Quais as melhores faculdades de Odontologia?

Ana Cláudia Andrade Oliveira
Formada em Letras, Pedagogia, especialista em Neurociências e em produção de conteúdo Web.

Crédito: Foto de Daniel Frank no Pexels.

Escolher a carreira talvez seja uma das maiores decisões da vida dos jovens. E você com certeza está pensando em odontologia. Agora é hora de decidir onde estudar nos próximos anos. Para tomar essa decisão será necessário colocar alguns pontos na balança. Reconhecimento, infraestrutura, capacitação dos professores e preço da mensalidade são apenas alguns dos critérios.

Para te ajudar em mais essa escolha, listamos aqui as melhores faculdades de odontologia. Explicaremos o que as colocou no ranking de faculdades de odontologia, onde ficam e, no caso das particulares, quanto custam. Também daremos outras informações relevantes para você estar bem preparado para ingressar na universidade.

As melhores faculdades de Odontologia são:

  • USP – Universidade de São Paulo
  • UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas
  • UNESP – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais
  • UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • SLMANDIC – Faculdade São Leopoldo Mandic
  • UNB – Universidade de Brasília
  • UFPR – Universidade Federal do Paraná
  • UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina

Essa classificação foi divulgada pelo RUF (Ranking Universitário Folha) e mostra as melhores faculdades de odontologia de 2019. Essa é uma pesquisa elaborada anualmente pela Folha de São Paulo desde 2012, sempre divulgada em setembro.

Vai fazer vestibular para Odontologia?

Descubra se você sabe tudo sobre o curso

Você deve ter notado que, dentre as dez melhores faculdades na lista acima, apenas uma é particular, a SLMANDIC. No entanto, o ranking ainda apresenta dezenas de outras escolas privadas que se equiparam com as públicas em qualidade.

A seguir, apresentaremos algumas informações das melhores opções de faculdade de odontologia, tanto públicas quanto privadas.

Faculdades públicas

USP – Universidade de São Paulo

A Universidade de São Paulo é mantida pelo Estado de São Paulo e foi criada em 1934. É uma faculdade com qualidade equiparável às melhores do mundo. Seu grande destaque é devido, principalmente, às pesquisas científicas produzidas pelos alunos e professores.

Você pode ingressar na USP através do Sisu ou do vestibular próprio da universidade, organizado pela Fuvest. Para ambas as formas de ingresso, a USP adota uma política de cotas, reservando parte das vagas para alunos que se declaram pretos, pardos ou indígenas e oriundos de escolas públicas.

A USP possui oito campi espalhados pelo estado, na região metropolitana de São Paulo e também no interior. Porém, apenas em três deles é possível estudar odontologia: São Paulo, Bauru e Ribeirão Preto. Por isso, se você mora em outro estado e sonha em estudar na USP, prepare suas malas. Todos os cursos são presenciais.

UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas

Fundada em 1966, a Unicamp é uma das mais conhecidas e tradicionais universidades públicas do país. Isso porque alcançou destaque tanto no ensino quanto na pesquisa e nos serviços à sociedade. A Unicamp é uma autarquia subsidiada pelo Governo Estadual de São Paulo, porém autônoma em política educacional.

A Unicamp apresenta bastante diversidade nas formas de ingresso. A maioria das vagas são provenientes do vestibular direto. Uma porcentagem é reservada para candidatos que prestaram o Enem. Existe também uma cota étnico-racial, tanto para candidatos do Enem quanto do vestibular direto.

Essa faculdade também oferece vagas para alunos que tenham bom desempenho em olimpíadas científicas e competições de conhecimento, sem a necessidade de prestar vestibular. Eles também têm um vestibular específico para indígenas e um programa para alunos da rede pública de Campinas.

Com quatro campi no interior de São Paulo, a Unicamp oferece o curso de Odontologia apenas na cidade de Piracicaba. Com duração de 10 semestres e em período integral, a ênfase da faculdade está nos aspectos socioeducacionais e preventivos da saúde bucal. Nesse campus, os alunos oferecem atendimento gratuito para a população.

