Áreas da Engenharia de Produção pouco exploradas

Isabella de Andrade
Colaborador do Hora Da Facul

A Engenharia da Produção, assim como outras graduações neste segmento, figura sempre entre as listas de cursos mais procurados por estudantes de diferentes regiões. Os altos salários e o mercado movimentado são fortes atrativos para incentivar essa busca.

Além disso, outra vantagem é o vasto campo de trabalho que um engenheiro de produção pode encontrar. Existem diferentes especializações e vamos te ajudar a saber um pouco mais sobre as áreas da Engenharia de Produção pouco exploradas e também sobre as mais procuradas.

Podemos dizer que o engenheiro de produção é responsável, basicamente, pelos processos produtivos, mantendo também os custos das empresas e indústrias baixos em valores, e altos em eficiência. É um profissional muito importante e procurado nos dias atuais, já que todas as empresas possuem uma linha de produção e precisam de um profissional que possa gerenciar esses processos.

Está pensando em prestar vestibular para Engenharia de Produção?

Faça o teste e descubra se o curso combina com você

Os processos produtivos são complexos, por isso, o mercado exige dedicação e boa qualificação de seus profissionais. Justamente por isso, a escolha de uma especialização torna-se ainda mais importante. Profissionais especializados, que acumulam conhecimentos profundos a respeito de determinada área, tendem a ganhar salários melhores e a sair na frente em processos seletivos e contratações. Por isso, que tal conhecer melhor a área?

Três áreas da Engenharia de Produção pouco exploradas

Assim como em outras profissões com diversidade de áreas de trabalho, a Engenharia Civil pode mostrar possibilidades de salários e rotinas bem diferentes de acordo com o ramo escolhido. Por isso, é importante pesquisar bem sobre cada uma. Independente da especialização, essa é uma área concorrida e o mais indicado é que estudantes e futuros engenheiros se preparem para um mercado concorrido.

Para sair na frente, um bom caminho para novos profissionais são atividade extracurriculares, pós-graduação, participação em eventos e publicação de artigos. Vale lembrar que existem algumas habilidades específicas importante para o engenheiro de produção. Entre elas, um perfil estratégico, criativo para resolver problemas e interessado em se atualizar sempre em relação a economia, tecnologia e possibilidades técnicas que envolvem a área.

Esse profissional pode trabalhar para orientar, planejar, supervisionar e controlar a produção de bens e serviços. Por isso, saber trabalhar em equipe e ter um olhar analítico para o que acontece ao seu redor também são fundamentais. Agora, que tal conhecer três áreas da engenharia de produção ainda pouco exploradas?

  1. Finanças

Nem todos os estudantes e jovens profissionais sabem, mas a maioria das instituições tem optado, nos últimos anos, em contratar engenheiros de produção no lugar de economistas. Isso acontece porque um bom analista de finanças e investimentos deve saber também reconhecer diferentes competências nas equipes, tendo uma formação diversificada. Entre as habilidades exigidas estão uma sólida formação em matemática e conhecimentos sobre a gestão de recursos humanos, característica que o engenheiro de produção possui.

Outro conhecimento importante é um alto grau de raciocínio lógico e abstrato, algo também encontrado com mais facilidade nas áreas de engenharia. Portanto, vale a pena pesquisar melhor sobre a área e investir em uma formação especializada, já que muitas empresas têm contratado engenheiros de produção para desempenhar essa função.

  1. Pesquisa Acadêmica

Apesar de não ser considerada por muitos estudantes, a pesquisa acadêmica é uma ótima opção. Principalmente para aqueles que querem trabalhar diretamente para a produção de conhecimento científico, metodológico e tecnológico. Os profissionais que escolhem se manter na pesquisa podem contribuir para o avanço de novas técnicas de trabalho, impactando de forma transformadora os processos de produção e a sociedade.

Esse é um bom caminho para quem procura uma rotina mais flexível no trabalho, transitando entre livros, laboratórios e oficinas. Entre as características essências para os profissionais dessa área está a vontade de estudar e se aprimorar constantemente. Os projetos de pesquisa elaborados durante os estudos o mestrado, doutorado e pós-doutorado podem trazer grandes avanços para os demais profissionais.

  1. Engenharia de Sustentabilidade

Essa área tem crescido de forma promissora em diferentes empresas na área de Engenharia de Produção. O crescimento é resultado de uma demanda cada vez maior por uma produção verde. Pensando sempre no uso responsável dos recursos industriais. A função dos profissionais aqui é semelhante a outras especialidades, com foco em otimizar processos, reduzir custos e aumentar a produtividade.

Mas, nesse caso, todo o trabalho é feito para buscar um uso mais inteligente dos recursos naturais. É uma boa área para quem quer trabalhar diretamente com a criação de soluções que contribuam para a preservação ambiental. Com impacto positivo para a sociedade.

Como escolher uma área na Engenharia de Produção?

Trouxemos três áreas pouco exploradas na Engenharia de Produção. E, agora, para te ajudar nessa fase de escolha, preparamos uma lista com as principais áreas de trabalho no mercado. Conhecer de perto a rotina de trabalho em diferentes áreas é um importante passo na escolha e desenvolvimento de uma nova carreira. Por isso, recomendamos que você dedique um tempo de qualidade a esse momento.

Para decidir em que área você quer se especializar, dedicando seu tempo de estudo, temos algumas dicas. Leve em conta a média, o piso e o teto salarial de cada área. Além disso, procure entender qual delas se aproxima mais dos seus objetivos de carreira. E, por fim, qual se aproxima mais dos seus gostos e interesses pessoais.

Observe em que tipo de mercado você gostaria de trabalhar, passando por empresas, grandes indústrias, universidades e serviço público. Tenha disposição para o aprendizado e procure experimentar espaços diferentes enquanto estiver na faculdade. A graduação pode ser uma ótima fase para conhecer mais de perto rotinas de trabalho diversas. E por fim, decidir qual delas combina mais com você.

Quais são as principais áreas de trabalho na Engenharia de Produção?

Agora que você já conhece mais sobre a Engenharia da Produção e diferentes áreas de trabalho, fica mais fácil decidir que caminho você quer seguir depois do curso. Enquanto isso, aproveite para conhecer aqui algumas das principais possibilidades do mercado.

  1. Logística
  2. Engenharia de Qualidade
  3. Engenharia Organizacional
  4. Engenharia de Produto
  5. Engenharia de Operações e Processos de Produção
  6. Planejamento e Controle
  7. Engenharia do Trabalho
  8. Informática e Internet
  9. Telecomunicações
  10. Engenharia de Qualidade

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.