7 áreas da Engenharia de Produção mais promissoras

Tais Carra
Estrategista de marca, contadora de história e designer thinker com 9 anos de experiências em comunicação digital. Construí minhas experiências de forma bem diversificada envolvendo três áreas centrais: inovação, produto e marketing. Crio e escrevo semanalmente para diversas empresas. Meu trabalho é construir experiências e estratégias através de criação de texto útil e relevante para gerar ação, circularidade, e crescimento de receita.
1

Se você deseja cursar Engenharia de Produção e ainda tem dúvidas quais áreas são mais promissoras, podemos te ajudar. Quer entender mais sobre essa carreira? Então, vem com a gente e descubra as áreas de atuação com as melhores perspectivas de crescimento para você atuar.

Engenharia de Produção é a área da engenharia voltada a garantir a eficiência dos processos produtivos. Seja redução de custos, aumento de eficiência, ou melhor, gerenciamento de projetos. Assim como a gestão de pessoas para melhores resultados. 

O mercado de trabalho para o engenheiro de produção é bem diversificado. Segundo o site salários.com.br, houve aumento de 66.44% nas contratações formais com carteira assinada desse profissional. 

Áreas da Engenharia de Produção com grandes perspectivas

A necessidade em contratar esse profissional se dá principalmente por ele atuar em quase todos os segmentos da indústria, pode ser no alimentício, mecânica, civil, entre outros.

As principais áreas de Engenharia de Produção para atuar são:

Engenharia de operações e processos da produção

O engenheiro será responsável por projetos, operações e melhorias dos sistemas. Assim como, pelos processos para reduzir custos, planejar e controlar a produção. 

As áreas de atuação do engenheiro de produção vão desde redução de custos, proposição de melhorias, desenvolvimento de novas ferramentas, entre outras. A média salarial para esse profissional gira em torno de R$ 7.842,00 de salário, mas ele pode vir a ganhar mais de R$ 10.000,00. 

Logística

Essa talvez seja uma das áreas da Engenharia de Produção mais conhecidas, nela o profissional vai atuar em toda cadeia de suprimentos. Desde a produção até o envio final do produto. 

Inclusas nas principais atividades estão transporte, armazenamento de materiais, controle de estoque. A média salarial para esse profissional é de R$ 5.040,18, mas tem uma grande variação e dependendo da localização pode chegar a R$ 13 mil. 

Pesquisa operacional

Essa área de atuação é um ramo da engenharia que visa otimizar processos e modernizar a estratégia de negócio da empresa. Nesse sentido, pode ser considerado também um método onde são aplicados conhecimento para resolver problemas complexos. 

Por exemplo, a adoção de novas tecnologias para que a empresa atinja um alto nível de eficiência e produtividade. A média salarial para esse profissional é de R$ 4.780,95. 

Engenharia da qualidade

Como a própria nomenclatura sugere, esse profissional atua para usar ferramentas e estratégias para melhorar a qualidade dos produtos ou serviços, criar padrões e certificações.

Nesse sentido, o engenheiro é responsável por garantir altos padrões de qualidade dos produtos. Trata-se de uma das áreas mais conhecidas da Engenharia de Produção. A média salarial para esse profissional é de R$7.823,00.

Engenharia do produto

O mercado hoje é global e atua de forma bastante dinâmica. Dessa forma, é tão importante a atuação do engenheiro de produto. Pois, ele é responsável por definir as estratégias de para desenvolver produtos e manter a operação. 

Trata-se de um profissional bastante multidisciplinar, pois precisa estar bem atento às necessidades dos clientes e inovações do mercado. A média salarial é de R$ 8.535,00.

Engenharia econômica

Se você gosta de projeções de cenários financeiros talvez essa seja uma das áreas da Engenharia de Produção mais atrativas para o seu perfil. Pois, esse profissional será responsável por melhorar o desempenho econômico da empresa. 

Dentro de suas atribuições vai ser responsável por projetar cenários, formular estratégias, avaliar resultados. O salário fica entre R$ 3.000,00 e R$ 7.000,00.

Engenharia do trabalho

Essa área de atuação do engenheiro de produção é responsável por construir estratégia de trabalho para cada funcionário. Ou seja, vai ser responsável por otimizar o processo do trabalho para haver boa distribuição de tarefas por equipe. 

Além disso, tem uma importante função em prezar a integridade física dos trabalhadores. Nessa atividade ainda existem sub áreas, que são: projeto e organização do trabalho, ergonomia, sistemas de gestão de higiene e segurança do trabalho; gestão de riscos de acidentes do trabalho. A média salarial é de R$ 7.872,00.

Vagas e salário em Engenharia de Produção 

A perspectiva desse mercado é bem animadora, pois existem vagas para vários lugares do Brasil, pois o engenheiro é importante em muitos setores.  

Com um perfil multidisciplinar, essa graduação oferece aos estudantes diversas possibilidades na Engenharia de Produção para atuar. Afinal, quem não quer terminar a graduação e começar em um mercado de trabalho aquecido?

Outro fator muito importante ao estudante é escolher uma instituição que tenha boa reputação. Além do mais, observar a infraestrutura da faculdade, o quadro de professores. Pois, nessa graduação é necessário bastante conhecimento prático.

Segundo o site vagas.com, a média salarial do engenheiro de produção pode variar entre R$ 7.516,00 a R$ 9.340,00, dependendo da área se especializar e região de trabalho. Contudo, São Paulo é capital que mais contrata profissionais de Engenharia de Produção. 

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o salário inicial para um Engenheiro de Produção recém-formado na faculdade é de R$ 5.549,37 mensais. Bastante atrativo, não acha?

Graduação em Engenharia de Produção 

Um ponto muito importante ao estudante é escolher uma faculdade reconhecida pelo Ministério de Educação (MEC). 

Para a graduação de Engenharia de Produção é necessário cumprir carga horária mínima de 3.600 horas, o que significa 5 anos de estudo.

O engenheiro de produção é um cargo com alta demanda no mercado de trabalho brasileiro, pois o mesmo é essencial em gestão, controle e otimização de uma linha de produção nas empresas. 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 4.5 / 5. Contagem: 51

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.