UNESP – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

A UNESP surgiu da união de vários institutos educacionais espalhados pelo interior de São Paulo. Hoje conta com 34 unidades em 24 cidades, abrangendo diversas áreas do conhecimento, todas geridas pela Secretaria Estadual de Educação. O destaque da UNESP fica por conta do ensino, pesquisa e dos serviços prestados à comunidade.

Para ingresso, o vestibular é elaborado pela Vunesp e é composto por duas ou três avaliações: conhecimentos gerais, conhecimentos específicos e, dependendo do curso, prova de habilidades. O resultado do Enem é utilizado para compor a nota da primeira prova, limitado a 10% do total.

Preocupada com a permanência do aluno até o final do curso, a UNESP oferece um programa de permanência estudantil e bolsas de estudo. As bolsas são oferecidas em parceria com órgãos como a Fapesp e o CNPq

Com relação ao curso de odontologia, a UNESP oferece nos campi de Araçatuba, Araraquara e São José dos Campos. O vestibular para esse curso tem apenas duas fases, ou seja, não exige prova de habilidades. Os cursos têm duração de 5 anos, com exceção do noturno, com 6 anos de duração. Além do foco na prevenção, a universidade preza pelo empreendedorismo, incentivando seus alunos a abrirem seu próprio negócio.

UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais

A UFMG destaca-se entre as universidades públicas pela quantidade e qualidade de suas pesquisas. Até 2020 foram registradas mais de 34 mil artigos científicos e 1.582 depósitos de patentes. Os sistemas de avaliação do ensino superior do país atestam a qualidade de ensino essa universidade.

Se você pretende ingressar na UFMG mas não mora em Minas Gerais, saiba que essa universidade possui também a modalidade de EAD – Ensino à Distância. Essa instituição possui, como formas de ingresso, o vestibular, Sisu, prova de habilidades (para alguns cursos), além da possibilidade de vagas para refugiados e familiares de diplomáticos.

O curso de odontologia da UFMG é oferecido apenas no período diurno e na modalidade presencial, sendo que o campus fica em Belo Horizonte. Esse curso é focado em formar profissionais preparados para as diversas realidades do atendimento odontológico. Além disso, espera-se que o profissional saiba tomar decisões, conheça o sistema público de saúde e seja capaz de se atualizar quanto às novas tecnologias.

UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Com sua sede em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, a UFRGS é uma instituição centenária e reconhecida nacional e internacionalmente. Essa universidade oferece cursos desde o Ensino Fundamental até a pós-graduação, em todas as áreas de conhecimento. 

Para manter o padrão de ensino, a universidade investe na qualificação do seu corpo docente, composto em sua maioria por mestres e doutores. Além disso, está sempre atualizando laboratórios e bibliotecas, a fim de manter os alunos em contato com o que há de mais moderno no mercado.

Seu curso de odontologia tem por objetivo formar cirurgiões generalistas, com boa visão da realidade social. O foco está em compreender o paciente enquanto ser humano inserido numa realidade bio-psico-sócio-cultural, estabelecendo com ele uma relação adequada. Dessa forma, poderá estabelecer um diagnóstico correto e eficiente, realizando o tratamento adequado.

A faculdade de odontologia na UFRGS é oferecida nos períodos diurno e noturno. Para ingresso, existe o vestibular, responsável por 70% das vagas. Os outros 30% são para alunos inscritos no Sisu.

Faculdades particulares

UNOPAR – Faculdades Integradas Norte do Paraná

A UNOPAR é uma faculdade que visa a busca constante de conhecimento, crescimento humano, social e intelectual de toda a comunidade acadêmica. Conta com atendimento personalizado, valorizando cada aluno como indivíduo em todas as fases de sua vida acadêmica. Além disso, seu sistema de ensino valoriza a prática, preparando o aluno para o mercado de trabalho.

