4 habilidades importantes para área de Enfermagem

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul
1

Crédito: Crédito: Pexels.

Entenda mais em detalhes sobre as 4 habilidades mais importantes para área de Enfermagem. A grande pergunta é: você tem a habilidade necessária para se tornar um bom profissional de enfermagem?

Alguns vão dizer que sim, pois gostam de cuidar das pessoas e sabem confortá-las. Já outros vão falar que possuem frieza em momentos difíceis e não se importam em trabalhar em situações que precisam se deparar com sangue.

Será tudo isso mesmo? Parece interessante, mas alguns dos conceitos acima não podem ser considerados uma habilidade.

Está em dúvida sobre qual curso escolher no vestibular?

 

Preparamos um quiz para você saber se tem perfil para Enfermagem

Tudo que foi dito faz sentido, mas o que vale mesmo e se destacam são as habilidades que uma pessoa deve ter durante a rotina diária na enfermagem. Especificamente, as habilidades não se tratam das competências técnicas de um enfermeiro ou enfermeira.

Conheça a Enfermagem  

Se você pretende trabalhar em equipe e conviver com pacientes é importante saber lidar com pessoas e ser tolerante.

Antes de mais nada, o que torna uma rotina difícil não é a quantidade de trabalho. Mas sim, as relações que ocorrem diariamente dentro de um hospital, sejam elas conflitantes ou não.

Fazer faculdade de Enfermagem é o seu sonho?

Preparamos um quiz para você descobrir se o seu perfil combina com o curso

Tenha ânimo e trabalhe seu psicológico

Outra questão importante: o enfermeiro passa muito tempo de sua vida no trabalho, entre plantões e escalas de atendimento. Portanto é preciso ter inteligência emocional. Nesse caso, vai depender de cada um, inclusive dos valores que você aprendeu durante a sua infância e adolescência.

Uma característica, que pode ser considerada também uma virtude, é a necessidade de paciência em lidar com esses conflitos. O próprio Sistema Único de Saúde (SUS) traz consigo uma quantidade enorme de problemas estruturais que acabam fazendo parte do cotidiano de um profissional de enfermagem.

Mesmo assim, saiba que todo profissional tem seus limites de stress e carga horária. Portando, ao optar por uma profissão leve isso em consideração para que depois não venha a lamentar suas decisões e acabar migrando para outra carreira.

O que faz um enfermeiro? 

Por incrível que possa parecer para você, a pergunta correta deveria ser: o que não faz o profissional de enfermagem?

Podemos falar o dia todo sobre o que fazem os enfermeiros em seu local de trabalho. Sem dúvida nenhuma, a enfermagem coloca qualquer hospital em funcionamento e alcança todas as suas áreas.

Saiba mais sobre o profissional de enfermagem

Da pediatria ao centro obstétrico, onde nascem os bebês.  Igualmente, da UTI até o pronto socorro. Lá estão esses profissionais sempre em prontidão. 

Acima de tudo, o enfermeiro é o responsável pelo primeiro atendimento. Desde a triagem, em que o paciente chega a uma unidade de saúde até a administração dos primeiros socorros e medicamentos. 

Outras funções dos enfermeiros

Ao mesmo tempo em que o profissional de enfermagem auxilia médicos, durante cirurgias e muitas vezes está presente ao seu lado em tratamentos ou recuperações pós-cirúrgicas. O profissional realiza a avaliação inicial e a coleta de exames.

Enfim, trabalhar em hospitais e clínicas médicas é o caminho mais natural para quem se forma em Enfermagem.

Embora não tenhamos falado ainda de outras áreas mais específicas da enfermagem. Como por exemplo, os diversos serviços de resgate presentes nas rodovias brasileiras ou mesmo no SAMU, obrigatórios em grandes centros urbanos.

Não esqueça que para qualquer uma das especialidades é  preciso conhecer as as 4 Habilidades mais importantes para área de Enfermagem.

Como é o curso de Enfermagem?

O bacharel em Enfermagem é o profissional que cursa a faculdade de Enfermagem, com uma duração média de 5 anos. À primeira vista, é cheio de com estudos teóricos e práticos. Porém, se trata de  uma rotina recheada de emoções.

Sem falar na necessidade de aprimorar as habilidades mais importantes para área de Enfermagem.

Conhecimentos gerais e específicos

Nesse período, o aluno vai estudar diversas disciplinas comuns às áreas de saúde que vão desde anatomia e biologia, aos temas mais específicos da área.

Entre eles o gerenciamento de equipes, procedimentos pré e pós-operatórios, rotinas de pronto socorro, classificação e forma de conviver com pacientes, etc. 

Enfim, são centenas de conteúdos que abrangem todos os tipos de cuidados e conhecimentos necessários visando o domínio de temas relacionados à saúde e também aspectos da administração hospitalar.

