Farmacêutico na indústria de alimentos: é possível?

Ana Paula Schuster
Colaborador do Hora Da Facul

Não é comum ouvir falar sobre o farmacêutico na indústria de alimentos, mas eles podem atuar nesse ramo, porque trabalham com a saúde em geral. Aliás, existem algumas funções mais específicas sobre essa área que você deve conhecer.

É uma área que promete crescer muito, então neste artigo você vai entender melhor sobre o que esse profissional faz. Além disso, pode conhecer essa carreira.

Por que um farmacêutico pode atuar na indústria de alimentos?

Todo mundo quer ter saúde e viver bem, mas isso é multifatorial e muitas coisas interferem na sua manutenção. Desde os produtos que se utilizam na pele, como as pomadas até os alimentos, que são cruciais.

Você sabe qual área da Farmácia mais combina com você?

Preparamos um teste especial para você conhecer seu perfil

Garantir a saúde de qualidade em todos os fatores é responsabilidade do farmacêutico, porque ele estuda para trabalhar nas mais diversas áreas que envolvem o bem-estar. Por exemplo, em farmácias, indústrias e centros de cosméticos.

A seguir veja dicas de como um farmacêutico na indústria de alimentos pode atuar. Assim, quem está em busca de conhecer a área para cursar verá o que é importante. Também veja como se preparar para o vestibular e qual a melhor faculdade.

Atividades de um farmacêutico na indústria de alimentos

Hoje em dia muito se fala sobre quais alimentos ajudam a cuidar da saúde. Então, é neste ponto que entra o trabalho do farmacêutico na indústria de alimentos, porque ele busca garantir que tudo que é fabricado tenha qualidade.

Existem muitas maneiras do farmacêutico atuar na indústria alimentícia. Por isso, veja a seguir quais as principais áreas.

Bromatologia

A palavra vem do grego “bromo” e “logia” que significa alimento e ciência. Portanto, é a área responsável pelo estudo dos alimentos.

Um farmacêutico especializado nessa área cuida das coisas mais específicas. Por exemplo, ele estuda cada composição química com detalhes. Assim, consegue ver quais os conservantes, além de definir se são tóxicos ou não.

Estudar valor nutricional e os efeitos que os industrializados têm também é função deles. Ainda, analisa possíveis microorganismos e qualquer coisa que possa fazer mal à alguém.

A atuação nesse trabalho é bem variada, já que pode ser feita desde o controle de qualidade, até o processo de armazenar.

Controle de qualidade dos alimentos

O farmacêutico da indústria de alimentos também pode fazer o controle de qualidade. Com isso, ele consegue garantir uma boa fabricação dos produtos para consumo. Desde os laboratórios, passando pela linha de produção até chegar ao cliente.

Tal profissional fica com a função de proteger o consumidor final. Além de fazer com que tudo o que for vendido tenha transparência sobre sua composição.

Melhoria dos alimentos

Nesse setor, cabe ao farmacêutico criar formulações para os diversos tipos de alimentos. Também, trabalhar em cima de pesquisas para que esse ramo tenha sempre inovações.

Potencial mercado para o farmacêutico

O mercado de alimentos está sendo muito fiscalizado hoje em dia, afinal muitas pessoas querem ter uma vida saudável. E isso passa pelo consumo de alimentos com bom valor nutricional.

Um potencial mercado de trabalho é o farmacêutico na indústria de alimentos. Por causa dessa fiscalização atual quanto a o que comer e se isso é saudável.

O farmacêutico na indústria de alimentos promete crescer

Diversas leis estão surgindo para controlar a qualidade dos alimentos. Então, as empresas vão precisar cada vez mais desse profissional.

Outra coisa que favorece essa atuação é o crescimento de alimentos veganos, que não provocam dor ao animal. As pessoas que seguem essa linha, precisam ingerir produtos condizem com seu pensamento, sendo assim, é o farmacêutico quem indica isso.

Os variados estilos de vida alternativos dependem disso, porque quem segue elas precisam ter a noção do que estão comendo. Além disso, para indivíduos com alergia, esse controle nos alimentos é crucial para manter sua saúde.

Todos esses exemplos mostram a importância do farmacêutico na indústria de alimentos. Bem como, revela como a tendência é crescer a cada dia mais.

Você que está cursando Farmácia, ou pretende prestar vestibular para, essa é uma área a se pensar. Afinal, gera uma gama de oportunidades. Além disso, deve gerar muitos empregos daqui para a frente.

Como se tornar um farmacêutico na indústria de alimentos?

Para se tornar um farmacêutico na indústria de alimentos é preciso ter formação em Farmácia, porque essa é a base do trabalho. Então, é preciso ter os quatro anos de curso.

Somente a graduação não é o suficiente, porque um bacharel em Farmácia está preparado para lidar com as composições químicas. Mas, os alimentos demandam mais cuidado.

É necessário fazer uma especialização na área, principalmente, em um mercado que promete crescer tanto. Aliás, será mais concorrido no futuro e o que vai te diferenciar é a sua formação.

Quem está na fase de preparação para o vestibular de Farmácia deve ter certeza do que quer fazer. Afinal, quando você gosta do trabalho tudo flui mais fácil.

Um farmacêutico na indústria de alimentos tem um trabalho muito importante para a sociedade. Aliás, é um dos responsáveis por garantir o direito à saúde da população.

Bacharelado em Farmácia

Entenda um pouco mais sobre o curso que um farmacêutico na indústria de alimentos precisa ter, porque essa é uma graduação regulamentada no Brasil. Para segui-la você precisa ter registro no CRF (Conselho Regional de Farmácia).

Um farmacêutico termina a faculdade pronto para atuar com medicamentos e cosméticos. Assim, pode trabalhar em drogarias e farmácias ou ser fiscal sanitário. Portanto, combatendo medicamentos falsificados e problemas na formulação.

Em questão do salário de um farmacêutico, é algo variável, porque depende, em geral de onde ele trabalha. Afinal, o ramo da Farmácia abrange diversas áreas.

Para o farmacêutico atuar no ramo alimentício é preciso especialização. Logo, o bacharelado é o primeiro passo. Por fim, veja algumas áreas de atuação do profissional de Farmácia em geral:

  • Acupuntura;
  • Auditoria farmacêutica;
  • Banco de sangue;
  • Banco de órgãos;
  • Controle de pragas urbanas;
  • Farmácia veterinária;
  • Fitoterapia;
  • Toxicologia forense.

Como se preparar para o vestibular em Farmácia?

Preparar-se para um vestibular é algo cansativo, mas se você tem um foco e sabe o que quer deve permanecer na luta até alcançá-lo. Aliás, se você não sabe o que combina com você basta pesquisar até encontrar.

Universidades públicas demandam mais preparação ainda, porque com o Enem você concorre com pessoas de todo o país. Contudo, com disciplina e estudando da maneira certa é possível passar.

A rede Kroton possui as melhores universidades para quem deseja ser farmacêutico na indústria de alimentos. Então, conheça elas e inicie sua carreira.

Quais áreas da Farmácia estão em alta?

Vestibular de Farmácia: como funciona?

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.