Essa universidade foi criada em 1972, inicialmente com o curso de Educação Física. Posteriormente outros cursos foram inaugurados, contando hoje com dezenas de opções em todas as modalidades. Ou seja, há cursos de bacharelado, licenciatura e tecnologia, presencial e à distância. Tudo isso disponível em unidades e polos em todo o Brasil. Além disso, também oferecem cursos livres, de pós-graduação, mestrado e doutorado.

Esta é uma ótima opção de faculdade para quem mora no Paraná, já que o campus que oferece o curso de odontologia fica em Londrina. Os conhecimentos adquiridos pelos alunos de odontologia da UNOPAR os preparam para realizar diagnósticos, tratamentos e cirurgias. 

Um grande diferencial da faculdade de odontologia da UNOPAR é acompanhar os avanços tecnológicos da área. O curso é elaborado considerando o contexto social, econômico e da saúde bucal dos brasileiros. Adicionalmente, a faculdade oferece aulas especiais, ministradas remotamente aos alunos da área de saúde por profissionais de destaque como os autores e professores Caio Rosenthal e Fernando Gomes.

Para ingressar na UNOPAR, você pode fazer o vestibular tradicional. Porém, utilizando sua nota no ENEM, é possível se matricular sem precisar fazer o vestibular. Há ainda vagas para alunos pré-selecionados no PROUNI ou FIES. 

Faculdade Pitágoras

Em comparação com as outras, essa e uma faculdade jovem mas de enorme destaque no panorama educacional brasileiro. A Pitágoras foi fundada em Belo Horizonte, Minas Gerais, no ano 2000. Hoje está presente nos estados do Acre,  Alagoas, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Minas Gerais, Goiás, Maranhão, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

O diferencial da Pitágoras está no sistema de avaliação continuada, valorizando os esforços de cada aluno, bem como seu desempenho. Mediante um aprendizado que valoriza as situações reais do trabalho, a Pitágoras forma profissionais bem preparados para o mercado. Então, quer seja nos aspectos científicos, técnicos, humanos ou éticos, o profissional será referência em competência.

E isso inclui os alunos de odontologia dessa faculdade. Para essa graduação, o ensino é dividido em dois ciclos. No primeiro, o ciclo básico, o aluno adquire bases gerais sobre a profissão. Como exemplos, podemos citar conhecimentos de anatomia, biologia e até filosofia e ética, além do funcionamento do sistema de saúde brasileiro.

Posteriormente, no ciclo profissionalizante, o aluno tem contato com as disciplinas técnicas. Dessa forma, ele é preparado para a realidade profissional nos variados cenários e contextos socioeconômicos do Brasil. Sendo assim, o aluno conhecerá práticas de reabilitação oral, ortodontia, diagnósticos, entre outros.

A Pitágoras entra nessa lista para provar que não é preciso gastar demais para fazer uma faculdade. O seu curso de odontologia é oferecido por mensalidades a partir de R$ 1.369,00, com possibilidade de bolsas utilizando sua nota no Enem. Além disso, o curso é oferecido em 12 cidades, nos seguintes estados: Bahia, Espírito Santo, Maranhão e Minas Gerais.

Anhanguera Educacional

Com polos e unidades espalhados, literalmente, pelo Brasil todo, a Anhanguera Educacional oferece ensino superior de altíssima qualidade. Isso porque pode contar com um corpo de 15 mil profissionais e professores, especialistas, mestres e doutores em suas profissões. A instituição atua desde 1994, atualmente oferecendo cursos de graduação, pós-graduação, técnicos e de extensão em diversas áreas.

A faculdade Anhanguera conta com uma vasta biblioteca à disposição dos alunos que queiram expandir seus conhecimentos. E para expandir ainda mais as possibilidades, conta com um convênio com as bibliotecas da Unicamp e da UFSCar. Além disso, não importa onde o aluno está, já que ele pode acessar digitalmente o acervo disponibilizado online. Com isso, a Anhanguera cumpre seu objetivo de democratizar o conhecimento, colaborando com o crescimento profissional dos alunos.

