Como empreender em Arquitetura e Urbanismo

João Victor Chiaratti Maissen
Profissional graduado em Publicidade e Propaganda pela ESPM com experiências em Marketing Digital, Relações Públicas, Produção de Eventos e Comunicação em negócios das áreas de educação, entretenimento, e-commerce, varejo, entre outros. Estou disposto a ser um grande pensador criativo com uma mentalidade estratégica.
1

Foto: Descubra como empreender em Arquitetura e Urbanismo.

Quer ser um grande arquiteto de sucesso? Conheça os passos para empreender em Arquitetura e trilhar o seu próprio caminho.

O mercado de Arquitetura e Urbanismo segue em constante mudança. Os modelos e as formas de trabalho de alguns anos atrás já não são mais compatíveis com os dias atuais. Logo, os arquitetos devem manter uma postura bem competitiva, sempre atentos às mudanças que o mercado de trabalho pode demandar.

Sendo assim, os profissionais de Arquitetura e Urbanismo deve se acostumar às adaptações e aos estímulos que essa profissão exige. Além disso, é cada vez mais comum que os arquitetos optem pelo empreendedorismo e abram os próprios escritórios ou atuem como autônomos.

Está pensando em prestar vestibular para Arquitetura?

 

Preparamos um teste para você descobrir se o curso combina com você

 

Nesse contexto, só para se ter uma ideia, no Censo dos Arquitetos e Urbanistas do Brasil divulgado em 2015, a maior parte  dos profissionais de renda mais alta são os que possuem pessoa jurídica própria. Portanto, está cada vez mais comum arquitetos optarem pelo empreendedorismo.

Então, se você deseja conhecer um pouco mais sobre como empreender em Arquitetura e Urbanismo, separe alguns minutos e confira nossas dicas abaixo:

Prepare-se para o mercado

Antes de começar sua jornada como um arquiteto empreendedor, você precisa entender que esse caminho não será nada fácil. Em resumo, você vai precisar investir dinheiro, trabalhar muito e dedicar muito do seu tempo. Além disso, você deve ficar sempre de olho no mercado de trabalho e se adaptar a ele. 

Contudo, empreender em Arquitetura e Urbanismo trará vários privilégios, como a liberdade e autonomia para realizar seus projetos, o que é muito importante para você exercitar sua criatividade. Então, tenha tudo isso em mente e se prepare para o mercado de trabalho. 

Saiba em qual área investir

Bom, não é novidade para ninguém que o setor de Arquitetura e Urbanismo é bem diversificado e oferece muitas possibilidades. Portanto, o arquiteto (independente do seu nível), deve se atualizar constantemente e sempre ficar de olho nas novas áreas, tendências e soluções que o mercado pode oferecer.

Dessa forma, um bom arquiteto empreendedor deve ter em mente a área que ele quer se especializar e seguir nela. Logo, separamos uma lista com as principais áreas onde o profissional dessa área pode atuar como autônomo ou abrir um negócio de sucesso. Porém, vale lembrar que esses são apenas alguns exemplos. Confira abaixo:

  • Planejamento urbano;
  • Gerenciamento de obras;
  • Restauração de obras ou edifícios;
  • Design mobiliário;
  • Carreira acadêmica;
  • Especialista em BIM (Building Information Modeling);
  • Paisagismo.

Desenvolva um plano de negócios

Um plano de negócios é fundamental para qualquer tipo de empresa, por meio dele o profissional consegue determinar e escolher os objetivos e as estratégias da empresa. Além disso, o plano de negócios consegue aprofundar todos os recursos, estudos e planejamentos necessários para validar um empreendimento, sem correr muitos riscos e sempre aproveitando as oportunidades que o mercado oferece. 

Em resumo, o plano de negócios de um empreendimento em arquitetura deve ter diversas análises e dados.
Confira alguns exemplos abaixo:

  • Descrição da empresa;
  • Missão, visão e valores;
  • Análise de cenários possíveis;
  • Análise de mercado de Arquitetura;
  • O perfil dos clientes e dos públicos-alvos;
  • Análise da concorrência;
  • Plano de marketing;
  • Planejamento financeiro.

Essa parte é super importante para determinar como o seu empreendimento em Arquitetura irá se desenvolver. Afinal, ter todos os pontos bem alinhados irá oferecer uma base super sólida para o seu negócio.

Invista no público certo

O mercado brasileiro é composto por diversos tipos de classes, sendo que a maioria da população brasileira integra as classes C,D e E. Logo, procure investir no público correto e que ofereça grandes oportunidades para seu empreendimento de Arquitetura. Nesse sentido, segundo uma reportagem da revista Exame, uma forte expansão das classes D e E deve marcar a pós-pandemia no Brasil. Então, pode ser uma ótima oportunidade investir nesse público, não é mesmo? Confira a notícia na íntegra aqui

Saiba utilizar o marketing a seu favor

O marketing será um grande aliado na sua jornada como arquiteto empreendedor. Afinal, ele será crucial para o crescimento do seu negócio. Logo, invista muito no marketing de seu empreendimento, esteja presente em todas as redes sociais e produza muito conteúdo. Nesse sentido, tenha em mente que você precisa dialogar com seus públicos e atingir aqueles que não conhecem o seu negócio ainda. Portanto, investir em marketing e na comunicação do seu empreendimento é essencial para o seu sucesso e crescimento.

Tenha uma equipe produtiva e ofereça ótima liderança

Caso você seja um arquiteto que queira abrir um escritório próprio, você irá precisar de uma ótima equipe para alcançar seus objetivos. Em outras palavras, o sucesso de uma empresa se dá graças aos seus funcionários e colaboradores. Afinal, com um grupo muito motivado e eficiente, a produtividade do seu empreendimento estará a todo vapor. Portanto, é importante você possuir um grupo bem diversificado e que cada um adicione valores únicos a sua empresa. Além do mais, não esqueça que você deve exercer uma ótima liderança, sempre escutando a todos e abraçando todas as ideias. 

Mantenha-se atualizado

Um grande diferencial de como empreender em Arquitetura e Urbanismo é saber sobre as constantes mudanças no mercado e saber adaptar-se a elas. Dessa forma, esteja sempre cientes de todas as últimas tendências, normas, avanços tecnológicos, entre outros. Afinal, o mercado não para e você deve acompanhá-lo.

Faça parcerias

Lembre-se que você não está sozinho no mercado, a realização de parcerias pode ser super benéfica para o seu empreendimento. Já pensou em fazer algumas parcerias com ONGs ou com grandes empresas? Além de conseguir um grande apoio financeiro, pode ser uma ótima oportunidade para ganhar mais visibilidade no mercado e atrair atenção de possíveis novos clientes. 

E aí? Gostou de descobrir um pouco mais sobre como empreender em Arquitetura  e Urbanismo? Essa, com certeza, é uma profissão bem promissora e com um mercado bem aquecido. Portanto, se você está pensando em seguir carreira nessa área, não tenha medo.

Nós separamos outras matéria que podem ser interessantes para o seu futuro profissional em Arquitetura e Urbanismo, confira:

Entenda o que faz um arquiteto e sua área de atuação

O que o mercado de trabalho exige de um Arquiteto?

Saiba a duração do curso de arquitetura

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 5 / 5. Contagem: 1

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.