O que faz um agrônomo?

Tais Carra
Estrategista de marca, contadora de história e designer thinker com 9 anos de experiências em comunicação digital. Construí minhas experiências de forma bem diversificada envolvendo três áreas centrais: inovação, produto e marketing.Crio e escrevo semanalmente para diversas empresas. Meu trabalho é construir experiências e estratégias através de criação de texto útil e relevante para gerar ação, circularidade, e crescimento de receita.
1

Crédito: Foto de Sorapong Chaipanya no Pexels

Está na dúvida entre o que faz um agrônomo? 

A agronomia é uma área bastante multidisciplinar. A principal função do agrônomo é cuidar dos cultivos agrícolas e animais. Suas atribuições vão desde controle de pragas, conservação do solo, fertilidade entre outros. 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a agropecuária apresentou crescimento de 0,6% no primeiro trimestre de 2020 em comparação a 2019, o setor de Agro é único setor da economia com crescimento na pandemia

Vai prestar vestibular para Agronomia?

Descubra qual área mais combina com você

 

Pensando nisso, listamos informações sobre detalhes dessa profissão que fazem parte da rotina do agrônomo para te ajudar a decidir. Confira!

O que faz um agrônomo?

A função do agrônomo é essencial para a manutenção da sociedade. Além do nosso país ser referência em economia primária, a agricultura exerce um papel fundamental nas famílias brasileiras. 

De acordo com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o agronegócio foi responsável por 21% do total do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

O profissional de agronomia tem conhecimento bastante diversificado que envolve diversas áreas do conhecimento como química, biologia, matemática e engenharia. Ele atua em toda cadeia produtiva rural. 

Sua função vai desde potencializar a criação de animais, a execução de projetos de plantio, colheita, melhor uso do solo. Entre suas atribuições também está garantir o cumprimento das normas de manuseio e higiene para mercado externo e interno. 

Como se tornar um agrônomo?

Quando se fala em setor agropecuário, o Brasil tem uma posição de destaque mundial, logo o estudante que optar por essa área tem diversas oportunidades no mercado de trabalho. 

Em média a graduação de bacharelado em agronomia dura de 4 a 5 anos dependendo da instituição. Além disso, o curso exige estágios obrigatórios, e o trabalho de conclusão do curso (TCC). 

O agrônomo lida com diversos profissionais no seu dia a dia, desde veterinários, zootécnicos, gestores ambientais, proprietários rurais entre outros. Em resumo podemos dizer que para se tornar agrônomo o profissional precisa gostar de planejar, organizar e administrar aspectos ambientais e agrícolas. 

O estudante de agronomia vai contar com bastante atividades práticas e em campo. Assim como demais profissões existem uma infinidade de especializações. 

Quanto ganha um agrônomo?

Na graduação de agronomia se torna bastante valorizado devido a cuidar de todos os aspectos agrícolas em uma propriedade. O salário pode variar pela especialização, atividade e tamanho da equipe. 

O Engenheiro Agrônomo pode atuar no campo, em fazendas, sítios. Vale lembrar também que a profissão é representada pelo Conselho de Engenharia e Agronomia (CREA). Portanto, é esse o órgão responsável pelo seu registro profissional de atuação.

Esse profissional pode atuar em distintas etapas do agronegócio. De acordo com Site Nacional de Empregos (Sine), salário médio do agrônomo é em média R$ 5.668,07 variando de acordo com a experiência do profissional, pode chegar a 10 mil.

Quais as áreas o agrônomo pode atuar?

As possibilidades de atuação de um profissional formado em agronomia são diversas. Os locais de atuação também podem ser público ou privado, na área de pesquisa, em empresas que necessitem de assessoria rural em cooperativas, em fazendas. 

Assim como todas as profissões, o setor de agro se renova constantemente. Hoje em dia novas áreas de atuação têm sido exploradas devido ao impacto da tecnologia batizada de Agricultura 4.0 otimizando o manejo das culturas, trazendo mais rentabilidade aos produtores. 

Outro dado importante segundo o levantamento da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), 67% das propriedades agrícolas no país já adotam uma categoria de inovação tecnológica. É bastante coisa, não acha?

Listamos as mais conhecidas áreas de atuação para te ajudar. 

  • Gerenciamento Rural
  • Indústria de alimentos
  • Pesquisa
  • Engenharia rural;
  • Irrigação e drenagem;
  • Biotecnologia
  • Fitotecnia
  • defesa sanitária
  • Zootecnia
  • Entre outras

Competências e habilidades do agrônomo

Antes de ingressar em um curso superior, é necessário muito conhecimento para fazer sua escolha de forma assertiva. Cercar-se de informação além de entender seus interesses vai te ajudar no processo. 

As diretrizes curriculares vão variar bastante de instituição para instituição, mas alguns interesses e competências são essenciais ao sucesso do profissional de agronomia são eles:

  • Interesse em trabalhar no campo

Essa parece um pouco óbvia, mas na maior parte do tempo é nesse local que o agrônomo realiza suas tarefas. Diversos estudantes optam por essa área por virem de famílias que vivem da agricultura e pecuária. 

  • Visão sistêmica

Esse profissional vai trabalhar como diversos fatores na sua rotina, para que consiga identificar os processos, como funcionam para propor melhorias. Em resumo, o agrônomo vai precisar conseguir ver o cenário completo para identificar a melhor forma de administrar os agentes. 

  • Afinidade com animais e plantas;

Cada vez mais o bem-estar das plantas e animais são preocupações das pessoas. O profissional de agronomia lida diariamente com as plantas, à terra e os animais.

Apesar de o profissional atuar mais na gestão da produtividade dos animais e plantas, e cuidar de seu melhoramento genético fará parte de suas atribuições. 

  • Flexibilidade/ busca por melhorias;

Como vimos anteriormente o profissional que cursa agronomia precisa ser bastante versátil, pois lida com diversas variáveis e precisa sempre estar em busca de resultados superiores. Em sua rotina terão muitos experimentos para implementação de melhorias e monitoramento de resultados.

  • Afinidade com cálculos;

Embora seja classificada como parte das Ciências Agrárias, na grade curricular em sua rotina e na graduação o agrônomo vai utilizar as matérias de matemática, estática e bioquímica.

  • Facilidade para se comunicar

Além de atuar em conjunto com diversos profissionais, sejam veterinários, zootécnicos entre outras áreas. Ele precisará desenvolver a habilidade para saber ouvir o outro, sua comunicação será multidisciplinar para entender as necessidades dos proprietários, aliado a seu conhecimento técnico para potencializar estratégias para mais ganhos e menos perdas no campo. 

  • Consciência ambiental

Por último, não menos importante, o agrônomo vai lidar diariamente com questões éticas e vai necessitar senso de responsabilidade ambiental. Não se tratando apenas de valores pessoais, mas sim que suas práticas vão ecoar em todo setor, se forem prejudiciais podem prejudicar o solo, a empresa e sua reputação perante ao mercado de atuação.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.