Para você, interessado no curso de odontologia, a Anhanguera oferece aulas teóricas e práticas, conectadas com a realidade do profissional. Mais do que isso, a faculdade possibilita o estágio supervisionado por profissionais capacitados. Esses estágios podem ser feitos nas Unidades Básicas de Saúde ou mesmo nas clínicas da própria instituição.

O aluno tem ainda acesso a aulas especiais ao vivo e remotas com profissionais renomados como Fernando Gomes e Jairo Bauer. Essa é mais uma forma de apresentar ao estudante a realidade das profissões da área de saúde. Mais uma vez provando que não é preciso gastar muito para estudar odontologia, a Anhanguera oferece o curso por mensalidades a partir de R$ 996,63.

SLMANDIC – Faculdade São Leopoldo Mandic

Com mais de 30 anos de história, a SLMANDIC figura consistentemente nas listas das melhores universidades do país. Hoje é um Centro de Pesquisas Odontológicas e conta com mestrado e doutorado, além da graduação. Oferece também um curso de medicina. A faculdade possui sede em Campinas e campi em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Vila Velha, Fortaleza e Araras. 

O curso da SLMANDIC é classificado em primeiro lugar no ranking das melhores faculdades de odontologia do Brasil, além de já ter recebido diversos outros prêmios. Seus laboratórios contam com equipamentos de última geração, para que o aluno tenha a experiência prática como fator primordial. Além disso, o corpo docente auxilia no programa de iniciação científica, através de convênios nacionais e internacionais.

O curso de Odontologia da SLMANDIC está entre os mais caros do país, com mensalidades que ultrapassam R$ 2.000,00, sem oferta de bolsas. Anualmente, a universidade oferece 60 vagas, que podem ser acessadas por meio do vestibular. 

UNIP – Universidade Paulista

A UNIP iniciou suas atividades em 1988 e vem, desde então, expandindo suas atividades e oferecendo seus cursos em cada vez mais localidades. Com a finalidade de promover o desenvolvimento profissional de seus alunos, a faculdade investe em tecnologia e em qualificação dos profissionais. Hoje, conta com três modalidades de ensino: presencial, EAD e “flex”. Essa última combina EAD com uma porcentagem de aulas presenciais.

No entanto, o curso de odontologia é oferecido apenas na modalidade presencial. O curso da UNIP tem por objetivo formar cirurgiões dentistas generalistas, com visão crítica. A formação permite atuar em todos os níveis de atenção à saúde bucal com autonomia intelectual. A faculdade conta com diversos laboratórios para as aulas práticas, além de estágio supervisionado e programas de iniciação científica.

Na UNIP a duração do curso de odontologia é de 4 anos. O curso pode ser encontrado nos estados do Amazonas, Distrito Federal, Goiás e São Paulo. As mensalidades variam conforme o campus, de R$ 1.700,00 até mais de R$ 5.000,00. Pelo vestibular, há  possibilidade de conseguir bolsas de estudo de até 50%. A faculdade também aceita sua nota no Enem para conseguir descontos.

Ranking de faculdades de Odontologia

Anualmente a Folha de São Paulo organiza uma classificação com as melhores faculdades de odontologia do país, além de outros cursos também. Neste post, você conheceu detalhes das principais, mas, se ficou curioso, apresentaremos as dez melhores.

Para começar, segundo os critérios de avaliação da RUF (Ranking Universitário Folha), estão as 10 melhores faculdades públicas de odontologia:

  1. USP – Universidade de São Paulo
  2. UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas
  3. UNESP – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  4. UFMG – Universidade Federal de Minas Gerais
  5. UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  6. UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro
  7. UNB – Universidade de Brasília
  8. UFPR – Universidade Federal do Paraná
  9. UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina
  10. UERJ – Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Continuando, apresentaremos a seguir a classificação das 10 melhores faculdades privadas de odontologia:

  1. SLMANDIC – Faculdade São Leopoldo Mandic
  2. UNIP – Universidade Paulista
  3. UNAERP – Universidade de Ribeirão Preto
  4. ULBRA – Universidade Luterana do Brasil
  5. NEWTON PAIVA – Centro Universitário Newton Paiva
  6. UP – Universidade Positivo
  7. PUC-RS – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  8. UNINOVE – Universidade Nove de Julho
  9. UNICID – Universidade Cidade de São Paulo
  10. UVARJ – Universidade Veiga de Almeida

Como escolher uma faculdade de odontologia de qualidade?

