Descubra as principais áreas de atuação em Fisioterapia

Tais Carra
Estrategista de marca, contadora de história e designer thinker com 9 anos de experiências em comunicação digital. Construí minhas experiências de forma bem diversificada envolvendo três áreas centrais: inovação, produto e marketing.Crio e escrevo semanalmente para diversas empresas. Meu trabalho é construir experiências e estratégias através de criação de texto útil e relevante para gerar ação, circularidade, e crescimento de receita.
1

Crédito: Foto de Alma Thai no Pexels

Vamos explicar como funciona a graduação de fisioterapia e as áreas de atuação que você pode atuar, então confere esse conteúdo!

O cargo de fisioterapeuta está com alta demanda no mercado de trabalho brasileiro. Há empregos em diversos locais como hospitais, clínicas, centros de reabilitação, empresas, estabelecimentos de estética e outros. 

A pandemia da Covid-19 trouxe transformações em sua totalidade para a sociedade. De acordo com uma pesquisa do LinkedIn, divulgada no início do ano, é uma das 15 áreas que mais devem crescer em 2021. As áreas da saúde que mais estão demandando profissionais especializados são: enfermagem, farmácia, medicina, fisioterapia entre outras. 

Você sabe qual área da Fisioterapia mais combina com você?

Preparamos um quiz para você descobrir o seu perfil

Mas afinal, quais são essas áreas? Como funciona o mercado de trabalho e graduação em fisioterapia? Tire suas dúvidas nesse conteúdo.

Quais são as áreas mais comuns na fisioterapia?

Que fisioterapia é uma área bastante dinâmica todos nós já sabemos! Ela está em constante atualização, ou seja, sempre são abertas novas frentes de atuação no mercado de trabalho. 

O Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) identifica atualmente quinze diferentes áreas, que são: 

Fisioterapia em Acupuntura

Essa técnica chegou no Brasil por meio de imigrantes chineses, japoneses e coreanos. O profissional que atua nessa técnica consiste na aplicação de agulhas finas em pontos específicos do corpo para restabelecer o equilíbrio do corpo, melhorar a circulação e até relaxamento. 

Fisioterapia Aquática

Essa graduação compõe áreas muito diversificadas onde o fisioterapeuta pode atuar. O trabalho do profissional consiste em realizar atividade terapêutica em uma piscina aquecida para promover benefícios de reabilitação e efeitos físicos e fisiológicos da água (flutuação e pressão hidrostática). 

Para aplicação dessa técnica o profissional precisa estar autorizado pela Associação Brasileira de Fisioterapia Aquática. ​​

Fisioterapia Cardiovascular

O profissional dessa área atua em técnicas para ajudar as pessoas a garantirem um melhor funcionamento do corpo. Além de ajudar na prevenção de fatores de risco cardiovascular e também na recuperação de pacientes após um acidente vascular cerebral.

Fisioterapia Dermatofuncional

Essa é uma das áreas mais em alta no Brasil. O fisioterapeuta dessa área terá atuação principalmente na prevenção, recuperação e promoção da saúde da pele.

Vai atuar no tratamento das más condições de pele como gordura localizada, cicatrizes, rugas entre outras.

Fisioterapia Esportiva

Trata-se uma especialidade focada em atletas, profissionais ou não, na busca por tratamento ou pela prevenção e tratamento de lesões e/ou traumatismos. Além disso, é uma das áreas mais comuns da fisioterapia, onde também não faltam vagas. 

Fisioterapia em Gerontologia

Como o próprio nome sugere, nesta especialidade o profissional de fisioterapia vai atuar e trabalhar em atenção e cuidados a idosos. Seu trabalho consiste em promover sua qualidade de vida, bem-estar e mobilidade. 

Fisioterapia do Trabalho

É uma área que cada vez mais vem conquista destaque, pois muitas empresas estão preocupadas com o bem-estar dos seus colaboradores. O trabalho consiste em tratar e prevenir lesões no ambiente laboral. Aborda-se desde ergonomia, fisiologia até cinesiologia e demais áreas. 

