O que faz um veterinário?

Tais Carra
Estrategista de marca, contadora de história e designer thinker com 9 anos de experiências em comunicação digital. Construí minhas experiências de forma bem diversificada envolvendo três áreas centrais: inovação, produto e marketing.Crio e escrevo semanalmente para diversas empresas. Meu trabalho é construir experiências e estratégias através de criação de texto útil e relevante para gerar ação, circularidade, e crescimento de receita.
1

Crédito: Foto de Mikhail Nilov no Pexels

Afinal, o que o Médico Veterinário faz? Listamos as principais competências dessa área. Confira!

Você já deve ter ouvido falar que a principal função desse profissional é cuidar da saúde dos animais. Se engana quem pensa ser só isso. Nos últimos anos os avanços da medicina veterinária, e o crescimento do mercado pet provocou diversas mudanças na área. 

Hoje temos mais de 40 mil petshops espalhados pelo Brasil e outros serviços como centros recreativos para animais, adestramento, entre outros. Um mercado em franco crescimento com muitas oportunidades. 

Adora animais, mas não sabe qual curso escolher no vestibular?

Faça esse teste e descubra qual faculdade mais combina com você

Pensando nisso, listamos informações sobre a atuação e possíveis carreiras do médico veterinário, para te ajudar a tomar a sua decisão. Confira!

O que faz um veterinário?

Diferente do que se pensa, o médico veterinário pode atuar muito além de clínicas e petshops. Sendo assim, pode trabalhar na área de pesquisa, docência com animais silvestres, na área laboratorial e até indústria de rações.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil abriga a 2.ª maior população de animais domésticos do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

De forma geral, podemos dizer que o médico veterinário dedica-se a identificar problemas e promover o bem-estar de animais de todos os portes e tipos. Além disso, atua na assistência clínica e cirúrgica.

Algumas características essenciais e que farão os estudantes se destacarem nessa profissão são a capacidade de se comunicar e ter adaptação, ética e o mais importante: amor pelos animais.

Portanto, com tantas opções, vale a pena refletir quais são os seus interesses, e investigar qual a sua vocação profissional por existirem diferentes categorias de vagas em Medicina Veterinária.

Como se tornar um Veterinário?

Assim como nas demais profissões, quem deseja se tornar veterinário precisa ter diploma em curso superior de Medicina Veterinária, em uma instituição aprovada pelo Ministério da Educação (MEC) e ter registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária. 

Segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), há mais de 80 áreas em que o profissional de veterinária pode atuar. É bastante coisa, não acha? A graduação dura em média 5 anos, possui em sua grade curricular estágio obrigatório e trabalho de conclusão de curso o TCC.

No estágio obrigatório os alunos têm a oportunidade de colocar em prática tudo que foi visto no curso. Uma dúvida muito recorrente entre os jovens é sobre qual modalidade de estudo escolher? 

A resposta vai depender muito do que o aluno procura. Com o avanço da tecnologia não há nenhum prejuízo ao aluno em estudar a distância. Além disso, nessa graduação vão mesclar atividades em laboratórios e campos.

De maneira geral, a mensalidade de medicina veterinária varia entre R$ 800 a R$ 3.000,00 dependendo da instituição escolhida. As formas de ingresso também são bem variadas, podendo ser por instituição particular, por vestibular ou por bolsas de estudo.

Dessa forma, existem os programas nacionais como o Prouni, que concede ingresso através de bolsa em instituição pública mediante seleção feita com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Quanto ganha um Veterinário?

O piso salarial da categoria pode variar muito existem muitas especificidades valorizadas, além disso, a experiência também é fator que aumenta o valor salarial. Outro fator é que o profissional pode atuar de forma privada ou em carreira pública através de concurso. 

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) o piso salarial médio é de R$ 3.408. Nas experiências intermediárias pode chegar a R$4000 a R$6000 mil, e atuando de forma sênior chegando a salários de até R$10.000,00 por mês.

Costumamos ter uma visão um pouco equivocada e associamos a Medicina Veterinária apenas no cuidado de animais domésticos. Porém, a Medicina Veterinária vai muito além disso, ela tem papel fundamental no agronegócio, por exemplo. 

Quais as áreas mais comuns para Veterinários?

Como falamos anteriormente, a regulamentação para os médicos veterinários está sob o Conselho Federal de Medicina Veterinária. Podemos afirmar que a grande procura por esse profissional, garante a popularidade do curso. 

Além disso, a preocupação cada vez mais frequente com a qualidade dos produtos de origem animal, e os avanços tecnológicos fazem algumas áreas emergirem com novas propostas de especializações. 

Confira a seguir algumas das mais importantes áreas para o mercado.

  • Agronegócio

 O setor de agronegócio é um dos mais valorizados no Brasil, o profissional atuante nesse segmento cuidará da fiscalização da cadeia de produção de produtos de origem animal e no tratamento dos animais. 

  • Clínica e cirurgia de animais de pequenos, médio e grande porte

Essa sem dúvidas é a área de maior procura dos médicos veterinários. O trabalho principal consiste na busca direta por tratamentos clínicos e cirúrgicos para animais domésticos e silvestres. 

  • Área forense

O profissional de Medicina Veterinária Forense: Atua na promoção do bem-estar animal e prevenção de crimes. Esse profissional pode atuar oficialmente como perito, desvendando ações danosas aos animais. 

  • Pesquisa e indústria

O profissional dessa área, realiza explorações e pesquisa para melhorar a saúde animal, seja na busca de novos medicamentos, seja na descoberta de novas doenças. 

Competências e habilidades do Veterinário

O Veterinário é o responsável de todas as funções que envolvem a análise do animal. Algumas das mais comuns são: tratamento de zoonoses, tratamentos cirúrgicos, assim como garantir a segurança alimentar da população. 

Falamos sobre a importância da escolha de uma boa formação profissional, mas existem algumas competências e habilidades imprescindíveis para se tornar veterinário. São elas:

  • Saber se comunicar e compreender os animais 

  • Trabalhar em equipe: trabalho com diversos profissionais

  • Ser multitarefas: elaborar, executar e gerenciar projetos

  • Habilidade para tomar decisões rápidas

  • Gostar de se manter atualizado

  • Empatia e prestatividade

  • Habilidade de atuar sob pressão nos casos de urgência

O quão útil foi esta matéria?

Clique na estrela para avaliar!

Avaliação média 0 / 5. Contagem: 0

Ainda sem avaliações! Seja o primeiro a avaliar.