Vestibular tradicional

O vestibular tradicional continua firme e forte e, inclusive, muitos calouros ainda preferem a opção de poder realizar a prova no prédio da instituição com dia e hora marcados.

Para ingressar em uma faculdade por esse meio basta fazer a inscrição e escolher por esse modelo de avaliação. A lista dos aprovados é divulgada através do site do local escolhido para estudar, juntamente com as datas para finalização da matrícula.

Há ainda a opção de agendar um dia para fazer o vestibular presencial. É preciso apenas sinalizar isso e escolher o melhor dia para você na página de inscrição.

Nota do Enem

Você já viu que é possível ganhar desconto nas mensalidades usando a nota do Enem e a boa notícia é que com ela você consegue pular a etapa de ter que fazer uma prova de vestibular.

Em algumas faculdades, o vestibulando pode escolher a pontuação que marcou no exame como medida avaliativa dos conhecimentos. Além da vantagem da já citada bolsa, essa forma de ingresso encurta todo o processo e é prática.

Transferência externa

Por último, existe o método de transferência externa. Nessa modalidade de ingresso, os alunos que já começaram o curso de Direito em alguma instituição podem solicitar a troca sem a necessidade de prestar o vestibular.

Ela é bem fácil de utilizar. Basta marcar a opção na hora da transferência e apresentar documentos pessoais e o histórico escolar, expedido há no máximo seis meses, na faculdade escolhida e aguardar a validação dos mesmos para finalizar a matrícula.

Principais características da faculdade de Direito

Antes de começar um curso superior é importante aprender mais sobre a graduação escolhida. Assim você já entra preparado para o que vai encontrar e evita surpresas pelo meio do caminho.

A graduação em Direito dura cinco anos e é dividida em dez semestres (ou períodos). No total são mais de 3.700 horas de estudo, que são oferecidas na modalidade presencial. Ou seja, com o aluno assistindo às aulas no prédio da instituição.

Durante o curso o estudante de Direito irá aprender como fazer consultoria e assessoria jurídica, planejamento, controladoria, auditoria, procuradoria e muitas outras coisas.

Dentro da área do Direito existem muitas áreas, cada uma com suas características e o estudante aprende sobre cada um deles na graduação. Uma característica do curso de Direito é a exigência de que o aluno cumpra horas de estágio supervisionado, para ver como é o dia a dia na prática, para que consiga cumprir a carga horária recomendada.

Além do mais, para conseguir o diploma é preciso apresentar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que deve ser aprovado por uma banca analisadora.

Algumas matérias da grade curricular

A grade curricular do curso de Direito é montada pensando em preparar ao máximo o estudante para o mercado de trabalho. Por isso são muitas disciplinas e nós separamos apenas algumas delas para você aprender um pouco mais sobre a graduação.

Porém, é sempre bom destacar que o currículo costuma mudar entre as faculdades. Portanto, é importante conferir quais são as disciplinas da instituição que você escolheu. Dito isso, algumas das matérias vistas são:

  • Direito do trabalho
  • Direito civil
  • Direito tributário
  • Direito internacional
  • Direito processual
  • Filosofia e sociologia
  • Direito penal
  • Ética profissional
  • Direito ambiental
  • Direito constitucional

Áreas em que um formado em Direito pode trabalhar

Se engana quem pensa que o curso de Direito forma profissionais preparados para trabalhar apenas em tribunais, como advogados. Essa graduação tem a vantagem de oferecer diversas áreas em que o bacharel, ou seja, quem obteve o diploma, possa atuar.

Alguns exemplos de campos de trabalho para quem estudou Direito são: analista jurídico, escrivão assistente jurídico, entre outros. Os formados na área também encontram áreas de atuação nos órgãos públicos. Nestes, eles podem concorrer a cargos de delegados, magistrados, defensores públicos, procuradores, promotores de justiça e, após fazer uma especialização, para cargos de juiz.

Mercado de trabalho para a profissão

Por causa da grande variedade de áreas de trabalho, o mercado de trabalho para quem se forma na faculdade de Direito é bem amplo. Os profissionais podem trabalhar como autônomos, abrir um escritório próprio ou se candidatar para vagas em locais já reconhecidos.

Há também, como citamos antes, a possibilidade de fazer um concurso público, que é uma área que sempre conta com vagas para bacharéis em Direito. Para os profissionais que optaram por alguma especialização após o curso, as oportunidades são ainda maiores.

Como são os salários?

A remuneração de um formado em Direito que atua como advogado no Brasil é de, em média, R$4.099,36. Com esse valor sendo equivalente a uma jornada de 44 horas de trabalho por semana. Já os salários máximos podem ultrapassar os R$10 mil mensais.

Mas esses valores citados podem mudar de acordo com a cidade, uma vez que não existe um acordo que define um piso (salário mínimo para a profissão) nacional para a área. Além do mais, o campo de atuação escolhido influencia diretamente na remuneração.

Por exemplo, servidores públicos costumam ter salários altos, principalmente em setores mais especializados. O local de trabalho, tamanho da empresa e até mesmo o tempo de experiência e a região onde o profissional mora são algumas das outras variantes que são levadas em consideração.

Perfil de alguém formado em Direito

Você já se perguntou se existe um perfil específico para os estudantes e, consequentemente, os formados no curso de Direito? Pois saiba que sim, existem algumas características que esses profissionais e futuros profissionais têm em comum e que ajudam bastante no trabalho nas várias áreas de atuação.

Alguma das características do perfil são:

  • Ser comunicativo
  • Ser empático (mas ter a consciência de não deixar isso atrapalhar o exercício das funções)
  • Ter inteligência emocional
  • Saber argumentar
  • Ser aberto a debater opiniões diferentes
  • Gostar muito de ler
  • Gostar e saber escrever bem e de forma clara
  • Ser capaz de trabalhar sob pressão

Mas não precisa se preocupar caso você não ache que possui todas elas antes de entrar na graduação. Algumas você vai adquirindo de maneira natural no decorrer dos estudos.

Vantagens de fazer uma faculdade de Direito

O Direito é um campo de estudos que possui muitas vantagens. Uma das mais marcantes, e que já citamos neste artigo, é a grande disponibilidade de carreiras. Isso faz com que você com certeza encontre uma que se encaixa melhor no seu perfil.

Essa característica também abre as portas do mercado de trabalho, pois há mais demanda por profissionais capacitados. Além disso, ela concede ótimas remunerações. Não apenas para quem deseja atuar na rede privada, mas também para quem sonha em passar em um concurso público.

Outra vantagem é que com os conhecimentos adquiridos no curso você vai poder ter uma noção de todos os seus direitos e, por conta disso, eles serão úteis por toda a vida. No mais, é sempre bom trabalhar com aquilo que se ama. Portanto, se você descobriu que a sua vocação mora aqui, essa é a carreira certa.

E aí, gostou de aprender mais sobre como conseguir uma bolsa de estudos em Direito? Então aproveita que está por aqui e confere os outros artigos que o Hora da Facul preparou para você sobre essa graduação!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.