O que faz um enfermeiro-chefe?

Roberto Dezorzi
Colaborador do Hora Da Facul

Crédito: Crédito: Canva.

Gerenciamento de equipes e setores, administração de clínicas e outras instituições de saúde, e a direção e o controle da assistência em enfermagem. Fique por dentro desta posição de grande importância dentro da área de saúde e descubra o que faz um enfermeiro-chefe.

Como já falamos em outros artigos, sabemos que a enfermagem pode ser chamada de a “arte de cuidar de pessoas”. Desta forma, podemos entender como cuidar, tudo que está inserido dentro das diversas práticas técnicas e científicas do profissional de enfermagem. 

Além disso, não podemos esquecer do outro pilar existente em suas dezenas de especialidades, que é a humanização dentro da prestação dos serviços de saúde.

Está em dúvida sobre qual curso escolher no vestibular?

 

Preparamos um quiz para você saber se tem perfil para Enfermagem

O profissão de enfermeiro e o trabalho de saúde

Antes de mais nada, a enfermagem é formada por um conjunto amplo de serviços de assistência à saúde que obedecem a protocolos, regras e regulações. O curso de Enfermagem e a profissão compõem uma área que não produz bens que podem ser vendidos ou estocados. 

Pelo contrário, ela oferece assistência e serviços para grupos ou populações relacionadas a saúde e doenças, prevenção e tratamentos, expressas como necessidades ou problemas de saúde. Definitivamente, para liderar e tomar decisões, precisamos do enfermeiro-chefe. 

Como se tornar um enfermeiro-chefe?

Um enfermeiro pode assumir o cargo na chefia ou gerência de enfermagem por meio de uma indicação, por mérito ou outros atributos, como a experiência.

Fazer faculdade de Enfermagem é o seu sonho?

Preparamos um quiz para você descobrir se o seu perfil combina com o curso

À primeira vista, isso vai depender de qual setor: público ou privado. E também do porte da instituição (hospital, setor especializado, posto de saúde e outras denominações). 

Entretanto, outra forma de ocupar esta posição é através de um concurso público, o que vai exigir experiência comprovada em determinada função de enfermagem.

Aliás, fique sabendo que cada órgão, instituição ou serviço possui uma necessidade obrigatória ou exigência para o enfermeiro ocupar a posição de enfermeiro-chefe.

Resumindo, se você tem interesse em gerenciamento de enfermagem ou apenas deseja aprimorar as habilidades de administração. Saiba que é possível encontrar diversos cursos e especializações sobre o assunto.

O que faz um enfermeiro-chefe?

Contudo, antes de apresentar algumas funções e rotinas deste líder, tenha em mente que a maioria de suas funções desempenhadas será administrativa.  Veja algumas abaixo:

  • Gerenciamento de equipes e setores
  • Coordenar os demais enfermeiros
  • Administração de clínicas particulares
  • Administração de instituições públicas de saúde
  • Gerenciamento de equipes em setores específicos (UTI, Centro Obstétrico, Pronto Socorro, Oncologia, etc.)
  • Direcionamento e Controle da Assistência em enfermagem
  • Gestão de Custos e Investimentos
  • Atuação junto às licitações e testes de qualidade
  • Gestão de Educação Continuada, protocolos e atualizações da área
  • Participar de reuniões e comissões provisórias ou permanentes (infecção hospitalar, auditoria, educação continuada, segurança do trabalho, etc)
  • Coordenar toda a parte burocrática do setor (escalas, folgas, pedido de material, plantões, avaliações, entre outros)
  • Manter contato com o COREN, ANVISA, VIGILÂNCIA SANITÁRIA e outros órgãos de saúde

Equipes Multiprofissionais

A enfermagem antes de tudo é um trabalho feito em equipes, ou seja, se trata de um trabalho coletivo. Porém, esta atividade não é executada somente pelo enfermeiro-chefe e os demais enfermeiros. 

Antes de mais nada, as ações de enfermagem são realizadas por profissionais de diversas áreas. Resumindo, é um trabalho multiprofissional.

Juntamente com a enfermagem, podemos adicionar os médicos gerais e especialistas, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, serviços administrativos e manutenção. 

