Quanto ganha um enfermeiro recém-formado?

pamzottis
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Foto: Rodnae Productions de Pexels

Quer fazer enfermagem mas ainda têm algumas dúvidas sobre o curso? Resolvemos reunir diversas informações que podem ser decisivas na hora de você escolher essa graduação da área da saúde. Provavelmente, um dos itens que vai te interessar é saber quanto ganha um enfermeiro recém-formado, não é mesmo?

De acordo com o site salario.com.br, um enfermeiro ganha em média R$3.390,43 para uma jornada de trabalho de 38 horas semanais. A faixa salarial fica entre R$ 3.094,41 (média do piso salarial 2021 de acordos coletivos) até R$ 6.341,07 (teto salarial), levando em conta profissionais em regime CLT de todo o Brasil.

Ainda segundo o levantamento, o perfil do profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 33 anos, sexo feminino, com um jornada de 36 horas semanais em empresas do segmento de atividades de atendimento hospitalar. Já quando falamos em volume de vagas de emprego, a cidade com mais ocorrências de contratações para enfermeiro é São Paulo.
Confira abaixo mais detalhes dessa profissão.

Está em dúvida sobre qual curso escolher no vestibular?

 

Preparamos um quiz para você saber se tem perfil para Enfermagem

Quanto ganha um enfermeiro recém-formado?

O salário inicial para um enfermeiro recém-formado na faculdade é de R$3.365,35 mensais, para uma jornada de trabalho de 38 horas semanais em média. Os dados são de uma pesquisa do portal salario.com.br, junto ao CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), eSocial e Empregador Web, com base em dados salariais de 3.806 profissionais formados em Enfermagem.

Qual o estado que paga melhor na área de Enfermagem?

Outro dado interessante de analisarmos é o salário conforme os estados brasileiros. Veja um panorama atual da média dos salários de enfermeiros:

  • São Paulo: R$4.104,54
  • Minas Gerais: R$2.698,93
  • Rio de Janeiro: R$3.402,64
  • Rio Grande do Sul: R$3.414,89
  • Paraná: R$2.872,19
  • Bahia: R$2.765,91
  • Santa Catarina: R$3.061,82
  • Pernambuco: R$1.973,31
  • Espírito Santo: R$2.695,35
  • Distrito Federal: R$3.939,37

Quanto ganha um enfermeiro concursado?

Outra alternativa que você tem ao se formar em enfermagem é prestar um concurso público para profissionais da área. O salário no setor público é cerca de 5% maior do que a média salarial do setor privado, girando em torno de R$ 3.555,99, para uma jornada de 36 horas semanais. Os dados tem como base um levantamento de 3.237 profissionais contratados por concurso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Fazer faculdade de Enfermagem é o seu sonho?

Preparamos um quiz para você descobrir se o seu perfil combina com o curso

Quais são os cargos que pagam os melhores salários?

Conforme o site guiadacarreira.com.br, os cargos que pagam melhores salários são aqueles que envolvem gestão de equipes ou especialização em alguma área da Enfermagem. Veja algumas médias salariais distribuídas pelos cargos mais comuns:

  • Gerente de Enfermagem: R$ 7.662
  • Enfermeiro Nefrologista: R$ 4.144
  • Coordenador de Enfermagem: R$ 4.028
  • Enfermeiro Obstetra: R$ 3.718
  • Enfermeiro de UTI: R$ 3.381
  • Enfermeiro de Centro Cirúrgico: R$ 3.259
  • Enfermeiro do Trabalho: R$ 3.207
  • Enfermeiro-Chefe: R$ 3.140

Onde um enfermeiro pode atuar?

Dentro da área de saúde, enfermagem é o curso certo para quem procura um mercado amplo e cheio de opções. O enfermeiro pode atuar em hospitais, laboratórios, clínicas, empresas, escolas e quaisquer ambientes que requeiram um profissional para cuidar da saúde. Abaixo, confira algumas opções para o exercício da profissão:

  • Hospitais, consultórios e clínicas médicas de diversas especialidades;
  • Postos de saúde, ambulatórios e programas de saúde da família;
  • Empresas de homecare;
  • Casas de repouso e outras instituições de cuidado e recuperação de pessoas;
  • Empresas que oferecem serviços de saúde ocupacional;
  • Empresas que oferecem serviços de resgate e atendimento a emergências;
  • Escolas e empresas que precisem de atendimento médico dedicado.

Como é o curso de Enfermagem e a grade curricular?

A graduação de enfermagem dura de até cinco anos para ser concluída. Inclui na grade curricular disciplinas da área de saúde, das ciências humanas e biológicas que vão do básico a especialidades, como anatomia, genética, biofísica, microbiologia, psicologia, ética e bioética, assistência e administração de enfermagem.

Para se formar, o aluno ainda precisa passar por um programa de estágio obrigatório. As atividades são sempre orientadas por um profissional já formado e podem ser realizadas em hospitais, escolas, ambulatórios, centros de atendimento psicossocial, entre outros espaços.

Quanto a grade curricular, confira algumas das disciplinas que você provavelmente estudará em Enfermagem:

  • Processo de Trabalho em Enfermagem;
  • Microbiologia e Imunologia;
  • Anatomia para Enfermagem;
  • Bioestatística;
  • Administração de Medicamentos;
  • Coleta de Materiais Biológicos;
  • Prestação de Assistência ao Paciente com Problemas Mentais;
  • Enfermagem e Cuidados Paliativos.

Que características um profissional deve ter para ocupar uma vaga na Enfermagem?

Agora que você já sabe quanto ganha um enfermeiro recém-formado, é interessante também pensar se você possui algumas habilidades necessárias para exercer essa profissão com excelência. Na hora de preencher uma vaga, os empregadores buscam ou valorizam uma série de outras características. A competência técnica e o conhecimento científico e prático são fundamentais, porém, separamos uma lista com outros pontos que contarão a seu favor:

  • Ser pró-ativo
  • Ter comprometimento
  • Vestir a camiseta da instituição que trabalha
  • Possuir espírito de liderança
  • Ser motivado
  • Saber trabalhar em equipe
  • Ter empatia

Como ter sucesso na área?

Além de desenvolver as habilidades certas, é preciso caprichar de outras formas para mandar bem na Enfermagem. Não se esqueça que ter uma boa formação é indispensável para ingressar na profissão. Por isso, capriche na escolha da sua instituição de ensino. Opte por uma que oferece a estrutura necessária, tenha uma matriz curricular atualizada e bons professores. Isso fará toda a diferença na carreira!

Investir em especializações, cursos livres e workshops também sempre vai bem. Quanto mais você aprender, melhor será o seu currículo e, principalmente, maior será o preparo. Então, tente ficar por dentro das novidades que aparecem na  sua carreira e, claro, monte seu plano.

Defina quais são suas áreas de interesse e como você se vê na carreira. Por fim, determine o que é necessário fazer para alcançar esses resultados.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 3.7 / 5. Contagem: 3

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.