O que a pandemia trouxe de mudanças para a área de Administração

Gisele Henriques
MBA em Administração e Marketing, Pós Graduada em Jornalismo Esportivo, graduada em Licenciatura em Artes Visuais, Tecnologia em Marketing e Bacharelado em Administração, é graduanda de Direito e de Jornalismo.

Crédito: Foto de Anna Shvets no Pexels

Em um cenário de incertezas ocasionadas pela pandemia do coronavírus, surgem demandas aos gestores de todo o mundo. A quebra de paradigmas e a mudança de comportamentos são apenas alguns exemplos.

Novas competências foram desenvolvidas. Diferentes funções, tarefas e profissões surgiram. Outras carreiras, por sua vez, caíram em desuso.

Nesse sentido, em meio à construção de uma nova realidade, a Administração ganha mais espaço e é impactada pelos novos rumos. Mas, afinal, o que a pandemia trouxe de mudança para a área da Administração?

Já pensou em empreender?

Preparamos um quiz para você descobrir qual é o seu perfil de empreendedor

 

O “novo normal”

A Administração passou por fortes mudanças e atualizações, tornando-se o a promessa de estabelecimento do “novo normal”. Tanto governos quanto instituições privadas cobram atitudes para a resolução do problema e minimização dos efeitos negativos.

Além disso, são demandadas novas rotinas de segurança sanitária e padrões de higiene para a retomada das atividades presenciais, até o momento paralisadas por conta das medidas emergenciais.

Vai prestar vestibular para Administração?

 

Confira aqui se você já sabe tudo sobre o curso

O home office, por sua vez, ganhou espaço através da priorização da comunicação remota. Desde reuniões de empresas até pedidos de produtos com entregas domiciliares se tornaram, ao mesmo tempo, solução e problema.

A gestão hospitalar, por sua vez, passa por uma grave crise, com falta de insumos, extrapolação de atendimentos, carência de profissionais e níveis assustadores de óbitos.

Quais as principais mudanças em Administração neste período de pandemia?

Valorização e ampliação do uso de plataformas digitais

Em um momento no qual a prioridade é ficar em casa, a cultura digital tornou-se fonte de entretenimento, comunicação, atividades de estudo e trabalho.

Neste caso, vídeos rápidos nas redes sociais e aplicativos de mensagens e reuniões tornaram-se, também, recursos didáticos para aulas online e ferramentas de trabalho remoto.

A publicidade e a propaganda tornam-se cada vez mais parecidas, e os vídeos produzidos por influenciadores digitais podem possuir tanto prestígio quanto o de uma propaganda com uma estrela internacional.

O esforço de vendas ganha força nas redes sociais, pois, com um clique é possível concretizar uma compra.

A imagem profissional passa cada vez mais a ser vinculada à presença digital através de perfis nas redes sociais. A valorização do profissional que consegue lidar com as ferramentas midiáticas e de trabalho remoto está em alta.

Esforços de colaboração e adaptação

Em um ambiente de incertezas e disparidades sociais, esforços colaborativos também ganham espaço. Através do compartilhamento e da união de habilidades, a colaboração é uma tendência em uma sociedade cada vez mais conectada.

Adaptar-se ao momento de mudanças demonstrando flexibilidade e empatia, entendendo as diferentes realidades, são competências cada vez mais necessárias.

Atuar em diferentes contextos buscando soluções para problemas cada vez mais distintos é uma tendência ante a uma realidade que muda constantemente, seja pela crise econômica, seja pelas restrições momentâneas que demandam rápida tomada de decisões. Um exemplo é o setor de bares e eventos, que com as restrições de atividades, sofreram adaptações para atendimento via delivery e realização de eventos online.

Fortalecimento de propósitos da marca

Com uma sociedade em busca de novos valores, as marcas também passam por um processo de reafirmação.  Com qual imagem trabalhar em um momento de pandemia? Como admitir as mudanças e a grave crise, ao mesmo tempo em que se tenta vender produtos e manter uma posição estável no mercado?

Alguns setores passaram por grandes mudanças enquanto determinadas marcas se consolidaram. A imagem perante à mídia é uma grande preocupação,  principalmente em meio a uma avalanche de fake news (que envolvem nomes de empresas e pessoas).

Além disso, há a questão da “cultura do cancelamento”, na qual atitudes supostamente recrimináveis são rapidamente expostas e passam por um “julgamento social” que, na maioria dos casos, não admite defesa. Como gerenciar uma crise de imagem em um contexto que não permite erros de mensagem?

O fortalecimento do propósito da marca com uma visão positiva é uma tendência principalmente da área de Marketing, mas que deve ser desenvolvida em todos os setores de uma empresa.

Um exemplo são as marcas de produtos de beleza que mantêm a preocupação ambiental como uma cultura, estabelecendo uma postura de preservação do meio ambiente e um posicionamento contrário aos testes com animais.

Conectividade e capacidade de executar trabalho remoto

No mundo com espaço cada vez mais virtual agregado ao real, o profissional que consegue manter redes de relacionamentos e unir pessoas com objetivos comuns possui vantagem competitiva.

A internet, com as redes sociais e aplicativos de comunicação, gera infinitas possibilidades de conexão. Assim, pessoas que nunca antes conseguiriam estar acessíveis para uma reunião, passam a estabelecer contato.

Portanto, a capacidade de se conectar e realizar atividades à distância abre diferentes possibilidades na área de Administração, a exemplo de ofertas de vagas para trabalho remoto e contatos com empresas distantes fisicamente.

Atividades empreendedoras também podem se beneficiar desta vantagem, estabelecendo parcerias com contatos realizados por meio digital.

Quais competências os administradores precisam desenvolver para lidar com as mudanças da pandemia?

O profissional em Administração precisa desenvolver algumas competências e habilidades para trabalhar diante de tantas demandas da pandemia.

A reinvenção com o estabelecimento de novos paradigmas e culturas é necessária, e pode vir por meio da capacitação profissional.

O processo de mudança se faz através da reflexão e análise, com avaliação das melhores decisões a serem tomadas dentro de aspectos éticos e multidisciplinares.

Assim como houveram muitas perdas econômicas e pessoais, a pandemia também gerou novas frentes de trabalho. Essas frentes podem ser oportunidades para administradores realizarem grande contribuição para o estabelecimento de uma nova e positiva realidade.

Quer entender mais sobre Graduação em Administração? Confira algumas matérias interessantes:

Como o curso de Administração pode ajudar a empreender

Conheças as diferenças entre presencial, semipresencial e EaD

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.