Fisioterapia Neurofuncional

Essa é a área de especialidade da Fisioterapia que atua de forma preventiva no tratamento de ações resultantes de danos a todo o sistema nervoso central. 

Fisioterapia em Oncologia

O profissional nessa especialidade atua em assistência a pacientes com sequelas ou em decorrência do câncer. A fisioterapia atua no pré e pós-operatório e na reabilitação de pacientes oncológicos.

Fisioterapia Respiratória

Nessa especialidade o fisioterapeuta atua na prevenção e no tratamento de praticamente todas as doenças que atingem o sistema respiratório. Além disso, a fisioterapia respiratória pode ser feita também na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). 

Fisioterapia Traumato-Ortopédica

O fisioterapeuta atuante nessa área vai trabalhar na investigação, prevenção e tratamento relacionado a doenças e disfunções nos ossos, músculos, articulações e ligamentos, decorridas por traumas e fraturas. 

Fisioterapia em Osteopatia

O especialista dessa área trabalha para trazer o equilíbrio ao corpo do paciente. Essa abordagem terapêutica é uma ação centrada no paciente, tratando desde patologias musculoesqueléticas até viscerais, e emocionais.

Fisioterapia em Quiropraxia

Nessa especialidade da Fisioterapia são empregados recursos quiropráxicos para o tratamento musculoesquelético, O sistema musculoesquelético dá forma, estabilidade e movimento ao corpo humano. 

Diversos são os recursos que podem ser agregados à quiropraxia, potencializando ainda mais os resultados. Alguns dos problemas mais comuns tratados nessa especialidade são dor cervical, hérnia de disco, tendinite e dor de cabeça. 

Fisioterapia em Saúde da Mulher

Vários problemas de saúde podem afetar especificamente as mulheres. O profissional nesta área atua em toda atenção à saúde feminina. Desde disfunções sexuais, dores pélvicas, câncer de mama, incontinência urinária, entre outros. 

Essa área da saúde encontra-se em constante crescimento e desenvolvimento sua atuação é para auxiliar as mulheres nas diferentes fases da vida.

Fisioterapia em Terapia Intensiva

O fisioterapeuta nessa especialidade precisa estar apto a lidar com o paciente em estado crítico. Ele atua desde a manutenção da assistência ventilatória, intervenções terapêuticas em pacientes com diversas disfunções de sistemas orgânicos em UTI.

Nos pacientes portadores de COVID 19, o papel do fisioterapeuta em muitos casos é fundamental principalmente na recuperação. 

Quais as principais atribuições do fisioterapeuta?

De forma geral o fisioterapeuta atua em avaliar o estado funcional do cliente, para realizar o diagnóstico, organizar, supervisionar e então prescrever o seu projeto terapêutico. Entretanto, as atribuições são bem mais amplas dependendo da área escolhida, pois existem atividades bastante específicas. 

O especialista de fisioterapia precisa ter uma visão geral sobre o corpo humano, que envolve desde disciplinas de anatomia, fisiologia, genética, bioquímica, neurociência entre outras. 

Nos últimos anos, a concepção do processo saúde-doença vem sendo alvo de reflexões, pois houve uma busca frenética por estar saudável. Para te ajudar separamos as atribuições mais comuns do fisioterapeuta:

  • Promover ações terapêuticas preventivas 
  • Realizar consultas fisioterapêuticas, anamnese, rotinas relacionadas a diagnósticos
  • Desenvolver programas coletivos para a diminuição dos riscos de acidente de trabalho
  • Executar ações de assistência integral a pacientes que necessitam dos serviços: idosos, adultos e crianças
  • Participar de estudos e pesquisas relacionados à sua área de atuação
  • Atuar na promoção à Saúde
  • Realizar atendimentos domiciliares a pacientes com enfermidades, necessidades crônicas, motoras ou degenerativas
  • Realizar programas de exercícios, atividades físicas
  • Prescrição de tratamentos
  • Vigilância Sanitária
  • Executar terapia cardiorrespiratória e neuro-músculo-esquelética, terapia intensiva em pacientes críticos

 

 

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.