O que faz um engenheiro mecânico?

Isabella de Andrade
Colaborador do Hora Da Facul

Carreiras nas Engenharias continuam em alta no Brasil e, para a Engenharia Mecânica não seria diferente. O mercado diverso, as altas médias salariais e a constante demanda por esses profissionais em diferentes espaços são alguns dos principais atrativos. Mas, afinal, o que faz um engenheiro mecânico? Nesse ramo, o profissional é responsável por cuidar do projeto, da construção, análise e também a operação e manutenção de máquinas e sistemas mecânicos.

A profissão de engenheiro mecânico é essencial para o bom desenvolvimento econômico do país. É esse profissional que vai ser responsável por tarefas que envolvem desde o ar-condicionado de residências até mesmo aviões de caça, exploração de petróleo e indústria automobilística. O campo de atuação é muito vasto. Além de projetar e desenvolver sistemas e máquinas, duas de suas funções primordiais, esse engenheiro atua ainda em pesquisa e tecnologia de ponta.

Outra possibilidade de trabalho com boa demanda é liderar equipes de produção e manutenção. Ou ainda funções como, por exemplo, controle de qualidade e projetos de usinas e fábricas. De maneira geral, podemos dizer que um engenheiro mecânico está presente em toda a indústria, produzindo motores e máquinas e contribuindo com a locomoção de pessoas e bens. Além disso, ele pode trabalhar com geração de energia e fabricação de produtos em geral.

E o que mais um engenheiro mecânico pode fazer?

Para entender como o campo de atuação de um engenheiro mecânico é amplo podemos lembrar que ele trabalha em funções que passam por exemplo, pelo projeto de ferramentas e peças, até a construção de usinas e fábricas. Ele pode trabalhar ainda com consultoria para compras e vendas. As principais oportunidades de emprego estão na indústria e a média salarial para engenharia mecânica fica acima de R $7.000 na maior parte dos estados brasileiros.

Podemos dizer que, de maneira geral, o que faz um engenheiro mecânico é aplicar as leis da física e da matemática para melhorar e desenvolver soluções para a sociedade. Isso pode acontecer por meio da projeção de novas máquinas, ferramentas ou equipamentos, por exemplo. Outro trabalho importante é o controle de qualidade de equipamentos em testes de resistência e conferência de medidas.

 

O trabalho desse profissional é essencial para diferentes indústrias, sendo responsável, principalmente, pelo bom funcionamento das estruturas físicas. Podemos dizer que a Engenharia Mecânica dialoga com diversas outras áreas da engenharia, tornando o trabalho desse engenheiro ainda mais importante e diverso. Vale lembrar que o mercado está em alta, principalmente pela ascensão da indústria automobilística e também do setor de energias renováveis.

Quais as principais funções de um engenheiro mecânico?

  1. Criação e projeto: Aqui o engenheiro vai desenhar novas máquinas e ferramentas

 

  1. Desenvolvimento: Nesse caso, o profissional é responsável por tirar os protótipos do papel e executar testes para verificar o seu funcionamento.

 

  1. Consultoria técnica: Nesse campo o engenheiro trabalha em diferentes áreas da empresa, dando informações técnicas sobre os processos.

 

  1. Manutenção: Essa área é para profissionais que querem trabalhar diretamente nas fábricas, supervisionando máquinas e colaborando com o funcionamento correto delas.

 

  1. Supervisão de processos: O trabalho aqui é acompanhar o desenvolvimento de diferentes etapas da produção e informar se alguma modificação é necessária.

 

  1. Gerência: Aqui o engenheiro vai gerenciar a equipe industrial e cuidar de processos administrativos.

 

  1. Desenvolvimento de instalações mecânicas, termodinâmicas e eletromecânicas

 

  1. Elaboração de estudos, projetos e pesquisa para contribuir, principalmente, com a inovação tecnológica, econômica e ambiental na área.

Como esse profissional pode trabalhar?

É importante lembrar que um bom engenheiro mecânico deve ter interesse e facilidade com números. Já que, enfim, as ciências exatas farão parte do trabalho constantemente. Gostar de tecnologia também é um ponto importante, já que um engenheiro mecânico utiliza muitas ferramentas tecnológicas em seu trabalho. Entre essas ferramentas estão softwares para desenhar, moldar peças e realizar cálculos.

Outra característica que pode ser um ótimo diferencial para esses profissionais é ter visão analítica. Um dos principais trabalhos dessa área é analisar projetos e interpretar resultados em busca de um funcionamento cada vez mais econômico e preciso. Além disso, um bom engenheiro mecânico aplica seus conhecimentos técnicos para inovar e buscar novas soluções para diferentes produtos.

O engenheiro mecânico deve reunir habilidades preciosas para diferentes engenharias, envolvendo-se com diferentes problemas técnicos, sociais, econômicos e ambientais. No entanto, seus principais aprendizados se relacionam com os princípios básicos do movimento, força e energia através de soluções mecânicas.

Quais são as áreas que mais empregam engenheiros mecânicos?

Esse profissional trabalha em lugares tão diversos que pode desenvolver máquinas muito próximas ao cotidiano. Como, por exemplo, ar condicionado e ferramentas elétricas, até equipamentos industriais, como máquinas geradoras de energia. Entre os principais setores de atuação estão o automobilístico e a aeronáutica.

Mas existem diversas possibilidades, como a indústria petroquímica, celulose, álcool e gás. Enquanto isso, existem alguns setores com alta demanda para esses profissionais atualmente, sendo considerados os mas aquecidos:

  1. Indústria Automobilística
  2. Indústria Petroquímica
  3. Indústria Metalúrgica
  4. Setor Público
  5. Bancos

Para que você entenda ainda melhor o que faz um engenheiro mecânico em termos gerais, nós separamos algumas das principais disciplinas que um bom profissional deve demandar mais cuidado e atenção durante a faculdade. Além disso, são tão importantes para um bom trabalho na engenharia mecânica, que procurar cursos extras para se capacitar nesses assuntos é uma boa dica para começar:

  1. Mecânica dos fluidos
  2. Termodinâmica
  3. Máquinas hidráulicas e pneumáticas
  4. Transferência e transmissão de calor e massa
  5. Sistemas de refrigeração
  6. Estática das estruturas
  7. Máquinas elétricas
  8. Representação gráfica de sistemas mecânicos
  9. Elementos de automação
  10. Gerenciamento de projetos

Essas dez matérias ocupam uma parte relevante do cotidiano de quem trabalha com Engenharia Elétrica. Agora que você já conhece um pouco melhor o que faz um engenheiro elétrico, suas principais atribuições e áreas de estudo, fica mais fácil entender em que campo você quer atuar. Escolha aquela que mais se relaciona com os assuntos em que você tem mais facilidade e interesse. Além disso, pesquise bem para ver qual delas atende melhor às suas expectativas de trabalho.

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.