E para isso, o enfermeiro-chefe deve estar preparado para administrar recursos humanos e os insumos utilizados na enfermagem.

Gerenciamento de Recursos Humanos e materiais

Recursos Humanos

Toda instituição de saúde possui uma equipe de profissionais de enfermagem que tem no enfermeiro-chefe o gestor desta equipe e dos demais recursos humanos. 

Primeiramente, esse gerenciador deve ser capaz de promover a qualidade na assistência à saúde, entender a cultura da empresa ou instituição à qual trabalha.

Capacidade gerencial e habilidades de liderança

Além disso, deve incentivar aspectos como a ética e a organização do time, ter poder de tomar decisões e atitudes perante as dificuldades que certamente surgirão. Resumindo, estamos querendo dizer que um enfermeiro-chefe é antes de tudo um líder.

Outra responsabilidade deste profissional é gerenciar os conflitos e ter uma boa capacidade de negociação dentro das unidades de saúde (postos de saúde, hospitais, clínicas, comissões disciplinares, entre outras). 

Gerenciar recursos humanos é saber analisar as necessidades da equipe de enfermagem e dos outros envolvidos, e seu trabalho em equipe.

E de quebra, ter condições de avaliar e promover o recrutamento de novos funcionários do setor, escalas, cronogramas de atendimento e outras dezenas de atividades.

Sem deixar de lado a educação permanente e a avaliação de desempenho profissional individual e da equipe.

Agora você deve estar pensando, que é muita coisa. Realmente é! 

Recursos materiais

Simultaneamente, junto à administração de pessoas, oferecer serviços de saúde também envolve a administração e gerenciamento correto dos insumos, equipamentos, medicamentos e bens materiais pertencentes à instituição.

Estes recursos materiais e físicos, assim como o seu correto gerenciamento e manutenção podem envolver investimentos, custos, aproveitamento, organização

Licitações

Entre as funções mais importantes de um enfermeiro-chefe é a sua participação ativa dentro dos diversos processos licitatórios.  

As licitações públicas, que também ocorrem no setor privado, envolvem a compra de grandes quantidades de itens ou a contratação de serviços de apoio (instalação de oxigênio, manutenção de aparelhos, etc.).

Além disso, tem como caráter obrigatório alguns mandamentos como a clareza e a transparência neste processo. Nas instituições públicas, a licitação tem como objetivo promover o bom uso do dinheiro da população. Já na gestão privada, o objetivo é evitar desperdícios e reduzir custos. 

Dentro deste cenário, temos como atribuição do enfermeiro-chefe: 

  • Ter a responsabilidade de fazer o teste dos equipamentos adquiridos juntamente com a equipe
  • Avaliar, comprovar ou negar a necessidade da compra
  • Realizar os diversos testes para avaliar a qualidade dos produtos e serviços oferecidos pelas empresas
  • Notificação de eventos ligados à anotação de enfermagem e aos produtos testados

Liderança do enfermeiro-chefe

Em síntese, o papel do enfermeiro-chefe é quase em sua totalidade uma função administrativa e que necessita de uma certa habilidade para liderar. É comum ele ser escolhido entre seus colegas levando em consideração suas características de liderança e alta capacidade técnica.

Porém, quando falamos em uma especialidade dentro da enfermagem, esse líder deverá ter experiência prévia comprovada na área. Esta somada ao conhecimento ajudam a poupar constrangimentos dentro da equipe e gerar mais confiança no desempenho da função.

Independente da especialidade, seja ela Pediatria, Geriatria, Pronto Socorro ou Pré, UTI, Trabalho, Auditoria, Obstetra, entre outras tantas dentro da enfermagem.

Um líder sabe gerenciar e tem grande capacidade técnica. E isso se aplica a todas as profissões e não somente à enfermagem.

Portanto, antes de terminar a sua graduação pense com calma seus próximos passos. Algumas especialidades necessitam de habilidades e algumas características específicas que variam de pessoa para pessoa.

Saiba que no mercado de trabalho não existe uma fórmula certa, o que existe é muito trabalho e esforço.
Conheça outros artigos sobre enfermagem e como é gratificante cuidar das pessoas.

Acesse nosso site e saiba mais sobre outras profissões!

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.