Áreas da Enfermagem

Se você conferir abaixo, pode ter uma pequena ideia das diversas especialidades e áreas de atuação de um enfermeiro.

Certamente, isso vai lhe ajudar a entender um pouco sobre a variedade de conhecimentos e estudos que vai aprender durante seus anos de graduação. Confira algumas:

  • Enfermeiro geral ou generalista
  • Enfermeiro pediatra
  • Enfermagem neonatal
  • Enfermeiro intensivista
  • Enfermeiro obstetra.
  • Enfermeiro de resgate
  • Enfermeiro auditor
  • Enfermeiro PSF

O mesmo podemos dizer da própria enfermagem e suas diversas áreas de atuação. Além dos conhecimentos, disciplinas gerais e específicas presentes no curso. 

Além da necessidade de estar sempre atualizado e do trabalho em equipe, o profissional de enfermagem deve ter algumas habilidades para ingressar na área e desempenhar as suas funções com eficiência.

Por isso, selecionamos algumas delas. Sempre úteis ao dia a dia deste profissional tão dedicado. Vamos conhecer?

4 habilidades mais importantes para área de Enfermagem

1.Saber trabalhar em equipe 

Sim, enfermagem não é uma carreira para solitários que gostam de trabalhar e fazer plantões sozinhos. Enfermagem é sinônimo de equipe, plantões em urgências e emergências, e sempre compartilhando vitórias, alegrias, tristezas e aprendizados.

Se você sabe trabalhar em equipe, saiba que será sempre bem-vindo junto aos quadros e desafios da enfermagem.

Divida problemas e compartilhe conhecimento

Muitas vezes, a equipe, composta também por técnicos e auxiliares, chega a ter dezenas de pessoas, e que possuem sempre com o mesmo objetivo: levar saúde e atendimento de excelência para pacientes e acompanhantes.

Saiba que dividir problemas e  também compartilhar conhecimentos são atitudes de equipe. Se você duvida pode perguntar a um enfermeiro perto de você sobre essa grande habilidade. Ele vai falar um muito sobre isso, mas vai concordar que é muito importante saber trabalhar com outros colegas de profissão.

2.Ter empatia

Mas afinal, o que é empatia? Segundo o dicionário Aurélio, a empatia é a capacidade de você sentir o que uma outra pessoa sente caso estivesse na mesma situação vivenciada por ela.

Ou seja, você saberia se colocar no lugar de um paciente que está sofrendo muito com uma doença ou quem sabe um acompanhante que acabou de perder um familiar no hospital.

Você conseguiria compreender as emoções que essas pessoas citadas acima estariam sentindo? Ou se sentir o mais próximo possível da dor de cada uma delas?

Isso se chama empatia. E na enfermagem, são muitos os profissionais que sabem lidar com isso. Por isso, caso você seja uma pessoa possuidora dessa habilidade, se tornar enfermeiro ou enfermeiro pode ser o seu destino.

3.Inteligência Emocional 

Dedicação e entrega, tudo isso o enfermeiro tem que ter. Mas saber se relacionar com outras pessoas e ter bastante equilíbrio emocional é o que vai fazer você se diferenciar de seus colegas, ser visto como um líder e mostrar ter estrutura psicológica para enfrentar os inúmeros desafios que irão aparecer em sua trajetória profissional.

Isso pode comprometer o seu trabalho e prejudicar a sua rotina diária. 

Controle suas emoções

Raiva, tristeza, euforia ou falta de empatia são sintomas de problemas em relação a essa habilidade. Portanto, procure sempre avaliar se você tem condições de controlar suas emoções perante as pessoas e dentro de si mesmo. 

Demonstrar a emoção adequada ao momento, como, por exemplo, confortar os familiares de um paciente que faleceu, é sinal de que você está no caminho do equilíbrio emocional.

Essas e outras dezenas de situações ocorrem todos os dias para milhares de enfermeiros, mostrando que a inteligência emocional é algo vital para o bem-estar de todos à sua volta, mas principalmente o seu.

4. Sempre se atualizar 

O enfermeiro deve estar sempre atualizado com as novidades de sua profissão, tanto no que diz respeito às mudanças no SUS, procedimentos técnicos, rotinas, reciclagens práticas ou novas formas de realizar um atendimento, entre outras prioridades dentro da área de saúde.

Um enfermeiro sem atualização pode cometer erros e não ter a segurança necessária para atender um paciente em perigo de vida e prejudicando assim o trabalho de toda equipe. Portanto, estude e se mantenha antenado.

E agora, o que me diz?  Você tem as habilidades indicadas citadas acima? Ficou mais fácil decidir se vai cursar enfermagem?

Você gostou das 4 habilidades mais importantes para área de EnfermagemSe acha que faltaram algumas, conta pra gente.

Quer ler outros artigos sobre a área de enfermagemAproveite e confira as nossas sugestões de livros para a área de enfermagem.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.