A essa altura você já deve ter notado que as opções para quem quer cursar odontologia são vastas. Isso porque é um curso muito procurado, já que possui grande variedade de áreas de atuação e os ganhos podem ser bem altos. Com tantas opções, como escolher uma faculdade de odontologia?

Claro que as primeiras opções são sempre as faculdades públicas. Conforme a RUF, nove das dez melhores faculdades de odontologia são públicas. Não ter que pagar a mensalidade por quatro ou cinco anos parece bem atrativo. Por outro lado, existem os custos para mudar de cidade, sem mencionar a dificuldade para conseguir uma vaga. Alguns tentam por anos.

A boa notícia é que as faculdades privadas não ficam atrás em qualidade de ensino e existem em centenas de cidades. Por certo você encontrará várias opções próximas à sua residência por um preço bem acessível. E, para ajudar a escolher a mais adequada, sugerimos que você analise os seguintes critérios:

Infraestrutura

Considere que o curso de odontologia possui muitas aulas práticas. Sendo assim, é importante que a faculdade tenha bons laboratórios e bem equipados. Também é importante oferecer equipamento de proteção adequado aos alunos.

Reconhecimento

Descubra se a faculdade tem uma boa imagem no mercado. A reputação da universidade confere maior valor ao seu currículo. Além disso, verifique também qual o conceito do curso no MEC. Trata-se do CPC – Conceito Preliminar do Curso, sendo o resultado de uma avaliação feita em todos os cursos. Esse conceito pode ser de 1 a 5.

Professores

Boas faculdades contratam professores com mestrado, doutorado e outras titulações. Faça um levantamento junto à faculdade, que poderá informar com exatidão a formação dos seus professores.

Política de ensino

Pergunte se o curso de odontologia naquela faculdade é mais voltado para a prática no mercado de trabalho ou para pesquisas. A política de ensino da faculdade deve ser condizente com as suas pretensões de trabalho.

Qual o preço da faculdade de Odontologia?

As mensalidades das faculdades de odontologia variam bastante. Neste mesmo post você já pode comprovar essa variedade. Considerando os valores mais praticados pelas melhores faculdades privadas de odontologia, podemos afirmar que a média é R$ 1.700,00.

No entanto, existem opções de mensalidades ainda mais baixas. É possível encontrar bons cursos com mensalidade por volta de R$ 750,00. Da mesma forma, existem faculdades que cobram mensalidades acima dos  R$ 5.000,00.

O Enem pode ser uma boa ajuda na hora de pagar a mensalidade, já que você pode conseguir bolsas de estudo que chegam a 100%. Além disso, várias instituições oferecem os chamados descontos por pontualidade, para os alunos que pagam a mensalidade antes do vencimento. Esses descontos podem chegar a 20%.

Como visto, não é necessário pagar caro para realizar o seu sonho de estudar odontologia. Neste post citamos exemplos com mensalidades mais acessíveis e de ótima qualidade.

Quantos anos dura a faculdade de Odontologia?

A faculdade de odontologia oferece ao formado o título de bacharel. A duração média do curso é de cinco anos. Nos primeiros semestres, o aluno tem contato com disciplinas relativas à área da saúde e ciências biológicas. Ou seja, nesse início os conhecimentos obtidos são mais gerais.

Por volta do terceiro ou quarto semestre iniciam-se as matérias mais específicas, incluindo as aulas práticas. Essas aulas são ministradas em laboratórios bem equipados, que simulam o consultório odontológico.

No final, o aluno estará preparado para cuidar dos dentes, gengivas, maxilares e bochechas. Também será apto a realizar cirurgias, implantar próteses, entre outros. Além disso, pode especializar-se em áreas ainda mais específicas da odontologia. 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.