Carreiras de Farmácia com carência de profissionais

Felipe Cortinas
Comunicador, jornalista, documentariasta e analista de marketing. Especializado em SEO e em estratégias de marketing inbound. Experiência como social media e criação de designs e vídeos em campanhas publicitárias. Gerenciamento de campanhas de Google Ads e SEO Local. Criação de sites e lojas online. Fotógrafo de eventos, videomaker e documentarista.
1

A princípio, quando um estudante de Farmácia se forma, ele busca seguir uma carreira específica. Assim, trouxemos um guia de carreiras de Farmácia com carência de profissionais para te ajudar a encontrar um caminho bacana a seguir.

Da mesma forma, atualmente existem cerca de 70 áreas de atuação em que um farmacêutico tem a oportunidade de trabalhar. Isso se deve pelo motivo do profissional de Farmácia ser exigido por lei em ambientes hospitalares, centros de saúde e drogarias pelo Brasil.

Também, para estar no mercado de trabalho, é preciso compreender a amplitude da profissão, que, no que lhe concerne, não é apenas operacional. A categoria trabalha com um pensamento analítico e estratégico, possuindo assim, um papel essencial em qualquer espaço de atuação.

Ainda, existem diversos setores da Farmácia com carência de profissionais. O motivo é dado pelas mudanças causadas pela pandemia. Tanto na ação hospitalar quanto no funcionamento de farmácias.

Sem mais delongas, vamos às áreas com carência de profissionais na Farmácia?

Farmácia Hospitalar

O estudante ou formado em farmácia que escolhe por trabalhar no setor da Farmácia Hospitalar possui diversas possibilidades de aplicação dos conhecimentos. Estes, que estarão focados, principalmente, na distribuição e estocagem de medicamentos e correlatos.

De acordo com o site Vagas.com.br, no cargo de Farmacêutico Hospitalar inicia ganhando R $2.916,00 e pode vir a ganhar até R $4.211,00. A média salarial do cargo no Brasil fica em torno de R $3.505,00 e pode variar bastante dependendo da região e do nível profissional do farmacêutico.

Também, um Farmacêutico Hospitalar, no mesmo hospital, pode desempenhar várias funções. Essas, vão desde a vigilância nos centros de medicamentos, até a manipulação de fitoterápicos.

Dentre outras atividades, além da dispensação farmacêutica, um setor que é essencial para qualquer hospital. Outras atividades são, a avaliação clínica das prescrições, montagem e lançamento das doses de medicamentos para cada paciente de forma individual.

A demanda no mercado de trabalho para o Farmacêutico Hospitalar está bem alta nos últimos meses. Segundo o site Salarios.com.br, entre Abril de 2020 e Março de 2021, aconteceu um aumento de 26,85% nas contratações formais com carteira assinada da categoria.

Categorias de empresas que mais contratam:

  • Atividades de atendimento hospitalar
  • Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências
  • Locação de mão-de-obra temporária
  • Comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas
  • Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas
  • Atividade médica ambulatorial restrita a consultas
  • Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares.

Percebe-se, então, que as possibilidades de contratação são amplas. Mas, não para por aí. Confira as outras áreas abaixo.

Farmácia Bioquímica

O Farmacêutico Bioquímico pode atuar em várias áreas aqui, desde a parte de controle de qualidade, como um analista, além de poder trabalhar na parte de coleta no laboratório, seja ele ambulatorial ou hospitalar.

É possível que o profissional deste segmento trabalhe em um laboratório de hematologia clínica, imunologia clínica, bioquímica, microbiologia e ainda outros segmentos bem mais específicos. Estes segmentos tendem a ter menor demanda, como, por exemplo, a citologia e a toxicologia.

O mercado de trabalho para um Farmacêutico Bioquímico pode variar dependendo de sua jornada de trabalho. Com uma jornada semanal de 20 horas, o profissional pode ganhar de R $1.700,00 a R $2.500,00.

Também, com uma jornada de aproximadamente 39 horas semanais, o salário fica em torno de R $3.404,86, de acordo com informações do site Salario.com.br.

A Farmácia Bioquímica é uma das carreiras da Farmácia com a maior carência de profissionais e muitas empresas, públicas ou privadas, necessitam deles em grande volume. Em comparação com o ano passado, aconteceu um aumento de 57,27% nas contratações formais da categoria, uma das maiores da Farmácia.

Agora, veja os segmentos de empresas que mais contratam profissionais desta área, de acordo com o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas). Assim será possível visualizar os serviços e tipos de empresas que precisam dos serviços da melhor forma possível.

Segmentos que contratam em Bioquímica

  • Laboratórios clínicos
  • Atividades de atendimento hospitalar
  • Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências
  • Comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas
  • Fabricação de medicamentos alopáticos para uso humano
  • Atividades de apoio à gestão de saúde.

Farmácia de Cosmetologia

Apesar de pouco falado, os farmacêuticos estão muito envolvidos na produção de cosméticos em geral. Como pode-se imaginar, é uma das carreiras mais concorridas da Farmácia. E, não há a necessidade de pós-graduação para o exercício em Cosmetologia.

No entanto, quanto mais especializado(a) você for, mais fácil será trabalhar nessa área. Outro fator decisivo para trabalhar como Farmacêutico na Cosmetologia é ter um bom inglês, pois várias formulações e descrições dos cosméticos.

Ainda, para quem escolhe esse segmento de atuação, pode escolher trabalhar na indústria cosmética, que possui vários cargos dos mais diversos tipos para quem é formado em Farmácia. Como, por exemplo, o farmacêutico responsável, verifica todas as etapas do processo de fabricação e distribuição dos cosméticos.

Ademais, outra vertente muito escolhida pelos formandos é a Farmácia de Manipulação de Cosméticos. Onde são desenvolvidos novas categorias de cosméticos para o mercado, contudo, este é um serviço restrito às indústrias.

Em síntese, um Farmacêutico em Cosmetologia pode ganhar em média R $3.431,62 no mercado de trabalho brasileiro. E sua remuneração está fortemente ligada ao porte da empresa e do nível do cargo em que o profissional está inserido.

Segmentos de contratação da Cosmetologia

Atualmente, a maior parte dos farmacêuticos que trabalham com a Cosmetologia trabalha na parte do comércio varejista de produtos e no setor de atendimento hospitalar.

Mas, dependendo da carreira que se pretende seguir, existem diversas vertentes e opções de aplicação da profissão disponíveis. Confira:

  • Comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas
  • Atividades de atendimento hospitalar
  • Comércio varejista de produtos farmacêuticos, com manipulação de fórmulas
  • Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências
  • Comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano
  • Locação de mão-de-obra temporária
  • Atividades de apoio à gestão de saúde.

Ademais, as informações acima estão ligadas ao CNAE do ano de 2020 e 2021 e podem ser conferidas no site Salários.com.br. E, caso haja interesse em alguma área de atuação da categoria, verifique as contratações na sua cidade e empresas de interesse.

Fica claro, portanto, que com a mudança da economia mundial foram abertas oportunidades em diversas carreiras da Farmácia, que hoje sofre com a carência de profissionais em alguns de seus principais segmentos. Sendo assim, esse contexto torna-se uma oportunidade para quem busca seu primeiro emprego ou recolocação no mercado.

Continue a sua leitura sobre o curso de Farmácia aqui.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.